Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4347 - Mansão Pagã (Limbo)
Artigo visto 2519 vezes




Visto: 2519
Postado em: 18/02/10 às 08:42:55 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4347
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

A mensagem de Jesus, do dia 28, nos pegou de surpresa e trás algumas coisas que talvez seja preciso comentar. Algumas dúvidas já surgiram nos amigos, e antes que muitos perguntem acho interessante esclarecer:

1 > O Batismo de desejo, é aplicado no Céu, exclusivamente por Jesus, obedecendo a um desejo de alguém na terra, ou até da própria pessoa se em vida não conseguiu. Pode ser:

     A > Desejo dos pais que vindos do Japão – por exemplo – aqui encontram como maior religião a católica e então batizam os filhos nesta religião, embora eles permaneçam no budismo. Neste caso os pais podem ser batizados por Jesus, e adentrarão ao Céu com os filhos. Já temos exemplos reais de que isso aconteceu!

     B > Desejo dos pais ou de um deles, de batizar seu filho que foi abortado. Neste caso, se não conseguiram fazer o batismo tendo os restos mortais da criança – natimorta ou aborto – havendo o real desejo, ela é imediatamente batizada por Jesus e deixa o Limbo.

     C > Desejo de um adulto, que admira a fé católica, mas vivendo em outra religião não pode deixar sua tradição, até por ser perseguido. Neste caso, se ele viver em conformidade com os princípios cristãos, será batizado por Jesus e deixará o Limbo.

     D > O mesmo caso acima se aplica aos pais em relação aos seus filhos. Se os pais pertencendo a outra religião, gostariam de batizar seus filhos na fé cristã mas não podem por via da perseguição ou outro impedimento, Jesus o fará não somente em relação a eles próprios, mas em seus filhos e filhas, netos e netas, sua geração!

2 > O importante nestes casos é observar duas coisas: 1 > Deve haver um desejo expresso e manifesto da própria pessoa em vida; 2 > Deve haver este desejo por parte dos pais daquela pessoa. Porque os pais são os grandes responsáveis pela “limpeza” dos filhos.

3 > Neste caso, quando são tios e tias, irmãos ou irmãs que manifestam o desejo deste batismo para seus familiares, ou até de outros conhecidos é importante que obtenham o consentimento ou a presença dos pais nesta hora. Eles que devem desejar o batismo dos filhos natimortos e abortados, sejam de forma espontânea ou provocados.

4 > A fórmula do batismo é a mesma da Igreja, usando as palavras: José, ou Maria (O nome da criança): Eu te batizo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Deve-se fazer em clima de oração, com muito amor e fé.

5 > Lembro que existe muita oposição por parte de setores da Igreja, porque esta fórmula foi passada aos leigos, por mensagens de Nossa Senhora, e não se trata de algo aprovado. Mas recentemente o Santo Padre Bento XVI, instituiu uma comissão especial voltada a estudar procedimentos nestes casos. De qualquer forma, trata-se de algo que visa apenas o bem, e neste caso, mesmo sem a aprovação formal da Igreja, o AMOR vence tudo.

6 > Sobre as revelações fica bem claro que TODOS os que morrem sem batismo e que não recebem o desejo dele, não podem entrar no Céu, pois Jesus teria mentido ao dizer: quem crer e for batizado será salvo! Isso veda completamente a entrada de um pagão no Céu. Mas aqui existe um mistério, um segredo do Céu, sobre o qual Deus não quer que nos aprofundemos. Os pagãos ficam assim por conta exclusiva Dele.

7 > No Limbo, os pagãos têm apenas uma vaga esperança de Deus. Não o vêem, mas sabem que Ele existe que é um só e o mesmo, que não é Buda, nem Alá, nem qualquer bicho ou força natural que se idolatra. Sabem que um Deus só, e que a salvação está somente Nele. E embora não sofram, também não podem viver a felicidade plena. Há um como que vazio, que, entretanto não será eterno.

8 > Todo sentimento que tenho – trata-se de algo pessoal e não vem do Cláudio nem de mensagem – é que neste Limbo as almas pagãs têm condições, mesmo de uma maneira muito difusa, de analisar sua vida na terra; e perceberem que existe o certo e o errado em relação a este Deus único, que não conseguiram compreender ou viver em vida. Que nem sabiam que existia e Jesus entende e pesa tudo isso.

9 > Partindo deste pressuposto, elas têm condições de desejarem este Deus ou também O rejeitarem e Deus respeita esta decisão. Jesus fala na mensagem que haverá no fim do mundo uma purificação final, e neste momento Deus irá acolher aqueles que o desejam e repelir para sempre os que se obstinarem no mal. Claro, nestas condições, as crianças pagãs que morreram antes dos sete anos e da idade da razão, receberão um tratamento diferente. Estas não podem ser condenadas.

10 > Como se viu, na Mansão Pagã não se reza e isso quer dizer que não adianta rezar por eles, porque nossas orações não as atingem. Elas não fazem parte da Igreja, não por causa do batismo em si, porque o Batismo não é condição de pertencer a Igreja e sim é para apagar o pecado de origem. Nossas orações podem então decidir o futuro dos pagãos enquanto estamos aqui na terra, lá na eternidade é tarde.

11 > Como vimos a responsabilidade é dos pais. Temos encontrado muitos casos onde as crianças dos protestantes ficam sem batismo, porque a preocupação deles com este santo sacramento, não é tão importante. Neste caso, e também no caso dos católicos, quando a culpa de não batizar é dos pais, eles pagarão no purgatório as penas dos filhos.

     No mais, confiemos na Misericórdia e na Justiça divina. Ele saberá o que fazer com todas aquelas almas. O que nos impressiona, e deve machucar muito o coração de Deus é que, pela matemática simples se sabe que a Mansão Pagã é maior que a celeste. Quero dizer, são bem menos os batizados – 1/5 parte da humanidade – que os não batizados. Então este batismo de desejo pode reverter as coisas, pois acredito que ao final poucos pagãos rejeitarão o convite de Deus.

     Para terminar, quem leu as visões da irmã Fanny Moysseieva – no site – viu que ela descreve um planeta diferente, destinado aos pagãos que entram pela porta da divina misericórdia, pelo batismo de desejo. É sim um lugar fantástico, feliz, mas nada comparado a aquele destinado aos filhos e filhas de Deus. Sim, creio que os natimortos e abortos dos pais batizados participam com eles da mesma glória, no mesmo “local”.

     Um dia saberemos todas estas coisas. Por hora conformemos-nos em saber que nós somos sim batizados, graças a Deus, e por isso temos direito ao Paraíso. Resta fazer por merecê-lo!


www.recadosaarao.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.994.533
Visitas Únicas Hoje: 27.334
Usuários Online: 2.704