A TENTAÇÃO
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.139.497
Visitas Únicas Hoje: 782
Usuários Online: 257
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1641 - Impresso: 54 - Enviado: 14 - Salvo em Word: 46
Postado em: 04/03/10 às 18:31:58 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4479
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Muitos preferem chamar de ataques do maligno e não tentações, verdade é que ambas são forças negativas contra as quais devemos lutar, e para vencer. O grande mérito da tentação é que de vecê-la provêm nossas maiores graças. Mas não existe vencer sozinho: somente com a humildade que nos verga diante de Deus podemos passar a perna no maldito, fazendo-o rugir de ódio.

Mark Mallett-O deserto da tentação

Eu quero partilhar convosco uma parte de uma carta que eu recebi:

"Eu venho me sentindo destruído com uma fraqueza recente... As coisas vinham vindo bem e eu estava entusiasmado, com alegria em meu coração, para a Quaresma. E então, assim que a Quaresma começou, eu me senti indigno para ter qualquer relacionamento com Cristo, sentindo-me pecador, um hipócrita, sentindo este vazio..."

Por que estás supreso de que estejas sendo atacado com tentação desta forma? São Paulo disse que se vós desejais seguir Cristo religiosamente, sereis perseguidos (2 Tim 3:12). E quem nos persegue mais do que o próprio demônio? E como ele nos persegue? Com tentação, e então, com acusação.

Ele vê vossa alegria e a odeia. Ele vê vosso crescimento em Cristo, e o teme. Ele sabe que sois um filho de Deus, e ele despreza isso. E o demônio deseja neutralizar-vos, deter-vos. E como ele faz isso? Por meio do desencorajamento e da culpa.

Meu querido amigo, tu não deves temer Jesus se tu pecas. Ele não morreu por ti? Ele tem sempre feito tudo por ti e está sempre pronto a fazer mais. Isto é amor - um amor vivo, indestrutível, que nunca cessa para ti. Somente se desistires, se desanimares, então tereis o que temer. Judas desesperou-se. Pedro não. Judas se separarou de Nosso Senhor; Pedro está reinando com Cristo no céu. Ambos traíram. Ambos falharam. Mas Pedro se entregou completamente à misericórdia de Deus. Ele não desistiu.


CONFIAI EM SUA MISERICÓRDIA!

Vosso pecado não é um bloqueio para Deus. É um obstáculo para vós, não para Deus. Ele pode removê-lo em um instante, se vós sinceramente chamardes pelo Seu Nome:

Jesus Cristo, Filho do Deus Vivo, tende misericórdia de mim!

Vós não sabeis como derrotar Satanás nesta batalha? Se pensais que podeis passar a perna nele, já estais perdidos. Se pensais que podeis ser mais espertos, então já estais enganados. Se pensais que podeis suplantá-lo com vossa vontade, então já fostes esmagados. O único modo de derrotá-lo é lutar com a arma que ele não tem: a humildade. Quando pecais, deveis buscar a Deus, expondo vosso coração a Jesus, dizendo: "Vede , Senhor, eu sou um pecador. Vede, uma vez mais eu caí em pecado. Eu sou de fato a fraqueza encarnada.Eu sou o menor em Vosso reino".

E Jesus irá dizer a vós:

"Por um pecador como tu, Eu morri. Tu tens caído nos abismos e Eu desci à morte para te encontrar. De fato, és fraco, e Eu encarnei a tua fraqueza humana... Eu conheci as falhas e o cansaço, a tristeza e todas as formas de aflição. Tu és o menor no Meu Reino porque te humilhaste, mas o último no Meu Reino é o maior. Acorda, Meu filho, e deixa-Me amar-te. Fica em pé, Meu filho, pois o Pai tem uma nova veste para vestires, um anel para o teu dedo, e sandálias para teus pés cansados! Vinde, Meu amado! Pois tu és o fruto da Minha Cruz!"

O DIFÍCIL DESERTO

A Quaresma é o tempo de entrar no deserto - o deserto da tentação. Não fiqueis surpresos por serdes atingidos pelos quentes ventos da sensualidade, pela sede dos vossos apetites, e as areias que machucam, na vossa pobreza espiritual. O ouro não é purificado pela água fria, mas pelo fogo. E vós, amigos, sois ouro precioso aos olhos do Pai.

Mas, não estais sozinhos. No deserto, ireis encontrar o próprio Jesus. Lá ele foi tentado. E agora vós, que sois o Seu Corpo, sereis tentados também. Mas não sois um corpo sem cabeça. Vós tendes Cristo, que foi tentado de todo modo, e que vos ajuda, sobretudo quando caís. Nós pensamos que porque Ele era sem pecado, Ele não se afligiria quando caíssemos nos pecados da luxúria, da ira e da ganância. Mas é precisamente porque Ele provou nossa fraqueza humana que Ele teve compaixão de nós, quando Ele nos vê sufocando nas areias do pecado. Ele pode, porque Ele é Deus.

A TENTAÇÃO

Esta tentação está vindo para vós agora, não como castigo, mas como meio de vos purificar. É um dom para vos tornar mais santos. Para fazer-vos mais parecidos com Ele. Para vos fazer mais felizes! Pois, quanto mais sois purificados no sofrimento, mais Cristo vive em vós - mais a Vida, a Alegria e a Paz vivem em vós. Eu devo desaparecer... Ele deve aparecer, para que já não seja Eu quem viva, mas Cristo é que vive em mim.

Deixai-me dar-vos palavras mais sábias que as minhas. Agarrai-vos a estas. Mantende-as diante de vós nos tempos de desencorajamento, sobretudo com as palavras de Jesus, acima.

"O pecador pensa que o pecado o impede de buscar a Deus. O pecador sente dentro de si uma total privação de tudo o que é santo, puro, por causa do pecado; aos seus próprios olhos, sente que está nas trevas, sem esperança de salvação, longe da luz da vida, e da comunhão dos santos - este pecador é o amigo que Jesus convida a cear, a quem foi pedido para ser um participante das Suas bodas e um herdeiro de Deus... Qualquer um que seja pobre, faminto, pecador, decaído ou ignorante, é o convidado de Cristo.

Cada pessoa, não importa como se enredou no vício, se deixou seduzir pelos prazeres, cativo no exílio, distraído pelos negócios, aflitos com as tristezas... e contados entre os que vão para o inferno - cada alma, eu digo, sob a condenação e sem esperança, tem o poder de retornar e não apenas ao sopro do ar fresco da esperança, do perdão e misericórdia, mas também aspirar às núpcias do Verbo" - S. Bernando de Clarivaux

Publicado em DAILY JOURNAL,- ESPIRITUALIDADE - 11 de fev/2008
(tadução de marisa bueloni><>)



www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 04/03/10 às 18:31:58 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES