Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.460.875 Visitas Únicas Hoje: 313
Usuários Online: 104
Sistema de Busca
Documento sem título

Qual a aparição de Nossa Senhora mais importante na História?

Medjugorje

Fátima














Newsletter Espacojames
Receba nossas atualizações diretamente no seu Email - Grátis!
 

Destaque




Salvar em PDF






Visto: 1187 - Impresso: 49 - Enviado: 30 - Salvo em Word: 36
Postado em: 12/05/09 às 19:03:26 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=1585
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

05/12/09 às 17h23min



Pará - O rio Tapajós não para de subir. A medição realizada na manhã desta terça-feira (12) mostra que a água está a 9.6 metros acima do nível normal. No dia primeiro de maio o rio estava a 8.89 metros. Apesar de ter chovido menos intensamente na região do Baixo Amazonas, a expectativa é de que a subida das águas normalize em junho. “A gente espera que a situação não se agrave, mas a previsão é de que o período de cheia se estenda até início de junho”, afirma o major Norat, coordenador estadual da Defesa Civil.


Norat reforçou o pedido para que as famílias redobrem os cuidados com as crianças para evitar acidentes fatais, como o que motivaram as duas mortes registradas este ano por causa das cheias. No depósito da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), onde estão concentrados os alimentos comprados pelo Governo do Estado e que estão sendo distribuídos para os municípios afetados pela cheia dos rio Amazonas e Tapajós, o dia foi de muito trabalho. “A população de Alenquer vai receber mil cestas básicas”, disse o sargento Lopes, do Corpo de Bombeiros, responsável pelo armazenamento, montagem e distribuição das cestas.

A Defesa Civil já entregou mais de 5.500 cestas básica e a previsão é de que, até o próximo sábado, 10 mil cestas estejam nos 17 municípios do Baixo Amazonas. As cestas são compostas de 10 kg de arroz, 3 kgs de feijão, 2 kgs de açúcar, 2 garrafas de 600 ml de óleo, 2 kgs de leite, 2 kgs de farinha e dois kgs de macarrão.

Os atingidos recebem também um kit humanitário formado por rede, lencou, mosquiteiro, cobertor, colchão, toalha. Os municípios também vão receber a madeira doda pelo Ibama à secretaria estadual de Meio Ambiente. Neste sábado deve chegar a Santarém um carregamento com 9 mil colchões.

Governadora - Em Santarém, a expectativa é da chegada da governadora Ana Júlia Carepa, prevista para esta quarta-feira (13). A governadora vai visitar os municípios de Monte Alegre, Óbidos,Oriximiná, Santarém, Alenquer e Almerim. Juntos, eles somam 134.971 mil pessoas afetadas pela enchente. 179.010 mil pessoas foram afetadas pelas águas dos rios nos 17 municípios do Baixo Amazonas.

Nesta quinta-feira, à tarde, a governadora, acompanhada pelo ministro da Integração Regional, Gedel Vieira Lima, concede entrevista coletiva à imprensa, em Santarém.



Agência Pará











Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 12/05/09 às 19:03:26 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES