Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 948 - Etiquetas de RFID: Big Brother miniatura
Artigo visto 2339 vezes




Visto: 2339
Postado em: 12/01/09 às 00:15:28 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=948
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

— Declan McCullagh, CNET



Será que no futuro uma pessoa poderá ser constantemente rastreada pela suas roupas, sapatos ou até pelo dinheiro?


Não estou falando de um microchip cirurgicamente implantado sob a pele, o que a Applied Digital Systems de Palm Beach, Flórida, gostaria de fazer. Tampouco me refiro ao sinistro sistema de vigilância espiã de John Poindexter, o Total Information Awareness (Monitoramento Total das Informações).


Refiro-me à possibilidade de, no futuro, sermos rastreados porque estamos vestindo, comendo ou carregando objetos cuidadosamente criados para permitir o nosso rastreamento.


O nome genérico da tecnologia à qual me refiro é RFID, uma sigla para radio frequency identification, ou identificação por rádio-freqüência. As etiquetas de RFID são microchips minúculos, aproximadamente do tamanho de metade de um grão de areia. Eles captam sinais de rádio e respondem transmitindo um código de identificação exclusivo. Em geral, as etiquetas de RFID não possuem bateria, mas usam a potência do sinal de rádio inicial para transmitir a resposta.


A Wal-Mart e a Tesco, rede de supermercados com base no Reino Unido, já estão começando a instalar "prateleiras inteligentes" com leitores de RFID ligados em rede. No que será o maior teste da tecnologia, a gigante Gillette anunciou recentemente a compra de 500 milhões de etiquetas de RFID.


É perturbadoramente fácil imaginar um cenário onde tudo que você compra que for mais caro que uma barra de chocolate terá uma etiqueta de RFID, a qual, tipicamente, inclui um identificador exclusivo de 64 bits capaz de combinar cerca de 18 quatrilhões de valores. A empresa alemã que inventou as etiquetas de RFID laváveis prevê que o dispositivo seja embutido na roupa. Segundo o EE Times, o Banco Central Europeu está considerando incrustar as etiquetas de RFID nas cédulas a partir de 2005.


Isso gera a inquietante possibilidade de sermos rastreados pelos nossos bens materiais. Imagine: A Gap (rede de lojas de roupas) faz a ligação entre a etiqueta RFID com o cartão de crédito usado para comprar e o reconhece pelo nome quando você voltar à loja. Os supermercados vão exibir propagandas em flashes do tamanho da parede de artigos que correspondam ao seu perfil de consumo, tal como visto no filme "Minority Report - a nova lei". A polícia ganha um método moderno de monitoração constante, do berço ao túmulo...


Os processos de divórcio do futuro poderiam incluir uma pesquisa aos registros de RFID - para provar que o cônjuge estava em um certo local a uma certa hora. Os arrombadores do futuro poderiam rastrear os becos com detectores de RFID, procurando etiquetas de RFID em embalagens descartadas que indiquem que alguém ali comprou algum equipamento eletrônico caro. Em todos esses cenários, o anonimato está ameaçado.


Não me entenda mal. As etiquetas de RFID são, de uma maneira geral, um avanço útil. Permitem que varejistas reduzam seus estoques e roubos, os quais o setor acredita responderem por prejuízos anuais de 50 bilhões de dólares. Com a eficiência econômica garantida pelas etiquetas de RFID, os consumidores vão se beneficiar com mais opções a menores preços. Além disso, não seria conveniente pegar alguns itens da prateleira da loja e ir embora, pois, quando o cliente sair da loja, o valor correspondente à sua despesa seria automaticamente debitado ao seu cartão de crédito RFID, o qual, espera-se, será uma forma segura de pagamento.

A ameaça à privacidade está no fato de as etiquetas de RFID permanecerem ativas depois que você sair da loja.



Extraido do site www.fimdostempos.com.br



LEIA TAMBÉM
A Marca da Besta Poderá Ser a Inserção Satânica Definitiva!
As muitas vantagens de se receber a Marca da Besta - Verichip
A Marca da Besta Chegou !
A MARCA DA BESTA ESTÁ MUITO PRÓXIMA
Chips dentro do corpo substituirão cartões de crédito.
O Projeto da Besta
Nos Domínios da Besta
MARCADOS PELA BESTA
Domínio da Nova Ordem Mundial



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.259.828
Visitas Únicas Hoje: 304
Usuários Online: 158