75 – A Resposta Católica: Como posso ser dispensado de um voto?
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.078.084
Visitas Únicas Hoje: 305
Usuários Online: 96
Sistema de Busca

 

Resposta Católica




Salvar no Instagram

Salvar em PDF



Atenção, as opções que aparecem no final do video abaixo não são nossos, o youtube mostra como alternativa.+ Lembre-se: Caso o vídeo não abra, [ Clique aqui ] para instalar ou atualizar o Flash Player. Depois de instalado, feche o navegador (Internet, Mozilla Firefox ou Google Chrome) para salvar as alterações e depois tente abrir o vídeo novamente.
Como Baixar o vídeo para seu computador? Copie o link deste vídeo [ https://www.youtube.com/watch?v=Teko32F3xcE ] depois, entre neste site: [ http://pt.savefrom.net ] cole o link no campo indicado e clique na seta > para baixar. Não precisa instalar nada, todo o processo é online.



Visto: 1456 - Impresso: 44 - Enviado: 14 - Salvo em Word: 45
Postado em: 17/04/12 às 17:08:16 por: James
Categoria: Resposta Católica
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=197&id=9652
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Resposta Católica

O Código de Direito Canônico, em seu cânon 1191, § 1º, diz que "o voto, isto é, a promessa deliberada e livre de um bem possível e melhor, feita a Deus, deve ser cumprido em razão da virtude da religião." Isso quer dizer que uma promessa feita é uma promessa cumprida seja qual for a circunstância? Não, porque existem algumas situações em que o cumprimento da promessa se torna muito difícil, quiçá, impossível. Para esses casos o mesmo CDC faculta a possibilidade de desobrigação do voto no Cânon 1195 e seguintes.

Porém, mais do que obrigar ou desobrigar alguém do cumprimento de uma promessa feita de livre vontade, é preciso analisar o que motivou a obrigação e também o que leva um fiel a desistir de cumprir sua palavra dada a Deus. No caso em tela, existia o desejo de total consagração a Deus. O chamado para o sacerdócio e para o celibato. Como um pai, Padre Paulo Ricardo ensina a esse jovem que pode ser desobrigado de sua promessa, porém, explica que o sentimento que o motivou a prometer é muito sublime e agradável a Deus, à Nossa Senhora.

Com decidir? Olhando para a eternidade, para a morte, apresentando-se diante de Deus com todos os talentos recebidos. Este é o melhor método para comprovar o erro ou o acerto das decisões. Desobrigar-se da promessa agradará a Deus? O que restará para apresentar diante Dele no instante último?








Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 17/04/12 às 17:08:16 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES