Espacojames


Página Inicial
Listar Títulos de N. Sra




Artigo N.º 211 - Nossa Senhora da Conceição Montesina
Artigo visto 3627 vezes




Visto: 3627
Postado em: 19/04/08 às 22:13:31 por: James
Categoria: Títulos de N. Sra
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=15&id=211
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Títulos de N. Sra

O proprietário da Fazenda Lagoa, Flávio Antonio de Oliveira, de origem Portuguesa, estando gravemente enfermo e correndo risco de vida, fez uma promessa diante da imagem da Virgem e Senhora da Conceição, pedindo sua proteção e caso fosse livre da morte, construiria uma capela em sua honra e daria boa área de terra para que ali se formasse um povoado. Grande devoto e fervoroso cristão que era, foi atendido em sua súplica.

Cumprindo a promessa feita, ergueu uma capela de pau-a-pique (taipa de pilão) e coberta de sapê. No dia 08 de dezembro de 1848, foi celebrada a primeira cerimônia religiosa no interior da capela (dia da celebração litúrgica de Nossa Senhora da Conceição). Data desta mesma época a fundação do povoado e a imagem da Nossa Senhora da Conceição, 80 cm, estilo colonial em madeira, que se encontra até hoje no interior do atual Santuário; data do mesmo ano o primeiro sino de bronze, com o Brasão de Armas do Império (Monarquia).

A nova Capela com a Sagrada Imagem de Nossa Senhora da Conceição, era procurada pelos fiéis devotos para fazerem suas promessas e súplicas, na esperança de alcançarem a mesma graça que havia alcançado Flávio Antonio de Oliveira.

No início as festas eram celebradas a 08 de dezembro, com novenas e rezas solenes, leilões de prendas, procissão, etc. A devoção à Virgem da Conceição era grande no Brasil Colonial e depois foi proclamada por D. Pedro I, como padroeira do Império Brasileiro. Como a fama se espalhara pela região toda, nas festas da "Capela da Conceição" começaram a ser trazidos os ex-votos como gratidão pelas graças recebidas. O lugarejo também era conhecido como "Capela do Patrimônio" ou simplesmente "Patrimônio". No ano de 1854, a 08 de Dezembro, foi proclamado pelo Santo Padre, o Papa Pio IX o "Dogma da Imaculada Conceição da Virgem Maria". Em 1865 como fluxo de romeiros aumentava, foi necessário ampliar a Capela, com duas laterais, foi coberta com telhas, assoalhado, sendo caiadas as paredes internas e externas. Após a chegada dos italianos que se deu em 1889 a 1896, a Sagrada Imagem passou a ser vista com uma coroa simples e ser chamada de Virgem Montesina.

Orientados por D. Lino Deodato R. de Carvalho (Bispo de São Paulo), a festa foi transferida de 08 de dezembro para 08 de setembro, (festa litúrgica do Nascimento de Nossa Senhora) por dois motivos: por cair dentro do tempo do Advento e por ser uma época muito chuvosa.

Este mesmo Bispo deu o título de Santuário local para a Capela da Virgem Montesina.

Com Getúlio Vargas (Presidente da República) em 1940 a festa da Padroeira do Brasil (Nossa Senhora da Aparecida) foi fixada no dia 08 de setembro, um dia depois do Dia da Pátria (Independência do Brasil).

Como as festas coincidiam, o lugar começou a ser chamado de Aparecida do Monte Alto.

Por volta de 1894 a Venerável Imagem foi roubada e trazida de volta por 500 cavaleiros armados em fins de Maio de 1894.

O atual santuário foi iniciado em 1929 (sendo que a 1ª pedra foi abençoada por D. Joaquim Mamede, Bispo de São Carlos a 07 de junho de 1925), sendo totalmente concluído em 1952.

Devido ao grande número de romeiros e graças alcançadas, foi elevado a Santuário local por D. Lino Deodato R. de Carvalho a 06 de setembro de 1893, elevado a "Curato" por D. Antonio Augusto de Assis em 1934 e posteriormente elevado a "Santuário Diocesano" por D. José Varani em 1980.

Aos 20 de outubro de 1990 a Venerável Imagem foi canonicamente coroada por D. Luiz Eugênio Perez - Bispo de Jaboticabal na presença de milhares de fiéis.

No dia 13 de maio de 1994, foi transformado em Paróquia, por D. Luiz Eugênio Perez.

Graças a intercessão da Virgem da Conceição, o Santuário de Aparecida do Monte Alto tornou-se lugar privilegiado para a manifestação da misericórdia de Deus aos mais fracos, aos humildes, aos doentes e aflitos.




LEIA TAMBÉM
Nossa Senhora da Conceição Imaculada
Nossa Senhora do Carmo
Nossa Senhora do Caravaggio
Nossa Senhora das Candeias
Nossa Senhora do Bom Conselho
Nossa Senhora Auxiliadora
Nossa Senhora de Assunção
Nossa Senhora da Apresentação
Nossa Senhora Aparecida



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.253.727
Visitas Únicas Hoje: 2.896
Usuários Online: 348