Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 932 - MARCADOS PELA BESTA
Artigo visto 2366 vezes




Visto: 2366
Postado em: 11/01/09 às 13:36:20 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=932
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

"Texto voltado a todos aqueles que se preocupam excessivamente com a tal de "marca da besta" conforme Apocalipse 13. Ele ensina que quem souber repartir, não precisará ter medo de nada".

Nestes últimos meses tenho atendido muitas pessoas, que revelam uma certa preocupação, em alguns casos até obsessiva ou exagerada, com a questão da “marca da besta”, conforme está em Ap. 13,16-17: Conseguiu eu todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte, e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da fera, ou o número de seu nome”. Estas pessoas todas nos fazem as mesmas perguntas: quando isso vier, o que eu vou fazer? Como vai ser? Quando vai acontecer? E outras mais!



    A revista Veja, na edição de 31/05/2001, traz uma nova reportagem sobre este assunto. Tão logo ela saiu, imediatamente muitos se puseram em pânico, porque julgam ser esta a pior das coisas que está para vir. De fato, a Bíblia é clara, quando diz em Ap 14,9-11: Se alguém adorar a fera e a sua imagem, e aceitar o seu sinal na fronte ou na mão, há de beber também o vinho da cólera divina, o vinho puro deitado no cálice da ira. Será atormentado pelo fogo e pelo enxofre, diante dos seus santos, anjos e do Cordeiro. A fumaça do seu tormento subirá pelos séculos dos séculos. Não terão descanso algum, dia e noite, estes que adoram a fera e a sua imagem e todo aquele que acaso tenha recebido o sinal do seu nome.

    Claro então, qualquer pessoa que tenha lido este texto bíblico, de uma dureza e clareza ímpar, que saiba exatamente a que ele se refere, que sinta em seu coração a proximidade destas coisas todas, é certo que poderá se preocupar. Seja por si, seja pela sua família. Entretanto, a questão da marca, principalmente aqui no Brasil, não é certamente a coisa pior. De fato, num artigo anterior que colocamos há algum tempo atrás no “site” www.anjo.adm.br - “Escravos da Besta” - detalhamos com clareza as formas diabólicas como fomos sendo envolvidos através dos séculos, de modo a hoje estarmos literalmente a mercê de satanás e seus sequazes. Verdade é que, em mais nenhum setor da sociedade somos completamente livres – mas escravos – e de certa forma então, já estamos “marcados” como gado no pasto. Marcados para morrer! E falo da dupla morte: física e também espiritual! Mas a pior é a espiritual, sem dúvida!

    Quando sabemos que cada dia, mais e mais o cidadão se torna apenas um número, um código – como se fosse um objeto qualquer, sem vida e sem alma - seja nos cadastros do governo, seja nos arquivos da internet, ou nos fichários das lojas, verdade é que, quanto mais atados, cadastrados e pesquisados somos menos liberdade temos e mais a mercê ficamos da sanha insaciável dos dominadores do mundo. Isso, de certa forma, já é uma “marca”. A marca da servidão! Marca que aceitamos em nome da “liberdade”, em nome do “bem estar social”, em nome da “modernidade”, todas elas premissas falsas, pílulas venenosas que o diabo nos fez e faz engolir. Pois tudo isso é coisa deste mundo podre e ordinário, desta civilização “moderna” (moderno para ela é matar 65 milhões de crianças por ano em abortos), desta humanidade arrogante e imbecil que usa da gloriosa liberdade que Deus lhe deu, exatamente para desafia-lO diariamente.

    Quando você, estupidamente, se planta diante de uma imagem de TV, e se propõe a assistir qualquer tipo de programa degradante ou moralmente reprovável, mesmo sabendo em seu interior que isso é mau, para si e para seus filhos, nada mais faz do que participar do jogo do maligno, pois ele, de fato, como está em Ap 13,14-15: “seduziu os habitantes da terra, com os prodígios que lhe era dado fazer, persuadindo-os a fazer uma IMAGEM da fera... pois foi-lhe dado comunicar espírito a imagem da fera, de modo que essa imagem se pusesse a falar e fizesse com que fosse morto, todo aquele que não se prostrasse diante dela.

    Sim, fera diabólica esta, cuja face resplandecente se mostra nos monitores de TV, e que vomita todos os dias avalanches inteiras de imundície dentro dos lares, está destruindo almas e mentes, desagregando famílias, e literalmente demolindo com toda a sociedade. Ai, bestializadas, as pessoas ficam a se preocupar com detalhes singelos como a marca física, que será posta pelo anticristo “nas mãos e na testa”, quando a mais terrível de todas as marcas é a que lhe está sendo posta do coração. Marcada para morrer está uma alma cheia de pecados graves! É a cegueira que as torna incapazes de perceber os ardis do inimigo. E esta marca maligna, o cidadão aceita sem reclamar. E perguntamos: haverá marca pior?

    A bem da verdade, se observarmos o comportamento da nossa sociedade - dita “moderna” - perceberemos claramente que ela está se preparando para o holocausto ou para ser imolada como carneiros idiotas, sem reclamar, nem se rebelar, pois parece conformada em receber os grilhões e ferros de satanás. Cega, ela não percebe que tudo aquilo que o mundo lhe mostra com face aparente de benefício, por trás ostenta um diabólico ardil. De fato, a sociedade atual já esta marcada para morrer quando permite que:

01)  A imoralidade atinja tão altos níveis de degradação;

02)  Continue este crescendo da corrupção em todos os níveis de governo;

03)  O sistema educacional caia a tais níveis absurdos de completa estupidez;

04)  A apostasia se generalize em seu meio como um cancro pestilento;

05)  A mentira e a falsidade se disseminem em todos os setores;

06)  O crime, as drogas, a prostituição e o vício sejam norma corrente;

07)  O comércio de armas e a fabricação de guerras se tornem a tônica;

08)  O comércio do sexo se torne o seu maior fator de degeneração;

09)  O homossexualismo passe a ser considerado até como meta superior;

10)  Sejam aprovadas leis de morte como a do aborto, em desafio ao Deus da Vida;

11)  A competição desleal no comércio e no emprego se instale e reine;

12)  O culto ao corpo desvie  tantas mentes dos valores da alma;

13)  As famílias, Dom de Deus, sejam hostilizadas e destruídas;

14)  O bem estar comum, de lugar a esta loucura coletiva de hoje;

15)  A Igreja católica seja infestada por agentes do mal em seu interior;

16)  A Eucaristia, nosso Bem Supremo, seja negada e mesmo destruída.

    Claro está, então, que quem estiver com a alma já podre, disposta a aceitar como normais todas estas aberrações, estará apta a aceitar também, voluntariamente e com grande prazer, o “chip” da marca física, nas costas da mão direita e na testa. Hoje, grandes setores da sociedade moderna, estão preparados ou preparando-se, para acolher as propostas diabólicas do anticristo, com verdadeiro delírio de massas.

    A juventude rebelde de hoje, por exemplo, creiam nisso, está mais preparada do que muitos pensam para encampar as “novas idéias” do anticristo, como um novo Hitler, e se disporá a matar por ele com a maior facilidade. Cérebros já lavados, mentes corrompidas, todos os que pregam a inexistência do pecado individual, e anunciam inclusive a falência de Deus, estão certamente preparados, para gritar com soberba diante do Criador: ‘Sou um Deus!’(Ez 28,2).

    Haverá então pior marca que aquela que já está posta no coração? Terá alguém necessidade de marca externa, se já se entregou de alma ao inimigo eterno? Claro que não! Agora mesmo, ouço daqui a propaganda na TV que diz assim: Se você aceita agora seu filho fumar maconha, prepare-se para coisas piores! Mas se já há milhares de pais aceitando passivamente e até incentivando seus filhos a fazerem coisas muito piores, que se pode esperar desta pobre humanidade? Haverá ainda esperança?

    Por outro lado, se o coração, se a alma de uma pessoa estiver pura, se os joelhos dela se dobram diante do Criador, Deus Uno e Trino na Santíssima essência, haverá marca física que lhe seja posta forçadamente em seu corpo, capaz de a fazer réu do julgamento divino? Não! Claro que não! Importa, pois, não a marca do “chip” em si, mas sim aquilo que predispõe o coração da pessoa. A questão posta é: aceitar ou não aceitar a proposta do mentiroso anticristo! Ademais, vamos ser bem claros, é hoje impossível prever se tal coisa vai mesmo acontecer no Brasil. Entretanto, sempre é bom estar atento e se precaver no que for possível. De qualquer forma, vale apenas o coração. Exemplo:

    Consideremos uma menina, criança ainda e inocente, virgem, que seja violentada por algum monstro qualquer. Acaso ela cometeu pecado? Acaso se lhe pode imputar culpa de tão terrível crime? Acaso se pode condená-la ao “lago de fogo e enxofre, para um tormento sem fim?” Claro que não! Da mesma forma, se, digo SE, eventualmente alguma pessoa, forçada ou involuntariamente, for marcada, quero dizer de forma inocente e desavisada, claro está que o Divino Juiz saberá como julgar, pois o Seu julgamento é sempre justo.

    Por outro lado, também, nenhuma pessoa poderá alegar facilmente ignorância das coisas. Na verdade, estas passagens bíblicas já estão diante de nossos olhos há quase dois mil anos e, mais forte do que nunca, hoje, os profetas que Deus suscitou em nosso meio nos tem alertado claramente sobre o curso abominável de todo este diabólico processo. O que digo é que, muitos, mesmo aqueles que se imaginam conhecedores destes fatos, preferem dar ouvidos e olhos ao secundário, tempo em que se esquecem da misericórdia divina, que jamais desamparou aos seus filhos, nem jamais os deixará no desamparo. Deste modo, nosso intuito aqui é esclarecer as pessoas, no sentido de que Deus nos haverá de deixar saídas, pois certamente que, pela Sua Santa Palavra, a semente dos bons será poupada. Ou você acha entre o número daqueles que pensam que Deus é cruel, por predizer e permitir que tão graves castigos atinjam o homem? Ponha-se então você, no lugar do Pai Criador e faça algumas contas comigo:

1)     Se você estivesse no lugar do Deus da Vida, acaso aceitaria que matassem dois filhos seus a cada segundo? Ou seja, 65 milhões por ano só no aborto?

2)     Se você estivesse no lugar de Deus Justiça, acaso aceitaria que lhe desafiassem gravemente, a razão mínima de 800 pecados graves por segundo?

3)     Se você estivesse no lugar Deus de Amor, acaso ficaria por 7.200 anos sendo desafiado pelas suas criaturas, sem fulminar a todos como desafetos?

4)     Se você estivesse no lugar do Deus de Misericórdia, acaso continuaria perdoando a todos os que lhe pedissem perdão, indistintamente, mesmo os milhares de grandes criminosos, grandes ladrões e corruptos de hoje, esperando pacientemente que se convertam? 

    Claro que não! Nenhum de nós suportaria tantos crimes juntos sem explodir em fúria. Então , consideremos todos, de uma vez por todas, que já é tempo de ouvir e principalmente seguir as instruções que o Senhor nos tem passado através de Seus profetas, pois estamos vivendo os “últimos dias” deste mundo podre. E quem tem um mínimo conhecimento da Palavra Divina, haverá de se manter alerta, pois exatamente estes últimos dias, os que antecedem a 2ª Vinda do Senhor, são os mais terríveis que jamais haverá.(Mt 24) E como ainda ontem disse o Padre Jonas Adib: nós somos a geração dos últimos dias! Exatamente aquela que “não passará”, sem que toda a Escritura se tenha cumprido!

    Assim, voltando ao nosso assunto da marca da besta, vejo que o pavor maior das pessoas é serem a qualquer momento apanhadas a esmo, trancadas como gado num curral, para serem obrigadas a aceitar forçadamente um “chip” de computador na testa e na mão direita, sobe pena de fuzilamento por crime de lesa pátria. Ora, deste pavor ninguém precisa morrer, pelo menos antes da data. Pois se a pessoa fosse condenada ao suplício eterno apenas por isso, seria o mesmo que mandar para o inferno a criança que citamos no exemplo acima e que foi estuprada. Que deus “justo” seria este, capaz de condenar alguém inocente? Vejam então, que é preciso sempre considerar a aceitação voluntária da marca, sobe pena de invalidar seus efeitos. E o Pai sabe como fazer estas coisas. Confiemos, pois, só Nele!

    Há detalhes, porém, que sempre precisam ser levados em conta. Nós não temos certeza de nada, por isso precisamos estar atentos, para não sermos apanhados de surpresa. Entre elas podemos citar as seguintes:

1)     Todos sabemos que o anticristo precisa de algum artifício diabólico para “amarrar” as pessoas, porque senão, cedo ou tarde, elas se revoltariam contra seu domínio e sua tirania;

2)     A marca que eles pretendem implantar nas pessoas, não é pois apenas para que participem do jogo do “comprar e vender”(Ap 13,17), ou seja, para que possam participar dos “benefícios” propalados da “globalização”, mas sim para que sejam plenamente escravizadas sem maior custo financeiro;

3)     O grande sentido do “chip” então é “monitorar” as pessoas, sabendo sempre: a) Onde elas estão a qualquer momento; b) O que elas estão fazendo; c) Aquilo que estão dizendo; d) Aquilo que estão pensando; c) Poder facilmente guia-las a cometer qualquer tipo de barbaridade ao seu bel prazer.

4)     O dispositivo serve então para controlar todos os movimentos das pessoas e também para programar o seu cérebro dos seus portadores – tal o poder do chip – fazendo com que as pessoas se tornem verdadeiros autômatos, capazes de cumprir fielmente as ordens do anticristo sem reclamar. Escravos, portanto!

    Ora, o que foi dito acima, é na verdade apenas o projeto da besta, ou seja, este é seu monumental e megalomaníaco SONHO. Isso é coisa de visionários que há mais de 200 anos perseguem este objetivo. Portanto assim ela imagina, assim ela PENSA que será. Entrementes, Deus, que tudo vê, que sonda até o mais infinito escuro do coração, nada deixa passar despercebido. Eis que, no tempo certo, no Tempo do Pai, Ele haverá de reverter todos estes artifícios diabólicos apenas contra aqueles que os inventaram. Tenham, pois, certeza plena, muito daquilo que eles planejaram fazer, ficará no meio do caminho, pois Deus os fulminará antes! Seu tempo será curto!

    E você entenderá porque! Nossa intuição é que a quinta trombeta, relatada em Ap. 9,1-11, que trata dos “gafanhotos”, aos quais foi “dito que não causassem dano à erva, verdura ou árvore alguma, mas somente aos homens que não tem o selo de Deus na sua fronte...” e que “Seu tormento era como o da picada do escorpião... com ferrões e poder para afligir os homens por cinco meses”, tem a ver exatamente com esta passagem da “marca da besta”. A besta teria então apenas cinco meses para por a sua marca de propriedade, em todas as pessoas da terra, o que é literalmente impossível. Primeiro pelo alto custo da operação, segundo pela imensidão do povo, terceiro pelo atraso monumental de alguns governos em relação ao primeiro mundo. Temos assim a quase certeza de que eles conseguirão, quem sabe alguma coisa, apenas nas regiões mais desenvolvidas do planeta.

    Cito especificamente o texto, não só pelo fato do “gafanhoto”, ou “escorpião” que bem pode ser a pequena máquina ou dispositivo já desenvolvido hoje, que serve para aplicar o chip sob a pele das pessoas, quase sem dor. Terão eles um prazo de apenas cinco meses para marcar a todos os habitantes da terra. Ora, em cinco meses, não há forma de pegar toda a humanidade atual e lhe aplicar a “marca”. Eu diria que nem em dez anos, e isso ainda se eles tivessem liberdade total, talvez conseguissem marcar a todos os homens! É literalmente impossível fazer isso num prazo de cinco meses. Este é o prazo deles!

    Ademais é preciso considerar que Deus pode muito bem encurtar este tempo, pois, afinal, já existem hoje pessoas aceitando a marca. Depois, está dito também que a ação potencial da besta se dará em apenas ¼ parte da terra, restando, portanto e com certeza, quase todo o terceiro mundo – Brasil inclusive – que não serão atingidos pelo processo. Além de todas as intuições que temos neste sentido, também nos vem grande certeza, pois verdade é que os profetas atuais, no Brasil, pouco falam desta “marca”. Quer dizer, se aqui isso fosse acontecer em larga escala, certamente que Nossa Senhora, que aparece para tantos confidentes, haveria de esclarecer isso.

    Já em outros países desenvolvidos, como os EUA, o confidente John Learry – não sei se verdadeiro, é só exemplo - fala desta marca com uma verdadeira obsessão. E assim também os da Europa. Deste modo, porque vemos que Jesus e Nossa Senhora não têm dado muitos recados destes por aqui, é certo que em nosso meio ocorrerão apenas exceções. Quem sabe seja esta uma das proteções que Nossa Senhora prometeu ao Brasil. Na verdade, nosso governo está é falido, e embora seja da sua vontade também nos marcar a todos como gado, nos cangar a qualquer preço, o custo desta operação é elevadíssimo e assusta mesmo aos países ricos. Por outro lado, não resta dúvida, por aqui acontecerão outras coisas, talvez piores do que a marca, como a terrível perseguição aos cristãos fiéis a Jesus. É para isso que, em alguns lugares conhecidos, a Mãe de Jesus e Mãe nossa nos prepara refúgios, onde as pessoas se poderão manter escondidas ou resguardadas durante um certo tempo.

    Eu próprio assisti a reportagem de um cientista inglês que colocou o chip em seu braço como teste, por trinta dias. Depois tirou! Claro ele não relatou toda a sua experiência, porque o sentido dele é apenas servir como cobaia, e mostrar que de fato funciona, para que a besta possa dizer: olhem, até o grande cientista X usa! Entenderam? Isso é para condicionar as pessoas! Para isso eles usarão certamente de todos os artifícios iludindo as pessoas quanto ao verdadeiro sentido.

    Entre as declarações do tal cientista, marcou-me a quando ele disse que havia sentido muita náusea nos primeiros dias (Veja o quanto o “chip” é poderoso). Mas vi também como ele se tornou logo um tipo “robocóp”, que entrava e saia das salas sem esforço, pois todas as portas se abriam e se fechavam automaticamente à sua aproximação. Horrível! Parecia um daqueles andróides de ferro, que aparecem nos filmes de ficção. Embora, é claro, no início eles pretendam usar o chip apenas para identificação, o controle das finanças e da localização das pessoas. Mas tarde, quando elas menos esperarem, será usado o recurso diabólico da reprogramação dos cérebros.

    Aqui, no Brasil, meus queridos leitores, ao meu simples ver, deveremos ter outras preocupações maiores que  marca em si, como a fome, a miséria, a falta de emprego, a seca e a perseguição religiosa, que será, pasmem, em grande parte feita, não pelos governantes ateus, mas iludidos pelo anticristo, pelos “bons” católicos. Exatamente por estes que buscam uma religião de conveniência, de acordo com os seus gostos, apenas para “se sentirem bem”. E a Nova Era está ai com uma proposta arrasadora neste sentido.

    Assim, antes de nos preocuparmos com este aspecto secundário, especialmente aqui no Brasil, devemos voltar nossas atenções especialmente para o estado de nossas almas, conforme diz São Pedro: “Uma vez que todas estas coisas se hão de desagregar, considerai qual deve ser a santidade de vossa vida e a vossa piedade, enquanto esperais e apressais o dia de Deus, este dia em se hão de dissolver os céus, inflamados e se hão de fundir os elementos abrasados” (II 3,11-12). E continua dizendo a seguir: “Portanto, caríssimos, esperando estas coisas, esforçai-vos em ser por Ele achados sem mácula e irrepreensíveis na paz... Mas crescei na graça de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo!”.

    Isso, pois, e apenas isso, nos deve preocupar agora. Na verdade, ninguém sabe, nem o dia nem a hora em que o Senhor virá. Todos conhecem esta passagem das Escrituras. E como não sabemos – ninguém sabe – se será preservado para a Nova Terra, é preciso ter em mente apenas o estado de nossas almas. Porque o Senhor virá como um ladrão, quando menos as pessoas o esperarem. E porque muito preferem agora viver na dissipação e na devassidão, mais tarde haverão de enfrentar inúmeros sofrimentos, que seriam certamente evitados, caso houvesse uma preparação.

    Mais ou menos o seguinte: todos os que agora vivem já as mensagens de Nossa Senhora e se preparam, fazem já progressivamente a sua “purificação”. Isso é, sofrem um pouquinho a cada dia, de modos a “diluir” os sofrimentos purificadores. Isso é bondade de Deus. Já os que não querem ouvir, estes poderão ter que passar por estas dores num espaço às vezes de alguns poucos minutos, que levará muitos ao desespero, com risco pleno da perda eterna das suas almas. Porque o calvário virá para todos indistintamente, porque “o discípulo não é maior que o mestre”. E todos terão que levar sua cruz até o fim. Alguns, os que se preparam agora, a levam um pouquinho a cada dia; outros, os que preferem não ouvir nem mudar de vida, a terão que carregar em apenas uns minutos. E milhares não conseguirão! E milhares morrerão de medo e desespero!

    Finalizando: se você estiver com a sua alma preparada, se você estiver com as coisas de Deus em dia, certamente que não precisará se preocupar com a marca, pois no momento certo será amparado por Deus. Significa também, que você já deverá ter se desprendido completamente dos bens deste mundo, e preparado para perder tudo, pois na Nova Terra não haverá bens particulares, apenas de uso coletivo. Usaremos tudo aquilo que é de Deus, cada um respeitando o outro, vivendo muito mais para o outro que para si próprio. E assim, tudo aquilo que você possui agora será reduzido a zero absoluto. E nem precisaremos disso, nunca mais!

    Que o Senhor, que é Luz, proteja a todos através do Seu Espírito Santíssimo. E colocado sob esta Luz, você perceberá claramente os caminhos da verdade, será em tempo alertado de todas as coisas, podendo se manter longe dos artifícios do diabo. Sem medo e sem preocupações desnecessárias. Alma, alma, alma, preocupe-se apenas com ela. A sua, a de seus familiares, a dos outros todos!

    As armas são: Confissão! Missa com Eucaristia! Jejum! Rosário! Com eles você não tem medo e se torna imbatível. Ai esquecerá este negócio de marca da besta! E se duvidar ainda, leia nosso artigo intitulado: A PARTILHA, neste site!

Fique com Deus!

Nas mãos Dele:





Extraído do site www.recados.aarao.nom.br



LEIA TAMBÉM
Domínio da Nova Ordem Mundial
Brasileiros fazem fila para ter implantes de chips que se comunicam com satélite.
Século 21: Liberdade sob Controle
Bem Vindo a Sociedade do Século XXI - Marca da besta Parte 3
A NOVA ORDEM DIGITAL E O NÚMERO DA BESTA 666
A BESTA, SUA MARCA E REINO
A MARCA DA BESTA
A VERDADE SOBRE OS CÓDIGOS DE BARRAS E OS CHIP´S
FIM DO DINHEIRO E A ENTRADA DA MOEDA ELETRÔNICA



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.328.219
Visitas Únicas Hoje: 1.124
Usuários Online: 413