Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 3996 - EUA: aumentam crimes contra religiosos e lugares de oração
Artigo visto 1762 vezes




Visto: 1762
Postado em: 06/01/10 às 19:52:10 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=3996
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Segundo um informe de Christian Security Network

CINCINNATI, quarta-feira, 6 janeiro de 2010 (ZENIT.org).- Nos Estados Unidos, durante o ano passado foram cometidos mais de 1.200 crimes contra organizações cristãs.

Os dados pertencem ao recente relatório intitulado “Delitos contra Organizações Cristãs nos Estados Unidos”, apresentado por Christian Security Network.

Entre os crimes mais graves registrados – segundo mostra hoje o diário do vaticano L’Osservatore Romano – são 12 homicídios e outros 3 atos de violência que incluem também três tentativas de estupro e três sequestros. No relatório está registrado um número de 98 incêndios dolosos e 700 assaltos.

O diretor executivo de Christian Security Network, Jeff Hawkins, durante a apresentação do relatório, ontem em Cincinnati, declarou que “é verdadeiramente desolador a lista de delitos de 2009, sabendo que em 2010 a situação não está a melhorar”. Segundo Hawkins, perito em segurança há mais de 30 anos, os delinquentes consideram os prédios de oração e as organizações cristãs como um objetivo relativamente fácil.

Esse relatório é o primeiro que enumera de modo detalhado os delitos cometidos contra as pessoas e as igrejas cristãs.

Federal Bureau Investigation (FBI) também dispõe de estatísticas para delitos caracterizados por ódio da religião, mas as estatísticas não são completamente confiáveis, pois é difícil estabelecer os motivos de certos atos criminosos. Há também o problema de que muitos delitos de menor gravidade não são notificados pelas vítimas.

Segundo o responsável de Christian Security Network, delitos graves como homicídios e incêndios dolosos são fáceis de registrar, enquanto que os furtos de pouca importância não são comunicados à polícia. No entanto, para Hawkins seria possível evitar a repetição de muitos delitos se todas as igrejas fossem equipadas com dispositivos de segurança.


Fonte: www.zenit.org



LEIA TAMBÉM
Malásia: tribunal dá razão à Igreja sobre uso da palavra “Alá”
Mais de 2,2 milhões de fiéis com Papa em Roma durante 2009
Papa explica ecologia humana
América, o continente mais perigoso para os missionários
Os 10 melhores filmes atuais do ponto de vista espiritual
Igreja na Itália esclarece prática da cremação de defuntos
Papa apresenta a esperança de Jesus a um mundo em crise
Natal em Belém: quando houver paz, será verdadeiramente “Terra Santa”
Natal no Iraque: três mortos em atentados contra duas igrejas



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.264.499
Visitas Únicas Hoje: 382
Usuários Online: 206