2005: BIS propõe moeda global
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.877.250
Visitas Únicas Hoje: 578
Usuários Online: 214
Sistema de Busca

 

Destaque




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 1886 - Impresso: 61 - Enviado: 15 - Salvo em Word: 43
Postado em: 27/03/09 às 00:11:55 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=1275
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

26 August, 2005

Em 27 de junho, o Banco de Compensações Internacionais (BIS) divulgou o seu relatório anual de 2004-05, o 75o desde a fundação do banco em 1930, para funcionar como o "banco central dos bancos centrais". O documento, que analisa o cenário econômico-financeiro mundial com a linguagem cautelosa do setor, não obstante, oferece algumas pistas sobre a instabilidade sistêmica vigente a um leitor cuidadoso.

A Introdução, pitorescamente intitulada "Até agora, tudo bem", pontifica: "Olhando para trás nas últimas duas décadas, várias tendências econômicas globais podem ser identificadas. Menos e menos inflação volátil, acompanhada por um crescimento maior e menos volátil, foram características bem-vindas. Menos bem-vindos foram os desequilíbrios externos e internos, estes últimos levando a períodos mais freqüentes de tensões financeiras, com freqüência associados a rápidos aumentos no crédito, preços dos ativos e investimentos fixos. Todas essas tendências têm suas raízes em três grandes mudanças estruturais: a disseminação da liberalização em toda a economia global, o desenvolvimento de mercados financeiros mais completos e o crescente foco dos bancos centrais na inflação baixa. Olhando para trás no último ano fiscal, foram mantidos um crescimento forte e uma inflação baixa, mas também os desequilíbrios externos. Os mercados financeiros mostraram evidências adicionais de superextensão, refletindo a busca por rendimentos, em face das políticas de juros muito baixos, e os preços imobiliários em vários países estabeleceram novos recordes."

Além de observar alguns "preocupantes padrões de desigualdade do crescimento mundial", o relatório afirma que "o tema subjacente parece ser que não temos mais um sistema que, de alguma forma, force os países a alterar a sua absorção doméstica (de capitais) e as taxas de câmbio associadas de modo a reduzir os desequilíbrios externos de uma maneira ordenada". Por isso, o BIS endossa a recomendação que um grupo de financistas do Establishment financeiro internacional tem sugerido: a adoção de uma moeda internacional ou, pelo menos, de blocos monetários regionais liderados pelo dólar, o euro e o iene/yuan.

A proposta do BIS se assemelha à do grupelho de pensadores da alta finança que tem defendido a moeda global, no qual se destacam o ex-presidente da Reserva Federal dos EUA Paul Volcker, o Prêmio Nobel de Economia Robert Mundell e o ex-ministro da Economia argentino Domingo Cavallo. O grupo fundou a Associação para uma Moeda Global Única (www.globalcurrencyassociation.org)e tem promovido a idéia em conferências em vários países. Como etapa transitória para a moeda única, propõem exatamente um arranjo semelhante ao sugerido pelo BIS, um esquema tríplice dólar-euro-iene (e, possivelmente, a libra esterlina e o yuan) (Resenha Estratégica, 26/10/2004).

Quanto a uma efetiva reformulação do sistema financeiro mundial, orientada para permitir uma reconstrução das economias nacionais combalidas por três décadas de financeirização e a retomada do desenvolvimento socioeconômico em escala global, tal perspectiva nem de longe passa pelos planos desses próceres oligárquicos.

 



fonte: Msia





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 27/03/09 às 00:11:55 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES