Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 13040 - Estado islâmico assassina 4 pré-adolescentes cristãos por decapitação.
Artigo visto 1280 vezes




Visto: 1280
Postado em: 04/03/15 às 11:27:32 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=13040
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Quatro crianças iraquianas deram um exemplo de amor por Jesus mesmo diante da possibilidade da morte. Quando os muçulmanos radicais do Estado Islâmico exigiram que elas se convertessem ao islamismo e negassem sua fé, elas se negaram.

O relato vem sendo divulgado por Andrew White, pastor de uma Igreja anglicana em Bagdá. Ele gravou uma entrevista para o canal OCN, da Igreja Ortodoxa. Relatou diversas histórias sobre a perseguição que os cristãos enfrentam no Iraque e a bravura com que os cristãos estão defendendo sua fé, apesar das consequências.

Quando os soldados do EI disseram: “Repita que você irá seguir somente a Maomé”, lembra White, “As 4 crianças, todas menores de 15 anos, responderam: ‘Não, nós amamos Yesua [forma iraquiano do nome Jesus]. Sempre amamos Yesua e o temos seguido. Yesua sempre esteve com a gente”. Os homens insistiram, mas elas não mudaram de ideia. Os muçulmanos, em seguida, então decapitaram as crianças diante de todos os moradores da aldeia. “Como você responde a isso?”, questiona o pastor. “Você só pode chorar. Eles são meus filhos… É isso que temos visto e que estamos passando”. O pastor White relatou sobre a forma como os cristãos são perseguidos em todo o Iraque, especialmente em cidades como Bagdá e Nínive. Ele conta que o Estado Islâmico não tem poupado ninguém.

Eles mataram um grande número de pessoas. Cortaram crianças ao meio. Cortaram suas cabeças. Multidões estão fugindo para o norte… é muito terrível o que aconteceu”, desabafa. Estima-se que restaram cerca de 250.000 cristãos na região, onde costumavam viver 1 milhão e meio anteriormente.

Relata que muitos cristãos acabam cedendo e afirmando que seguirão a Maomé. A pressão é muito grande. White acredita que não é possível que os cristãos vivam nas áreas sob domínio do EI.

 


Fonte: Jerusalem Post e Gospel Prime.





LEIA TAMBÉM
Como escapei de ser sequestrada pelo grupo islâmico Boko Haram. “Orando em voz baixa para que não percebessem que éramos cristãs”.
A imensa riqueza da diferença e da complementaridade existente entre o homem e a mulher.
Coreia do Sul: tribunal derruba lei e "libera" o adultério.
As mentiras do diabo e as falsas promessas de felicidade deste mundo.
Milhões de pessoas fizeram marcha histórica em Paris contra o terrorismo islâmico. Mas... e agora?
Temor da violência antissemita ressurge após ataques de Copenhague
Dois anos depois de anunciar sua decisão histórica de renunciar, como vive o Papa emérito Bento XVI?
Reino Unido: cristã coloca adesivo sobre Jesus no carro e recebe ameaças de cancelamento do seguro.
Cadela visita diariamente o hospital onde o dono morreu há dois anos.



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.144.997
Visitas Únicas Hoje: 1.329
Usuários Online: 265