A VIRGINDADE PERPÉTUA DE MARIA
 
 
Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 6.132.491
Visitas Únicas Hoje: 997
Usuários Online: 284
Sistema de Busca

 

Cantinho de Maria




Salvar no Instagram

Salvar em PDF






Visto: 2973 - Impresso: 62 - Enviado: 24 - Salvo em Word: 52
Postado em: 30/03/10 às 09:16:47 por: James
Categoria: Cantinho de Maria
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=156&id=4741
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Cantinho de Maria


O tema da virgindade perpétua de Maria acompanha o cristianismo desde a sua origem. Entre os inúmeros argumentos apresentados destaca-se o fato de Maria ser a mãe do Filho de Deus. Um exemplo dessa defesa encontramos na carta do papa Sirício ( 384-398) a Anísio, bispo de Tessalônica. Este bispo havia chamado a atenção a Bonoso, bispo de Ilíria, por afirmar que Nossa Senhora havia tido outros filhos:


"É natural que tenha sentido horror ao ouvir dizer que do ventre de Maria, do qual nasceu Cristo segundo a carne, tenham nascido outros filhos. Jesus Cristo não teria escolhido nascer de uma virgem se soubesse que ela se contaminaria por meio da união com um homem, manchando o lugar onde Ele havia repousado, a corte do Rei Eterno. Esta afirmação nada mais é do que a aceitação da falsa doutrina judia, segundo a qual Cristo não nasceu de uma virgem".

A definição dogmática da virgindade de maria aconteceu no terceiro Concílio de latrão, de 649, pelo papa Martinho I :

"Se alguém não confessa de acordo com os santos Padres, propriamente e segundo a verdade, como Mãe de Deus, a santa, sempre virgem e imaculada maria, por haver concebido, nos últimos tempos, do Espírito Santo e sem concruso viril gerado incorruptivelmente o mesmo Verbo de Deus, especial e verdadeiramente, permanecendo indestruída, ainda depois do parto, sua virgindade, seja condenado".

Por meio desta verdade aprendemos que maria foi virgem antes, durante e depois de dar à luz Jesus Cristo.

Quanto à questão da virgindade de maria antes e durante a concepção, a Bíblia é muito clara: "Jacó gerou José, esposo de maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo... Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo" (Mt 1,16.18).

A virgindade depois do parto não significa de modo algum a diminuição do valor da vida conjugal, mas deve ser entendida em virtude do desejo forte de maria em dedicar-se totalmente a este Filho.

Surge um dúvida a respeito dos possíveis irmãos de jesus. Quando os evangelhos falam dos irmãos de Jesus ( Mt 12, 46-50; Mc 3,31-35; Lc 8, 19-21), estão fazendo referência ao uso bíblico da palavra irmão. Tal palavra não era usada somente para irmãoes de sangue, mas para primos e outros parentes. A evidência de Jesus não ter outros irmãos tem sua confirmação derradeira na cruz, onde Jesus, em vez de confiar sua mãe a algum possível irmão, a entregou aos cuidados do discípulo amado ( cf. Jo 19, 26-27).

  
Extraído do Lívro: Maria a mensageira do céu - Pe. Alberto Gambarini - Ágape



http://amigosdenossasenhora.vilabol.uol.com.br/virgindade.htm





Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 30/03/10 às 09:16:47 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.


Visite o espacojames nas redes sociais:



LEIA TAMBÉM




Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES