Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 10065 - Padre é esfaqueado no tórax durante missa na Catedral de Piracicaba, SP
Artigo visto 2421 vezes




Visto: 2421
Postado em: 22/08/12 às 07:12:03 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=10065
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Espacojames: Quando satanás não consegue atingir um filho de Deus, manda seus saquases fazer o trabalho.



Enviado por email ao espacojames: Patrícia Patinha
Fonte: G1


19/05/2012 - Monsenhor Jamil Nassif, vigário-geral da Diocese, foi operado e passa bem.  Aos guardas, rapaz de 24 anos disse que atingiu padre por "ordem de Deus".

Área onde padre foi esfaqueado na Catedral de Santo Antônio, em Piracicaba (Foto: Leandro Cardoso/G1)

O monsenhor Jamil Nassif Abib, de 72 anos, vigário-geral da Diocese de Piracicaba (SP), foi esfaqueado na noite deste domingo (19/08/2012) enquanto celebrava missa na Catedral de Santo Antônio, onde é pároco. Ele foi atingido no tórax e socorrido na Santa Casa de Piracicaba. Segundo a assessoria de imprensa da Diocese, o padre está consciente e com quadro de saúde estável. O monsenhor também se feriu na cabeça e no braço ao cair após o golpe. O padre foi submetido a uma cirugia por volta das 22h30 deste domingo para a colocação de um dreno no local do ferimento, já que houve rompimento de vasos sanguíneos. Ele deve permanecer internado em observação por um período de cinco a sete dias.

A Guarda Municipal prendeu Luiz Fernando Gonçalves, de 24 anos, pelo atentado. Segundo fiéis que acompanhavam a missa, o rapaz entrou pela porta lateral da igreja, ficou por ao menos cinco minutos observando os quadros na parede e, sem motivo aparente, correu pela capela e esfaqueou o padre, que no momento estava na parte de baixo do altar conduzindo o sermão. "O rapaz gritou padre, padre, tirou a faca do bolso e disparou o golpe", disse o publicitário Ariovaldo Romano, que ajudou a conter o agressor.

Monsenhor Jamil Nassif, de 72 anos (Foto: Câmara de Vereadores)

Gonçalves foi preso em flagrante e levado para o Plantão Policial de Piracicaba, de onde será transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade. Ele deve responder por tentativa de homicídio. Aos guardas municipais, o rapaz disse que esfaqueou o padre "por ordem de Deus". De acordo com informações preliminares, Gonçalves mora no bairro Pauliceia, em Piracicaba, e trabalha eventualmente como guardador de carros na região central do município. O rapaz não aparentava embriaguez ou estar sob o efeito de drogas no momento em que foi preso.

O aposentado Camilo Nelson Pimpinato, que atua como ministro na Catedral, estava no altar no momento do atentado. Ele relatou que houve correria na igreja, que estava lotada para a missa. "Muitos saíram correndo com medo de que o rapaz estivesse armado e atirasse contra os fiéis. Outros ficaram assustados e passaram mal."

A faca usada no crime tem 20 centímetros de lâmina, que se desprendeu do cabo de plástico após o golpe. O monsenhor Jamil Nassif Abib foi atingido no lado esquerdo do tórax, na altura da costela. Não houve comprometimento de órgãos vitais, de acordo com a assessoria de imprensa da Diocese de Piracicaba. O monsenhor nasceu em 4 de março de 1940 no município de Canitar (SP). Foi ordenado padre em janeiro de 1966 e é pároco da Catedral de Santo Antônio desde fevereiro de 2006.

Guarda municipal exibe a faca que foi utilizada para ferir o tórax do monsenhor (Foto: Leandro Cardoso/G1)

 

Fonte: G1

 

--

21/08/2012 - Meu coração e minha alma já perdoaram o agressor", diz padre esfaqueado em Piracicaba (SP)

Do UOL, em Campinas (SP)

Monsenhor Jamil Nassif Abib, 72, foi golpeado a facas enquanto celebrava missa na Catedral de Santo Antônio, em Piracicaba (SP)

Meu coração e minha alma já perdoaram o agressor”. Essas palavras foram ditas pelo monsenhor Jamil Nassif Adib, de 72 anos, esfaqueado no tórax por Luiz Fernando Gonçalves, de 24 anos, no último domingo (19), enquanto celebrava a missa das 19 horas na Catedral de Santo Antonio, em Piracicaba (164 km de São Paulo), onde é pároco.

A declaração do padre, que também é vigário-geral da Diocese da cidade, foi divulgada por meio de nota (confira a íntegra abaixo) enviada pela Santa Casa de Piracicaba, onde ele passou por cirurgia - para a colocação de um dreno a fim de estancar a hemorragia no tórax - e se recupera dos ferimentos. Na manhã desta terça-feira (21), segundo a assessoria do hospital, o religioso passa bem e seu estado continua estável, porém sua recuperação deve se estender por pelo menos mais quatro dias.

Na manhã de segunda-feira (20), o monsenhor foi submetido a novos exames de raio-x para a avaliação da região atingida pela perfuração. Logo em seguida, foi transferido da emergência da Santa Casa para um quarto no Hospital Santa Isabel, instalado ao lado da instituição.

O autor do atentado está preso no Centro de Detenção Provisória de Piracicaba. Ele foi detido por guardas municipais instantes depois de esfaquear o monsenhor no lado esquerdo do tórax. Aos guardas, o rapaz disse que agiu "por ordem de Deus". Ele deve responder por tentativa de homicídio, segundo a Polícia Civil.

O bispo diocesano Dom Fernando Mason disse que o rapaz aparentava ter desequilíbrio psicológico. "O ato não se configura fanatismo religioso. Mostrou que o rapaz é claramente perturbado. Disse ter recebido ordens divinas, mas não acredito", afirmou.

Confira abaixo a íntegra da nota do monsenhor:

"Difícil encontrar sentido para os fatos violentos que vitimam milhares de pessoas todos os dias pelo mundo, já que não há justificativa para a violência em hipótese alguma. No meu caso específico, talvez seja mais fácil constatar apenas que o indivíduo que me atacou durante o encerramento da Semana da Família ontem (19) agiu incorretamente. Alguns me perguntam sobre o perdão e eu, então, prontamente afirmo que meu coração e minha alma já perdoaram este indivíduo. Resta-me agora o desejo pleno de que as pessoas realmente tentem criar uma sociedade familiar, mais amiga e fraterna. Gostaria, aliás, de aproveitar este fato para lembrar a todos que é preciso restaurar a família; fazer com qu e ela recupere o seu papel de formadora, educadora e promotora do crescimento da comunidade com base em princípios éticos. Só assim trabalharemos em conjunto para que fatos como este sejam cada vez mais isolados."

Monsenhor Jamil

Fonte: Uol notícias

 

--

Leia também: Artigo N.º 10066 - Mais um padre é esfaqueado dentro da igreja

--

 


 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.005.305
Visitas Únicas Hoje: 5.983
Usuários Online: 1.769