Vergonha, Conservadores aprovam rabinos gays em Israel
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.081.809
Visitas Únicas Hoje: 476
Usuários Online: 165
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1622 - Impresso: 46 - Enviado: 13 - Salvo em Word: 38
Postado em: 26/04/12 às 07:06:28 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=9687
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Espacojames: Não vai demorar muito para a Igreja Ortodoxa voltar para a Igreja Católica, pois as duas não aceitam o homossexualismo e a ordenação de mulheres para o sacerdócio. Quando isto acontecer, cumprirá uma grande profecia, pois são mais de 900 anos separados.

Sobre a divisão da igreja: A Igreja Ortodoxa, também conhecida como Igreja Católica Apostólica Ortodoxa ou Igreja Cristã Ortodoxa,[1] é uma das principais Igrejas cristãs da atualidade com aproximadamente dois mil anos. A Igreja Ortodoxa e a Igreja Católica Apostólica Romana separaram-se no século XI [1.100]. Por essa razão os ortodoxos não reconhecem a autoridade do Papa, não aceitam os dogmas proclamados pela Igreja Católica Romana em séculos recentes, tais como o da Imaculada Conceição e o da infalibilidade papal, e não consideram válidos os sacramentos ministrados por outras confissões cristãs.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_Ortodoxa

--

Homens e mulheres homossexuais podem ser ordenados, em desafio a ortodoxos

JERUSALÉM — As discussões acaloradas sobre as três principais correntes do judaísmo — reformista, conservadora e ortodoxa — ganharam novas faíscas nesta sexta-feira quando o chamado Movimento Conservador de Israel decidiu aprovar a ordenação de rabinos homossexuais, endossando a posição desse movimento nos Estados Unidos, onde gays e lésbicas já podem participar de estudos visando ao rabinato há alguns anos.

"Vejo isso como um avanço muito importante da lei judaica. Foi a coisa certa a fazer. Somos todos feitos à imagem de Deus e, portanto, somos todos iguais. Para mim, trata-se de valores de muita importância" comemorou o rabino Mauricio Balter, presidente da Assembleia Rabínica do Movimento Conservador.

Ao contrário dos setores reformistas e liberais, nos quais homossexuais já podem ser ordenados rabinos, a decisão foi mais polêmica entre os conservadores — cumpridores da lei judaica, adotando costumes e práticas comuns à ortodoxia.

Na própria sexta-feira, o conceituado seminário rabínico Schechter, em Jerusalém, informou que vai admitir estudantes gays e lésbicas já no próximo ano letivo. Foi lá que ocorreu a votação sobre a ação de rabinos homossexuais, autorizados com uma quase unanimidade: 17 autoridades religiosas votaram a favor, e apenas um rabino se absteve.

A instituição — que tem filiais no exterior — acabou protagonizando nos últimos anos debates e embates sobre o tema. Em 2006, a entidade rachou. Duas escolas rabínicas afiliadas nos EUA aprovaram a ordenação homossexual, na contramão da postura adotada em Jerusalém e Buenos Aires. O debate ganhou contornos tão radicais que duas estudantes, rabinas, decidiram abandonar os estudos de dois anos no Instituto Shechter: uma a favor e outra contra a medida.

— Estou contente que tenha havido uma votação e que tenha terminado assim. Foi uma decisão democrática e correta, como mostra o resultado, ninguém foi contra — resumiu o rabino Balter.

Ortodoxos não permitem mulheres rabinas

O programa rabínico do Instituto Shechter é composto por dois anos equivalentes a um mestrado em estudos judaicos. Ao término do curso, os estudantes são testados por um conselho de rabinos que autoriza a ordenação.

A medida, porém, promete provocar a ira da ortodoxia, que, em Israel, monopoliza os serviços públicos ligados à religião, como casamentos (não existe união civil no país) e funerais. Para esse grupo, aliás, além da rejeição ao homossexualismo, existe ainda a total rejeição de mulheres no papel de líderes religiosas.




Fonte: http://oglobo.globo.com/mundo/conservadores-aprovam-rabinos-gays-em-israel-4702750





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 26/04/12 às 07:06:28 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES