Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Vassula




Artigo N.º 10823 - Via-Sacra meditada com as mensagens de AVVD
Artigo visto 3294 vezes




Visto: 3294
Postado em: 30/03/13 às 09:28:44 por: James
Categoria: Artigos Vassula
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=150&id=10823
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Vassula

Via-Sacra meditada com as mensagens de AVVD

 

"Queridos filhos e filhas, Eu, O Senhor, vos digo: não quero divisão alguma na Minha Igreja. Por meu Amor, unir-vos-eis e sob o Meu Nome, vós amar-Me-eis. Segui-Me e sede Minhas testemunhas. Amar-vos-eis uns aos outros, como Eu vos Amo. Unir-vos-eis e sereis um só rebanho sob um só pastor. (AVVD – 19.03.88). Meu Corpo está mutilado a ponto de ficar paralisado. Fazei entrar a Luz nas Minhas Estações da Via Sacra e ajoelhai-vos em cada Estação." (AVVD – 21.06.87)

"Eu sou Deus, ó criatura, esteja nas Minhas Estações, deseje apenas a Mim em cada Estação. Estou em cada Estação. Estarei nas Estações da Minha Via Sacra e quero que você esteja lá, quero que se ajoelhe nas Minhas Estações." (AVVD - 29.05.87)

"Eu, Jesus, o Soberano que os Céus louvam desde toda a eternidade, aceitei ser humilhado pelos homens, oferecendo as Minhas Costas à Flagelação. Deixei-me coroar com uma Coroa de Espinhos; permiti que Me escarnecessem e que Me cuspissem no Meu Santo Rosto. Permiti que Me crucificassem: tudo por vosso Amor.

Vinde, pois, a Mim com orações e sede santos. Que o vosso coração conserve os Meus Princípios; baixai os olhos à Minha Vista; ajoelhai-vos na Minha Presença e arrependei-vos da vossa maldade. Eu, o Senhor, exaltarei os humildes, far-vos-ei progredir e embelezarei a vossa alma guiando-a para a perfeição, se desejardes abrir-vos inteiramente." (AVVD -03.03.89)

 

1 estação1ª ESTAÇÃO
JESUS É JULGADO E CONDENADO À MORTE
(Mt 27,26; Mc 15,15; Jo 19,16)

"A sabedoria foi julgada e refreada pela força. Fui desprezado e rejeitado pelos homens para carregar com os vossos sofrimentos. Aceitei a mais dolorosa das mortes, a fim de que a vossa alma pudesse viver e partilhar o Meu Reino. Fiz jorrar o Meu Sangue a rios, a fim de que vós pudésseis obter a Vida Eterna. Por vosso Amor permiti que Eu mesmo fosse tido por um pecador.

Hoje, as Minhas Chagas reabriram-se por culpa da iniquidade desta geração. De há horas sem número Eu vos chamo à conversão: voltai a Mim! Eu amo-vos com um Amor Eterno! Vinde fazer as pazes Comigo. Eu não vos castigarei; libertar-vos-ei. Não mais vos chamarei de ímpios, mas sereis chamados Meus." (AVVD - 3.3.89)

 

2 estação2ª ESTAÇÃO
JESUS CARREGA A SUA CRUZ
(Mt 27,31; Mc 15,20; Lc 23,26; Jo 19,17)

"Ligaram-Me os Pés com cordas e obrigaram-Me a caminhar até à Minha Cruz. Mas, Meus filhos, Eu não podia caminhar porque Me tinham ligado os Pés.

Lançaram-me, então, por terra e arrastaram-Me, pegando-Me pelos cabelos até à Minha Cruz. O Meu Sofrimento era intolerável: alguns pedaços da Minha Carne que haviam ficado pendentes, depois da Flagelação foram-Me arrancados. Aliviaram, então, os laços dos Meus Pés e deram-Me pontapés para obrigar-Me a levantar e a levar o Meu fardo aos Ombros. Eu não podia ver sequer onde estava a Minha Cruz, uma vez que os Espinhos que se Me haviam enterrado na Cabeça Me enchiam os Olhos de Sangue que se Me colava no Rosto. Levantaram, então, a Minha Cruz, puseram-Me aos Ombros e empurram-Me para a porta." (AVVD-09.11.86)

"Sede felizes porque vos escolhi para partilhar convosco os Meus Sofrimentos; a Minha Cruz tão preciosa está sobre vós. Nada daquilo que vós Me derdes será inútil... nada é inútil. Eu sou glorificado. Sede Minhas vítimas, vítimas bem-amadas. Partilhareis Comigo a Minha Cruz de Paz e de Amor, mas as vossas tribulações de vítimas não serão fáceis neste mundo." (AVVD-26.03.89)

 

3 estação3ª ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA PRIMEIRA VEZ

"Caí por terra trespassado pela dor. Estava irreconhecível." (AVVD-09.11.86) 

"O cálice do Amor é amargo, muito amargo...Não quereis partilhá-lo Comigo? Não Me resistis! Terei Eu alguma vez resistido a atender as vossas súplicas?" (AVVD - 26.03.89)

"Vinde, que toda gota de amor será utilizada; preciso de amor para salvar almas que se encontram no caminho da perdição." (AVVD - 1º. 04.89)

 

 

4 estação4ª ESTAÇÃO
JESUS ENCONTRA-SE COM SUA MÃE SANTÍSSIMA

"Entrai nas Minhas Chagas e compreendereis toda a Nossa Angústia, dilacerando cada uma das fibras de Nossos Corações.

Por quanto tempo continuarei Eu ainda abandonado e sozinho em cada Sacrário, enquanto Lágrimas de Sangue caem pelas Nossas Faces? As Minhas agonias do Getsemani repetem-se a cada hora na minha alma." (AVVD-10.03.90)

 

 

5 estação5ª ESTAÇÃO
SIMÃO CIRINEU AJUDA A CARREGAR A CRUZ
(Mt 27,32; Mc 15,21)

"A Minha Agonia parecia aumentar. Receando que Eu morresse antes da Crucificação, os soldados deram ordem a um homem de nome Simão para que levasse a minha Cruz. Meus Filhos, não se tratava de um gesto de bondade ou de compaixão, mas de uma simples forma de me poupar para a Cruz." (AVVD – 09.11.86).

"A Minha Cruz é preciosa. Levantai a Minha Cruz. Eu me delicio nas almas que Me são disponíveis. Não Me renegueis nunca em qualquer circunstância que seja. Estai sempre prontos e disponíveis para Mim, Vosso Deus." (AVVD – 05.09.89)

 

6 estação6ª ESTAÇÃO
VERÔNICA ENXUGA AMOROSAMENTE A FACE DE JESUS

"Ó Meus Filhos como era pesada a Cruz que Eu tive de levar. Avançava às apalpadelas. O Meu caminho era traçado apenas pelo chicote  que Me batia. Procurava ver o Meu caminho através do Sangue que Me queimava os Olhos. Senti, então, alguém que enxugava o Rosto inchado. Bendito sejais!" (AVVD – 09.11.86).

"Bem amados: aqueles que Me amam, lutam e sofrem Comigo, partilham da Minha Cruz, dão-Me repouso; mas são tão poucos! Preciso de um maior número de almas que se unam a Mim e abracem os meus sofrimentos. Nunca Me rejeiteis." (AVVD – 24.05.87)

 

7 estação7ª ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA SEGUNDA VEZ

Abandonai-vos nas Minhas Mãos e Eu farei de vós Colunas Vivas de Luz. Rezai sem cessar, rezai com o vosso coração. Jejuai e reparai. Arrependei-vos e oferecei-Me o vosso abandono quotidiano. Esperai em Mim, tende Fé, amai-Me e vivei em Santidade porque Eu Sou Santo. Recebei-Me com pureza e as Minhas Graças serão derramadas em vós. (AVVD – 29.08.89)

Eu, o Vosso Santíssimo, sofro. O Meu Corpo é mutilado pela desobediência, pela impureza e pela iniquidade deste mundo escurecido! Ah! Criação, o Meu Grito de sofrimento sacode o Céu inteiro, deixando os Meus Anjos a tremer e prostrados. Ainda Me não ouvistes, Meus Filhos e Filhas? Os Meus Gritos do Alto até os demônios ficam estupefatos pela vossa surdez. Lágrimas de Sangue arrasam os Meus Olhos. Dia e noite, hora a hora, incessantemente, Eu espero por vós. (AVVD – 29.03.89)

 

8 estação8ª ESTAÇÃO
JESUS CONSOLA AS MULHERES DE JERUSALÉM
(Lc 23,27-32)

Ouvi-as chorar e lamentar-se; ouvi-as. “Benditas sejais”, disse-lhes Eu: “Meu Sangue lavará todos os pecados da humanidade”. “Olhai Minhas Filhas: O tempo da vossa salvação chegou”. Endireitei-Me com dificuldade. A multidão tinha-se enraivecido e Eu não via nenhum amigo à Minha volta. Ninguém estava ali para me consolar. (AVVD – 09.11.86)

Filhos Meus amados, que daríeis vós para consolar o Vosso Jesus? A vossa vontade? O vosso amor? A vossa vida? Ide, pois e dai testemunho do Meu Nome. Lembrai a todos que a Minha Promessa está presente a realizar-se e o Meu Regresso é iminente. Fazei que o Meu Amor seja conhecido pelo mundo e que o mundo se dê conta do quanto Eu amo os Meus Filhos. E quando tiverdes concluído a vossa obra elevar-vos-ei para Mim e então podereis repousar nos Meus Joelhos. (AVVD – 23.12.90)

 

9 estação9ª ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA TERCEIRA VEZ

Meus Filhos: quando virdes pegadas de passos que não sejam as Minhas, não coloqueis os vossos pés, porque vos conduzirão apenas à morte.

As pegadas dos Meus pés mostram que Eu ando de Pés Descalços. Elas estão manchadas pelo Meu Sangue e perfumadas de mirra.

Meus Filhos, as Chagas do Meu Corpo estão abertas e o Meu Manto está ensopado de Sangue. Estou vestido de saco e de trapos por causa das iniquidades e dos pecados desta geração. Os Meus Lábios estão mais secos que o pergaminho pela falta de amor. Não há amor e esta é a razão pela qual esta geração acumula traições sobre traições e volta sem descanso a colocar-Me na Cruz para Me re-crucificar. (AVVD – 08.07.91)

Meu coração sangra no próprio Santuário e no mais profundo da Minha Fundação e na Minha Agonia tento adverti-los.

Levantai-vos Meus Filhos! A Igreja precisa de Vós. Pela apostasia e pela iniquidade a Minha Casa encontra-se nas trevas e por causa dos seus pecados o meu Rebanho está disperso. Oh! Como Sofro Meus Filhos!(AVVD – 29.03.88)

 

10 estação10ª ESTAÇÃO
JESUS É DESPOJADO DE SUAS VESTES
(Mt 27,35; Mc 15,24; Lc 23,34; Jn 19,23-24)

Chegado ao Monte lançaram-Me por terra, arrancaram-Me os Vestidos  e deixaram-Me nu para assim Me exporem à vista de todos. As Minhas Feridas reabriram-se e o Meu Sangue correu por terra. Os soldados deram-Me vinho misturado com fel. Eu recusei-o porque tinha já no Meu intimo a amargura que Me haviam provocado os Meus inimigos. (AVVD – 09.11.86)

Meus Filhos, compreendestes perfeitamente a Minha Paixão? Eu Sou Aquele que vos libertou da Morte. Perseguido verdade é que O fui justamente por vós... Desfigurado pelos golpes, alvo de escarros, desprezado, ridicularizado e escarnecido, apenas O fui para vossa libertação. Fui flagelado sem piedade pelo Meu Grande Amor por vós todos. Carreguei com os vossos pecados às Minhas Costas, sem um único lamento “como cordeiro levado ao matadouro” nas mãos do tosquiador. (AVVD – 10.03.90)

 

11 estação11ª ESTAÇÃO
JESUS É PREGADO NA CRUZ
(Mt 27,35-55; Mc 15.24; Lc 23,33-49; Jn 19,18)

Oh! Filhos do Crucificado! Fui cravado no madeiro para vos libertar a Vós; permiti que Me trespassassem, para vos libertar. Pregaram-Me primeiro os Pulsos e, depois de Me terem fixado à Cruz com os Cravos, estenderam o Meu Corpo já trespassado. Atravessaram-Me os Pés com violência. Os soldados levantaram a minha Cruz e colocaram-Na no buraco preparado. Meus Bem-amados, deixei-Me trespassar por aqueles mesmos que Eu Próprio tinha criado. Sim, eles trespassaram as Mãos que os criaram e, com as Minhas Chagas, os curei... Por Vosso amor, suportei horas de sofrimento para retirar vossas almas do abismo em que se encontravam. (AVVD – 09.11.86 e 03.03.89)

Eu sou o Vosso Santo, e por isso vos permiti que Me estendêsseis na Cruz, a fim que os Meus Ossos fossem todos desconjuntados. Senti hoje a Minha Agonia, senti a Minha Sede por falta de Amor, um Amor que dilúvio algum poderá extinguir, que torrente alguma poderá aplacar ou amortecer. (AVVD – 10.03.90).

Lembra-te: a Minha Crucifixão durou horas, sofri por muitas horas, todo o Meu Sangue foi derramado. Eu amo-te, vem e consola-Me,  amando-Me. (AVVD – 10.04.87)

Irei ver-vos alguma vez, a vós, a vós que errais ainda nesse deserto? Regressai a Mim, reconciliai-vos Comigo e vivei santamente abandonando os vossos caminhos. (AVVD – 10.03.90)

 

12 estação12ª ESTAÇÃO
JESUS MORRE NA CRUZ
(Mt 27,50; Mc 15,37; Lc 23,46-49; Jo 19,30)

De onde Eu Me encontrava contemplei a multidão. Tentando ver com dificuldade com os Meus Olhos inchados, observei, então o mundo. Não vi amigo algum por entre aqueles que escarneciam de mim. Ninguém viera para Me consolar. “Meu Deus! Meu Deus! Por que Me abandonaste”? (...) O Meu Olhar pousou, então, sobre a Minha Mãe. Contemplei-A e os Nossos Corações falaram: Dou-Te os Meus Filhos Bem-amados para que sejam também Teus Filhos. Tu serás a sua Mãe. Tudo estava consumado. Então Jesus deu um forte Grito: Pai, em Tuas Mãos entrego o Meu Espírito! Dizendo isso Expirou (AVVD – 09.11.86).

Eu Sou o Senhor Jesus. Vós ouvistes o Meu Grito, Ele vos despertou. Gritei da Minha Cruz. Era o Meu Último Grito que Eu Mesmo dei quando estava ainda na carne. Um grito cheio de sofrimento, pena e amargura, que ressoava das profundezas da Minha Alma e penetrava nas alturas dos Céus. Esse Grito sacudiu os fundamentos da terra e rasgou os corações daqueles que Me amavam tal como rasgou o Véu do Templo. Estimulou os devotos a seguir-Me, como despertou os mortos nos túmulos revirando a terra que os cobria tal como revirou também todo o Mal. Fortes trovões atordoaram as alturas dos Céus e todos os Anjos se prostraram a tremer e Me adoraram em silêncio. Minha Mãe, de pé junto de Mim, ao ouvir o Meu Grito, caiu de joelhos cobrindo o Rosto lavado em lágrimas. Ela trouxe em Si mesma este último Grito até ao dia da Sua Dormição... Ela sofreu... Estou embebido de amargura, sofrendo cada vez mais pelas inúmeras iniquidades do mundo, pela maldade, pela deslealdade e pelo egoísmo. O Meu Grito cresce dia a dia, cada vez mais...

Fui deixado Sozinho na Minha Cruz; Sozinho a carregar com os pecados do mundo sobre os Meus Ombros; Sozinho, a sofrer; Sozinho a morrer, derramando o Meu Sangue que cobriu a terra inteira, salvando-vos Meus Bem-amados. Este mesmo Grito é agora sobre a terra como que um eco do passado. Viverei Eu porventura nas sombras do passado? Foi vão o Meu Sacrifício? Como podereis vós não sentir o Meu Grito da Cruz? Porque fechastes os ouvidos e O ignorais? (AVVD – 29.04.87)

 

13 estação13ª ESTAÇÃO
JESUS É DESCIDO DA CRUZ
(Mt 27,59; Mc 15,46; Lc 23,53; Jn 19,39)

Eu, o Senhor, chamei-vos da Minha Cruz, chamei-vos, na Minha Agonia, para mostrar-vos aquilo a que Eu, que Sou o Chefe da Igreja, fui hoje reduzido. A imagem do Meu Corpo Morto, que jaz nos Braços de Minha Mãe é uma forma simbólica de mostrar-vos, a todos vós como a vossa apostasia atraiçoou a Minha Igreja. Vede Meus Filhos: guiei-vos para vos mostrar a correta imagem da Igreja de hoje. Vistes esculpida no Rosto de Minha Mãe a Sua Dor e vistes nos Seus Braços o Meu Corpo Inanimado, Traído e Martirizado, Flagelado, Trespassado e Crucificado; e isto representa o estado real da Minha Igreja atual. Minha Mãe chora sobre Ela verdadeiras Lágrimas de Sangue como chorou sobre o Meu Corpo no Gólgota!

Mas em tempo brevíssimo a Igreja será renovada, transfigurada e ressuscitada, como Eu, o Senhor, ressuscitei. Ela não ficará por muito mais tempo, neste estado deplorável.

Os Meus inimigos destruíram o Meu Templo, mas com o Meu Poder, que desce do Alto e pela Minha Graça Eu reconstruirei o Meu Templo apenas em três dias. Prometo-vos que a Minha Igreja reviverá e que Eu A renovarei e A transfigurarei, como Eu Próprio Me transfigurei. Eu vos consolarei a vós e mais ainda: cingir-vos-ei com os Meus Braços, com muito Amor.  (AVVD – 16.08.88)

Agora, desço do Meu Trono Celeste, inclinando-Me sobre vós para vos erguer para Mim e para nutrir diretamente a vossa alma com a Minhas Reservas do Céu.

Venho até vós, Meus esfomeados cordeiros, venho reunir-vos todos no calor dos Meus Braços. Por vosso amor, multiplicarei as Minhas Graças em todos vós e nos vossos mortos. Eu mesmo os ressuscitarei com a Minha Chama ardente de Amor. Venho com o Meu Sagrado Coração na Mão para vo-Lo oferecer. Quereis acolhê-Lo? (AVVD – 19.06.89)

 

14 estação14ª ESTAÇÃO
JESUS É COLOCADO NO SEPULCRO
(Mt 27,60; Mc 15,46; Lc 23,53; Jo 19,41-42)

Vinde! Continuai a proclamar as Palavras do Conhecimento. Sede o Meu Eco. Ah! Ainda uma coisa, um simples apelo: Eu e vós estamos unidos; os que estão unidos a Mim tornam o mesmo caminho que Eu tomei: O caminho do Calvário. Aqueles que seguem a Vítima. Vós sois uma parte de Mim, um resto do Meu Corpo... Oferecei a vossa vida em expiação e vinde Comigo ao Vale da Morte; é precisamente aqui que Eu vou derramar o Meu Espírito, é aqui que vou derramar o Meu Amor, a fim de reanimar todos os ossos ressequidos. E é neste Vale que está o vosso trabalho. Eu desejo inundá-lo com o Rio da Vida. Eu, que Sou a Ressurreição e a Vida desejo fazer reviver os ossos ressequidos deste Vale. Mostrarei a Minha Compaixão e o Meu Amor, ressuscitando os mortos das suas campas, conduzindo-os à Minha Casa; e Comigo, na Minha Casa, a sua mesa será farta; e a sua taça, enchê-la-ei Eu Próprio, até fazê-la transbordar; e o Meu Sagrado Coração será o seu Santo Companheiro.

Eu farei um só Corpo de todos estes ossos ressequidos que agora jazem dispersos no Vale da Morte.(AVVD - 30.05.93)

 

15 estação15ª ESTAÇÃO
A RESSURREIÇÃO DE JESUS

Eu sou a Ressurreição e a Vida e prometo-vos que o Dia da Devoção agora não está longe. Os vossos mortos voltarão à Vida. Estenderei o Meu Reino e restaurarei as vossas terras que agora são estéreis e de aspecto miserável. Eu preparo-vos um novo Céu e uma nova Terra e o Amor regressará a vós como Amor. Eu, O Senhor, pretendo ressuscitar-vos e cultivar esse deserto em que viveis e transformar as vossas ilusões embusteiras ou enganadoras em oásis.(AVVD – 29.08.89)

Vinde! Vinde ganhar a Amizade do Meu Espírito Santo para vos tornardes Seus colaboradores. Sereis iniciados nos Nossos Mistérios abrindo os vossos espíritos e os vossos olhos para compreenderdes e perceberdes o Imperceptível que no, entanto, vos é gratuitamente oferecido. Oh! Não fiqueis inertes. Vinde herdar o que vos pertence desde o início. Vinde herdar a Luz Inacessível que, entretanto está ao redor de vós e pode estar em vós. Vinde herdar o Mistério do Meu Reino.

Hoje Eu Mesmo vos ofereço a Alegria, a Paz e a Vossa Herança.

Se Eu vos persigo sem descanso é apenas pela Grandeza do Amor que vos tenho. Vinde e Eu soprarei em vós a Imortalidade, reanimando-vos a alma para que ela se mova, aspire e respire a Minha Glória a fim de que vós não venhais a pertencer por mais tempo a vós mesmos, mas Àquele que vos move na União da Nossa Unicidade. (AVVD – 09.01.96)




LEIA TAMBÉM
AVVD - Um pedido urgente de Vassula
A falsa declaração de excomunhão de Vassula é finalmente desmentida
Vassula Ryden: Meu Encontro com Deus Pai ( LEGENDADO )
MENSAGEM DE JESUS A VASSULA RYDEN - A CRISE NA IGREJA - A MAÇONARIA ECLESIÁSTICA
Vassula: LIVRAI-NOS DO ENGANADOR - 30/05/1994
Vassula: DE NAÇÃO EM NAÇÃO, EU FAÇO SOPRAR O MEU ESPÍRITO - 19/06/1990
Vassula: NÃO JULGUES - 27/06/1990
Vassula: NOSSOS DIVINOS CORAÇÕES ESTÃO RASGADOS E DESPEDAÇADOS - 30/01/1988
Vassula: VOSSO DEUS ESTÁ VINDO - 17/06/1992



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.255.260
Visitas Únicas Hoje: 1.482
Usuários Online: 512