FAZER A DIFERENÇA
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.139.845
Visitas Únicas Hoje: 1.130
Usuários Online: 348
Sistema de Busca

 

Artigos Site Aarão
Aqui estão relacionados alguns dos artigos extraídos do site www.recados.aarao.nom.br, site do Sr. Arnaldo que com inspiração divina, colocam matérias belíssimas que nos aproximam do amor de Deus e nos conduz à salvação.




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1421 - Impresso: 40 - Enviado: 12 - Salvo em Word: 32
Postado em: 31/07/09 às 09:40:06 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=2049
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão

Está no Livro dos Provérbios 20, 3: “É uma glória para o homem abster-se de contendas; o tolo, porém é o único que as procura!”

Desde o início da caminhada do nosso Movimento Salvai Almas, sempre, Nossa Mãe nos tem pedido para deixarmos as espadas na bainha. Sim, virá uma hora no final em que isso será preciso, entretanto a prudência nos manda ter calma por hora. E certamente que ela nos avisara quando chegar a hora certa.

Vejo vocês todos, meus queridos e valentes amigos defendendo a Igreja e o Movimento com “unhas e dentes”, e posso compreender vossos sentimentos, porque já passei por esta fase. Dói demais ver a mentira prevalecer, esmagar com o escárnio, cobrir tudo o que a gente ama e acredita, com lama e risos de mofa. Mas, acaso Jesus também não passou por isso?
 
Eu sei que isso provoca uma dor imensa na gente, ver a mentira prevalecer em todas as direções e sentidos. Mas de que adianta eu dar murro em ponta de facas, se disso apenas eu saio ferido? Ocorre que satanás fecha os olhos e ouvidos desta gente, de modo que eles simplesmente nunca vão entender pela força de um argumento humano. Satanás não os deixa entender e então isso se torna um diálogo de surdos, ninguém mais escuta, e só quer ver prevalecer a sua opinião. Somente a ORAÇÃO, pelo Espírito Santo, tem poder de quebrar esta couraça de mentira, tirar esta casca diante dos olhos deles, aí entenderão.
 
Nesta batalha vejo muitos de nossos amigos freqüentando e participando do MSN e das comunidades Orkut, onde promovem debates memoráveis contra os valentes cépticos da mentira, contra os ateus, escarnecedores, e outros mentecaptos, tentando chamá-los à razão. Vejam, no início da minha caminhada, também eu bati-me contra estes ferros da lança de satã, não querendo entender aquela advertência da Mãezinha quanto a deixar a espada na bainha.
 
No entanto, aos poucos eu percebi que tudo aquilo tinha sido absolutamente em vão. O que eu buscava era eu mesmo converter aos hereges, na marra, como se isso fosse obra fácil e minha, e não somente de Deus. Sim, porque levou tempo para entender que a conversão pertence ao Espírito Santo e o debate acirrado somente aprofunda a divisão e a discórdia. Na verdade, feitas as contas, eu percebi no final que meu saldo era zero, e que tinha perdido meses inteiros tolamente, escrevendo e mantendo debates inúteis e improdutivos, pois nada disso um dia converteu a alguém. Nem um só!
 
O que proponho então a todos, é que façamos a diferença de outras pessoas e também outros movimentos e grupos. Ao invés de tentarmos derrubar aos hereges e ateus com argumentos – também nossos amigos e familiares – derrubemo-los com orações e preces. Ao invés de terçar armas e verbos, vamos aos Terços pelas mãos do Verbo, Ele o Poder que converte e faz compreender a verdade. Acima de tudo, nunca o ódio, a resposta irada e odiosa, mas sim o amor, a docilidade, mesmo que custe muito.
 
Que acontece? Temos de perceber que existe um espírito de torpor, um brutal espírito de cegueira, assombroso espírito de confusão que hoje opera entre as gentes, de modos que a potência humana é mísera diante de tão avassaladora ignorância. Um católico que sai da Igreja onde tem a Eucaristia e a troca pela ceia protestante, foi tomado deste espírito cego e torto, e não existe argumento humano que o faça entender. Porque eles não querem entender!
 
Observem os pastores que até hoje se converteram: Todos eles vieram por algum tipo de forte manifestação do Céu, não por algo apenas humano. E mesmo que você apresente aos contrários todos os argumentos, e ainda que sejam espadas bíblicas – a Palavra de Deus corta como navalha – quando eles se vêem sem argumentos, apelam para a mais estrondosa ignorância.
 
Ontem uma senhora me telefonou, triste, porque mostrou o livro O Pai Faz Milagres a uma amiga “evangélica” – ex-católica, (ou nunca católica?) – e quando ela se viu sem argumentos disse que aquilo acontecia pelo poder de satanás. Sim, os fariseus também davam esta mesma resposta diante dos evidentes milagres de Jesus. Ou seja: em dois mil anos eles ainda não aprenderam! E pela força humana, jamais aprenderão!
 
Este é um exemplo apenas, mas existem milhares deles, e não quero me alongar! O fato é que não adianta malhar em ferro frio: ele quebra, racha, lasca, mas nunca se amolda. Óbvio que não devemos sempre fugir, correr, nos envergonharmos ou deixar de agir. O que quero dizer é que devemos usar da fortaleza de Deus. Usar do Espírito Santo e das potências celestes. Basta dizer uma vez, e chega! E se o antagonista persistir, deve-se carinhosamente pedir licença e sair. Melhor fugir do debate como perdedor, que ficar nele, não obter resultado algum e ainda se angustiar. Acreditem: não vale a pena!
 
Como? Vosso dizer seja SIM ou NÃO! Seja um só o nosso dizer. Antes de entrar em uma polêmica, em debates que somente desgastam a pessoa, e a fazem perder tempo, devemos mostrar uma só vez a verdade, com curtas e singelas palavras, e ponto final. Se a pessoa insistir, se ela provocar, então a deixemos para o Espírito Santo. Rezemos uma Ave Maria por ela, e que siga em paz... Isso se existe paz fora da verdade! O que duvido!
 
Vejo que um a um dos nossos mais valentes soldados e colaboradores, aqueles que estão na linha de frente, vez por outra se sentem arrasados, desgastados e desgostosos com os rumos dos debates que promovem nestes meios eletrônicos. Meus amigos: eu já passei por isso e quantas noites nem dormi direito, nervoso por não ter conseguido dobrar a estas pessoas. Mas me perguntem se, depois de tomar por lição do versículo que coloquei no topo deste texto, ainda me “estresso” com este tipo de coisas. Ali está bem claro: somente os tolos buscam contendas! Muitas vezes, por falta de tato e de experiência, eles acabam é dando foras, e mais armas para os inimigos de Deus e da Igreja.
 
De fato, penso que nos últimos dois anos, apenas uma vez perdi meu tempo com uma pessoa, protestante, porque ele antes me prometeu, por duas vezes, que seu desejo era apenas entender a verdade católica, e que se ele entendesse isso se converteria. Acham que adiantou? Ledo engano, ele me enrolou duas semanas com longos debates, e todos os nós que lhe dei, usando apenas das Escrituras, ele os ignorava homericamente, pois seu desejo era apenas me dobrar, como fazem todos eles. Com suas pseudo-verdades!
 
Quando compreendi isso, escrevi para ele: Ave Maria, cheia de graças!.... Ele insistiu e mandou novamente! E eu daqui: Ave Maria, cheia de graças!... Assim fiz até que ele desistiu. Este não me toma tempo novamente, nem me agasta mais. De fato, os filhos de Deus agem como o Pai nos ensina. Deus não força ninguém a fazer nada, nem a se converter! Quem força é satanás, ele sim que age por trás destas pessoas, insistindo para que nos encham a paciência e nos deixem desanimados! Que nos tomem tempo precioso de oração! Que nos deixem irritados! Qualquer coisa que nos irrite, não vem de Deus, Dele só a paz!
 
Vejam: a mesma atitude deve ser tomada dentro das famílias. Existem milhares delas que têm, infelizmente, alguns membros que deixaram a verdade rumo a estas espeluncas de engano e mentira. E nos encontros de família, são inevitáveis os choques! Isso ocorreu dentro de minha própria família, entretanto, depois que percebi o ardil de satanás, nunca mais me envolvi em qualquer tipo de discussão sobre religião, antes saio do bloco no mesmo instante em que dão a primeira trela. Eles sabem o que eu penso, pois já falei!
 
Vejam se me incomodei mais! Eles sabem sim a verdade, pois receberam de meus pais a mesma instrução, mas criaram para si, a sua igreja particular, e dela não arredam pé! Então, o que faço, é rezar baixinho: Ave Maria... E saio dali imediatamente! Vocês nem imaginam como ficam estas pessoas, especialmente depois de umas e outras.
 
Aí mesmo é que satanás as atiça contra a gente. E por mais que você se esforce, por mais que você argumente – e argumente corretamente – nada os faz demover. Aliás, isso acontece hoje com o falso ecumenismo, onde a Igreja resolveu capitular, aceitando a mentira.
 
Igualmente, deve-se adotar o mesmo amor e a mesma prudência quando tratamos com nossos sacerdotes. Muitos deles se tornam irados, intransigentes, devido à falta de tato na apresentação das questões. Sempre que eles vierem com estes erros que sempre temos apontado, devemos procurar mostrar-lhe que aquilo está errado e que não concordamos. Se mais pessoas disserem isso a ele, no fim o Espírito Santo os irá tocar.
 
Noutro dia aconteceu aqui comigo. Nós nos preparávamos na equipe litúrgica para entrar na igreja, quando uma das ministras perguntou ao nosso padre, como deveríamos nos ajoelhar diante do Sacrário. Então ele disse: Hoje não se usa mais isso. Na moderna liturgia a gente deve se ajoelhar é diante do altar e não do Sacrário. De súbito outra das ministras disse e bem incisiva: Padre isso me deixa muito triste! Vocês vêm sempre com esta história de que “hoje não se faz mais assim”, e vejo que vocês vão limpando a Igreja de tudo aquilo que é bonito e sempre funcionou. E para demonstrar seu descontentamento ela virou-se e saiu dali.
 
Percebi que o padre ficou um pouco assustado, arregalou os olhos, e como fiquei sozinho, ele tentou me convencer, argumentando em favor de sua tese. Então eu aproveitei a deixa e disse: Também eu penso igualzinho a ela Padre! Então quer dizer que é muito mais importante e moderno a gente se ajoelhar diante de uma pedra ou uma taboa, do que para a VÍTIMA que no altar é imolada? Então ele disse: sim, mas Jesus é a Vítima e está no altar!... Ao que cortei: Sim, quando a VÍTIMA está sobre o altar, aí tudo bem! Mas então a gente adora a Jesus e não o altar...
 
E assim entramos para a celebração. Felizmente esta entrada interrompeu o diálogo, e nem sei como ficaria se continuássemos na discussão. Sei que é angustioso, mas devemos sim sempre levar a verdade, e sempre dentro dos limites da prudência. Nunca nos devemos alongar e se a coisa descambar para agressões, é melhor cair fora, porque quando entra o escárnio e a agressão verbal, sai Deus e o diabo já entrou.
 
Sabem: a gente deve fazer como São João Bosco ensinava. Ele dizia assim: “Na luta contra o demônio, sejam valentes! Fujam!” Devemos fugir destas discussões e debates em especial quando se alongam e se tornam ácidos. A verdade é que no fim o Amor irá vencer. A oração é que dobra aos desgarrados! A paciência e a condescendência com estes irmãos mais fracos é que no fim os irá trazer de volta. Basta que soframos agora, por um tempo ainda, as demoras de Deus esperando o tempo correto de conversão, e os frutos serão colhidos maduros e em abundância. Mas, por Deus, e não por nós!
 
O que eu gostaria que todos entendessem, é que não adianta a polêmica acirrada, longa, desgastante, porque isso nunca converte ninguém. Não se trata de não defender a verdade e sim de por um limite ao debate, e este limite não pode ultrapassar mais do que uns minutos. Vale mil vezes mais a pena “fugir”, se dar por vencido naquele momento, e perdoar, porque isso quebra o efeito de poder de satanás, e o desarma.
 
Ora, se nós nos enveredarmos por este mesmo caminho estaremos fazendo exatamente o jogo do inimigo. É isto que ele quer: enrolar-nos! Infelizmente muitos católicos capitulam por não terem argumentos e tantos acabam até caindo nas garras e nas lábias das seitas, todas elas dirigidas por satanás. Sim, não tenho dúvida de afirmar isso, porque quem está fora da unidade sob Pedro, está em unidade com o impostor. Com o mentiroso!
 
Peço então aos que defendem a verdade, aos que participam do Movimento, que procuremos fazer as coisas com caridade, com amor, mesmo que a vontade seja morder nas orelhas deles. O bom caminho, em qualquer destas situações é usar de um estratagema que dá sempre certo. Quando queremos converter a alguém, e fazê-lo mudar de vida, nunca o devemos criticar, em especial nunca com dureza. Antes, procuremos um ponto, alguma coisa que ele faz bem, e elogiemos esta postura. Isso abre de imediato uma brecha para o Espírito Santo agir. Ele irá perceber que não faz tão bem assim, e com o tempo mudará, para merecer aquele elogio.
 
Da mesma forma acontece em relação aos contendores na questão da verdade. Nem sempre nossos oponentes erram em tudo! Muitas vezes algumas idéias deles são boas! É nelas que nos devemos apegar para fazer a ponte e abrir caminho para a ação do Espírito Santo, até porque, está em também uma ação do mesmo Espírito em nós.
 
Enfim, aos que respondem cartas pela internet, peço nunca revidar a provocações, pois como já disse isso não funciona. Aos que debatem no MSN e no Orkut, sugiro que deixem de lado as comunidades belicosas, não revidem também aqui, para não ficarmos tristes e angustiados. Acreditem: Não vale a pena! Não rende frutos!
 
Termino então com o canto de São Francisco: Onde houver erro que eu leve a verdade, onde houver trevas que eu leve a luz, onde houver discórdia que eu leve a paz... Isso fará de nosso Movimento uma reunião de pessoas humildes, orantes e firmes na fé. Deus não nos pede nada, além disso. Deixemos as contendas para o diabo, ele que morda em si mesmo, e beba de seu próprio veneno. Ele e os que preferem a zombaria! Contra ambos, usemos a Ave Maria!
 
Afinal, uma Ave Maria arrancada do mais fundo da alma, pode converter mais hereges do que mil frases de sabedoria humana, ou mil argumentos sacados da nossa mente. E enquanto esperamos as demoras de Deus, preparemos-nos para o tempo das espadas, que chegará e não demora! Quando ouvirmos o som dos sete trovões, é que chegou o dia sim? 
 
Aarão


www.recadosaarao.com.br





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 31/07/09 às 09:40:06 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES