Espacojames


Página Inicial
Listar Resposta Católica


Como Baixar o vídeo para seu computador? Copie o link deste vídeo [ https://www.youtube.com/watch?v=q7-ZH9-BEHg ] depois, entre neste site: [ http://pt.savefrom.net ] cole o link no campo indicado e clique na seta > para baixar. Não precisa instalar nada, todo o processo é online.


Artigo N.º 13565 - 225 – A Resposta Católica: É pecado apostar na loteria?
Artigo visto 1224 vezes




Visto: 1224
Postado em: 23/07/15 às 10:18:05 por: James
Categoria: Resposta Católica
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=197&id=13565
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Resposta Católica

Padre Paulo Ricardo responde:

Será que é pecado apostar na loteria? Algumas pessoas olham para esse e outros jogos com certo puritanismo, achando que se tratam de algo imoral. O Catecismo da Igreja Católica, no entanto, esclarece que “os jogos de azar (jogo de cartas, etc.) e as apostas não são, em si mesmos, contrários à justiça” [1].

Há nuances, no entanto, que precisam ser consideradas. Antes de mais nada, importa definir o que é a loteria. Trata-se de um contrato em que os participantes, mediante o pagamento de um valor irrisório, contratam o direito de concorrer a um prêmio muito maior do que o valor que apostaram, de modo que o número de pessoas contratantes determina o valor do prêmio a ser sorteado. A rifa, o bingo e a tômbola são jogos parecidos e o juízo moral acerca deles é praticamente o mesmo.

À parte a legislação civil e penal específica de cada país, o que dizer das loterias, sob a ótica da moral católica? Para que sejam moralmente lícitos, é preciso observar alguns pontos, primeiro, em relação a quem organiza esses jogos, depois, em relação a quem participa deles.

No que diz respeito aos organizadores, é importante: que não façam fraudes, porque isso significa enganar as pessoas que fizeram a aposta; e que não haja para eles uma recompensa muito alta, o que seria uma forma de eles se aproveitarem das pessoas e da sua vontade de ganharem um prêmio. É o que acontece, por exemplo, no “jogo do bicho”, que, ainda que fosse aceito pelas legislações locais, continuaria sendo imoral, pois enriquece ilicitamente as pessoas que o organizam. A loteria só pode ser uma fonte de alto rendimento caso, sendo realizada pela iniciativa privada, seja destinada a obras de caridade, ou, no caso de ser organizada pelo governo, funcione como uma espécie de “imposto voluntário”, pelo qual as pessoas dão o seu dinheiro ao poder público, sabendo que ele será destinado a alguma finalidade previamente estipulada.

Por parte dos apostadores, importa: que não se privem “daquilo que é necessário para suprir suas necessidades” [2] - o que é mais comum em jogos de azar que em loterias, a menos que se apostem muitos bilhetes de uma só vez; e que vigiem para não se tornarem adictos a esses jogos. Excluídas essas duas hipóteses, é moralmente aceitável apostar na loteria.

Todavia, além da questão do moralmente permitido, é preciso perguntar se é aconselhável espiritualmente apostar nesses jogos. Por trás das apostas, muitas vezes, há uma atitude espiritual doentia que, além de alimentar a ambição pelas riquezas, faz as pessoas diminuírem o seu amor pelo trabalho e aumentarem a sua vida ociosa, na esperança de que seu sustento cairá magicamente dos céus, sem que elas façam nada para consegui-lo.

Apostar na loteria, geralmente, não é pecado. Mas isso não significa que não nos devamos precaver espiritualmente, cuidando de uma relação honesta e sadia com as riquezas. A ilusão da vida ociosa e da riqueza fácil pode fazer esquecer que o caminho da santificação passa justamente pelo trabalho e que o próprio Senhor exaltou a pobreza de espírito como uma bem-aventurança: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus” [3].

Referências

Catecismo da Igreja Católica, 2413
Idem
Mt 5, 3


www.padrepauloricardo.org





LEIA TAMBÉM
224 – A Resposta Católica: Mentir é sempre pecado?
223 – A Resposta Católica: O purgatório é uma invenção medieval?
222 – A Resposta Católica: Como o Matrimônio é um sacramento, se ele já existia antes de Cristo?
221 – A Resposta Católica: Como provar que Jesus é Deus?
220 – A Resposta Católica: Por que a Igreja permite o juramento se Jesus o proíbe?
219 – A Resposta Católica: De onde vieram os quatro símbolos dos Evangelhos?
218 – A Resposta Católica: Em que consiste a devoção dos cinco primeiros sábados do mês em honra à Virgem de Fátima?
217 – A Resposta Católica: A comunhão das nove primeiras sextas-feiras garante a salvação?
216 – A Resposta Católica: A Unção dos Enfermos perdoa os pecados?



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.738.493
Visitas Únicas Hoje: 3.021
Usuários Online: 517