Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.258.642
Visitas Únicas Hoje: 1.082
Usuários Online: 394
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1528 - Impresso: 58 - Enviado: 16 - Salvo em Word: 31
Postado em: 20/02/10 às 09:40:31 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=4378
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Trata-se da fundadora da congregação das Filhas de Jesus

Por Carmen Elena Villa

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 (ZENIT.org).- “Onde não há lugar para os pobres, não há lugar para mim”. Essas foram palavras da religiosa espanhola Cândida Maria de Jesus (1845 – 1912), fundadora da congregação das Filhas de Jesus.

 

O Papa Bento XVI, durante o consistório que se realizou na manhã desta sexta-feira, anunciou que sua canonização se realizará no próximo 17 de outubro, no Vaticano, junto à de outros cinco beatos.

Seu nome de batismo é Juana Josefa Cipitria y Barriola. Nasceu na pequena localidade de Berrospe, em Adoain, norte da Espanha, na comunidade autônoma do País Basco.

Sempre mostrou uma grande sensibilidade pelas pessoas mais necessitadas e abandonadas. “Sua profunda experiência do amor de Deus por cada uma de suas criaturas a levou a corresponder com generosidade e decisão”, disse o Papa João Paulo II durante a homilia de beatificação, a 12 de maio de 1996.

Filhas de Jesus

Em 1868, Juana Josefa conhece o sacerdote jesuíta Miguel José Herranz, que a ilumina no chamado a fundar uma congregação que responda aos desafios da turbulenta sociedade daquela época.

Assi foi como em Salamanca, a 8 de dezembro de 1871, junto com outras cinco mulheres e inspirada na espiritualidade inaciana, Cândida Maria da Cruz, com 26 anos, deu início à Congregação com uma eucaristia celebrada na igreja de Clerecía.

João Paulo II recordou em sua beatificação como a futura santa “moldou sua caridade com o próximo na fundação da congregação das Filhas de Jesus, com o carisma da educação cristã, da infância e da juventude”.

Após a fundação, em pouco tempo, a congregação se expandiu ao longo da Espanha. Em 1911, o primeiro grupo das Filhas de Jesus partiu para o Brasil, onde se realizou a primeira fundação fora da Espanha. Hoje estão presentes em oito países da América Latina e em países asiáticos e africanos.

As Filhas de Jesus buscam que suas escolas sejam um lugar de encontro da comunidade cristã por meio de um clima educativo impregnado de valores cristãos e favoráveis ao desenvolvimento pessoal, uma pedagogia atenta à pessoa concreta e a suas circunstâncias, um enfoque positivo da educação.

A congregação também oferece exercícios espirituais com o esquema de Santo Inácio de Loyola a leigos e pessoas que desejam ter este espaço privilegiado de encontro com Deus.

“É verdade que a realidade atual nos pode lançar no desalento, pode-nos prostrar, fazendo pensar que somos uma gota muito pequena no grande mar deste mundo despedaçado pela ausência de Deus – disse uma das religiosas da comunidade de Buchardo, na Argentina – mas sinto que a Madre Cândida nos diz: confie n’Aquele que já disse um dia ‘Eu sou a luz, Eu sou a vida’”.

 



Fonte: zenit.org





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 20/02/10 às 09:40:31 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.

LEIA TAMBÉM












Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES