Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 1932 - CATÁSTROFE MORAL (parte 2)
Artigo visto 1666 vezes




Visto: 1666
Postado em: 11/07/09 às 10:47:39 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=1932
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos

A CULTURA DA TRAPAÇA

O cientista político David Callahan, autor do livro The Cheating Culture (A Cultura da Trapaça).
Em seu livro Callahan mostra que a grande discrepância que há entre as superestrelas e as pessoas
comuns leva todo mundo a fazer “o que for preciso, até trapacear, para chegar ao topo”. Entre outras
coisas que acontecem nos Estados Unidos, ele menciona “estudantes do ensino médio e da faculdade que
trapaceiam”, “pirataria” de música e filmes, “roubo no trabalho”, “fraude em larga escala na área de
saúde” e uso de esteróides nos esportes. Ele conclui: “somando a isso todas as diversas formas de infração
ética e legal, chegamos a uma crise moral de grandes proporções. A trapaça está em todo lugar”.

O jornal The New York Times disse que o furacão Katrina, que assolou os Estados Unidos no fim
de 2005, “deu origem a uma das mais surpreendentes ondas de fraudes, tramas e espantosos erros
burocráticos na história moderna”. Uma senadora dos EUA relatou: “A fraude descarada, a audácia das
tramas, a magnitude do desperdício – são simplesmente chocantes”.
O jornal África News de 22 de junho de 2006, numa reportagem a respeito de um “seminário sobre
abuso sexual e pornografia” em bairros pobres de uma região de Uganda, disse que é por causa da
“negligência dos pais que a prostituição e o uso de drogas aumentou nesses lugares”. O jornal observou:
“O Sr. Dhabangi Salongo, responsável pela Unidade de Proteção à Criança e a família, da delegacia de
Kawempe, disse que os índices de violência doméstica e de abuso sexual de crianças tinham aumentado
muitíssimo”.
Hu Peicheng, secretário geral da Associação de Sexologia da China, em Pequim, declarou:
“Antigamente, na sociedade tínhamos um senso do que era certo e do que era errado. Agora podemos
3
fazer o que bem entendemos. “Um artigo na revista China Today explicou esse assunto do seguinte modo:
“A sociedade está ficando cada vez mais tolerante no que diz respeito a casos extraconjugais.”
“Parece que todo mundo está tirando a roupa e usando o sexo como estratégia de vendas”, notou
recentemente o jornal inglês Yorshire Post. “Pouco mais de uma geração atrás, esse tipo de ação teria sido
considerado um ultraje do ponto de vista moral. Hoje somos bombardeados por todos os lados com
imagens de sexo, e a pornografia... já criou raízes na sociedade em geral.” O jornal acrescentou: “Hoje em
dia é considerado normal famílias verem livro, revistas e filmes que antigamente só deveriam ser vistos
por maiores de 18 anos. E, segundo aqueles que fazem campanha contra a pornografia, muitas vezes o
alvo declarado dessas matérias são as crianças”.
O jornal The New York Times Magazine disse: “[Alguns adolescentes] falam de [suas experiências
sexuais] com a mesma naturalidade com que falam sobre o que vão almoçar”. A revista Tweens News, “o
guia para os pais de crianças de 8 a 12 anos”, observou: “Num rabisco de criança, uma menina escreveu
uma mensagem de partir o coração: ‘Minha mãe está me pressionando para que eu namore rapazes e
tenha relações sexuais. Tenho apenas 12 anos... socorro!’”
Como os tempos mudaram! O jornal canadense The Toronto Star declarou que não muito tempo
atrás “só a idéia de homossexuais ou lésbicas viverem juntos abertamente já era ultrajante”. No entanto,
Bárbara Freemen, professora de História Social na Universidade de Carleton, Ottawa, Canadá, observa:
“O que as pessoas dizem hoje é: ‘Vida particular é isso mesmo, vida particular. Não queremos que outras
pessoas se intrometam’”.
Sem dúvida, nas últimas décadas, a moral deteriorou-se rapidamente em muitos lugares no mundo todo.


www.cleofas.com.br

 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.986.109
Visitas Únicas Hoje: 18.910
Usuários Online: 3.464