Jean: POR AQUELES QUE DUVIDAM
Espacojames



Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 4064 - Jean: POR AQUELES QUE DUVIDAM
Artigo visto 2733




Visto: 2733
Postado em: 14/01/10 às 12:09:13 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=4064
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão


Espacojames: Nos artigos anteriores já foi falado quem foi Jean.

24/05/2007 16:48:20
Jean - Aos que duvidam

POR AQUELES QUE DUVIDAM (02.03.2007)

Vendo seu reino chegando ao fim, o demônio se lança ainda mais a semear grãos de violência. A mídia, em busca do sensacional, faz o jogo da propaganda difundindo informações, que colocam em causa os fundamentos do cristianismo.

Após muitas outras mentiras, trata-se agora da suposta descoberta do túmulo de Jesus e de seu filho. Infelizmente este tipo de atualidade que ataca o Senhor seduz certas pessoas e os inimigos da Igreja com grande alarido. Estes ataques podem mesmo algumas vezes desestabilizar os cristãos e semear a dúvida.

Não ignoreis as más noticias, difundidas pelo radio e a televisão, como os escritos que não são dirigidos pela mão de Deus. Para compreenderdes melhor que o fim dos tempos está muito próximo, é suficiente buscar nas Santas Escrituras os versículos que tratam de vosso tempo.

Em vossa qualidade de homem de boa vontade, em resposta a esses ataques e às misérias humanas, tendes o dever de anunciar a Boa Nova de Cristo. Considerai os acontecimentos atuais como pedidos de socorro.

Toda pessoa sensível pode estar perturbada pelo mal que agita o mundo. Por reação ela sabe que lhe compete agir. No mínimo seu dever é de anunciar o Reino de Deus, ou seja, proclamar sua fé e manifestá-la aos pobres de coração e de espírito. Anunciá-lo àqueles que sofrem, aos perseguidos e aos solitários. Deus está perto de todos os homens, eles devem ter confiança, pois eles podem contar com Seu poder e Sua graça, e pensar em Jesus quando ele diz: “o que fizestes ao mais pequenino, é a mim que o fizestes”. Não podeis, pois ficar insensíveis.

No estado atual das coisas, ligai-vos a esta tarefa. Encontrareis pessoas hesitantes, pessoas na busca, até mesmo quando batizadas e confirmadas, não podeis vos calar. Sois responsáveis pela Boa Nova de Jesus Cristo, e vossa tarefa consiste em tocar os corações dos homens e, em particular, daqueles de vossas famílias que vivem na descrença. Quem não tem parentes insensíveis à religião?

Esta mensagem é destinada a todos aqueles e aquelas que hesitam e se questionam. É igualmente destinada àqueles que duvidam de Deus e que em razão de acontecimentos trágicos, como a perda de uma pessoa amada, perderam a confiança em Deus.

Com convicção proclamai-lhes que eles não devem ignorar que o Senhor está presente, mesmo na pior das situações. Que Ele não desvia sua atenção compassiva, que Ele demonstrou através do coração transpassado de seu próprio Filho.

Dizei-lhes que Sua atenção está voltada à história de cada homem. Sim, dizei-lhes que o coração de Deus transborda de misericórdia, quando seus corações elevam uma súplica.

Engajados no caminho da Misericórdia vosso dever é de ser confiáveis pelo exemplo que dais. Na medida de vossas possibilidades, deveis agir concretamente regulando vossos passos no amor infinito de Deus.

Reportai-vos às parábolas: - do pai que aguarda com desejo ardente o retorno de seu filho; - o paralítico curado; - à mulher acusada de adultério. A outros a quem Jesus disse: “vai e não peques mais”; “a tua fé te salvou”.

Não esquecei que deveis solicitar às pessoas que estão buscando, ajudando-os, a descobrir os traços do Deus da vida, de acolhê-los com amor, estendendo-lhes uma mão firme.

O ambiente mais importante da fé é vossa família. Lá pela vida cristã vivida em conjunto e pela oração participada, o que não é sempre o caso.

“Batei e abrir-se-vos-á”, é por esta razão que, quando vós vos encontrais nos maiores perigos, deveis elevar imediatamente vosso coração para Deus apenas.

Vossa oração deve sustentar constantemente esse esforço. Então somente fareis vossa a recomendação de São Paulo;”Eu insisto antes de tudo para que se faça orações de súplicas, de intercessão e de ação de graças por todos os homens, a fim de que possamos conduzir nossa vida na calma e na segurança, como homens religiosos e sérios”.

Que Deus vos permita, por esta oração veemente, que se abra vosso coração a Ele, e que as portas de cada pessoa no sofrimento e na dúvida se abram de novo, pois Deus está particularmente próximo.

Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria.
Jean, mensageiro da Luz.


VIVER EM DEUS, NO ESPIRITO SANTO (09.03.2007).

Os cristãos agem e vivem como se não cressem no Espírito Santo. No entanto aqueles que são praticantes, todos os domingos professam sua fé, recitando o Credo.

Não estais separados de Deus, pois o Espírito Santo vos une perfeitamente ao Filho, que vos leva ao Pai. Quando rezais e suplicais ao Pai, estais em união com o Filho e isso sempre pelo poder do Espírito Santo. Vossa vida é uma vida em Deus.

Entendei bem, que o tempo da Igreja se refere e se liga ao “que já passou e ao que virá” e contribui dessa forma ao êxito da salvação. A salvação é uma história que se estende sobre vosso percurso e consiste na união da origem ao fim.

Estais próximos de Jesus tanto quanto aqueles que o conheceram em vida. É sempre o Espírito que guia cada geração para enfrentar e tirar proveito de situações novas. É o Espírito que vos leva sem cessar e ao Cristo da vossa fé. Ele continua toda sua ação em vós, marcada pela verdade e pela vida.

Graças ao Espírito Santo, sois portadores de uma mensagem de harmonia, que vos dá a possibilidade de aceitar, que a vida seja discordante e de solucionar todas as tensões e discordâncias. Rezai ao Espírito Santo e descobrireis a verdadeira explosão do amor nas pessoas e coisas, que julgáveis serem ordinárias e mesmo vulgares.

Vós que tendes boa vontade compreendereis, que o tempo presente é particularmente o tempo da esperança, e sabeis, mesmo se não tendes sempre a certeza ou o sentimento, que a esperança jamais decepcionará o mundo. Permanecei nas mensagens de uma boa nova tranqüilizadora, pois o amor age em vossos corações, e o Espírito que a traz, vos incita a acolhê-la.

Mais do que nunca, as verdadeiras linhas da Igreja são os postos avançados da esperança, que são os homens e as comunidades que aceitam ali viver e testemunhar.

A Igreja é o tempo de serviço, ou melhor, ela é o tempo onde é necessário inscrever vosso testemunho na linha da missão do servidor. Mas Cristo preveniu a todos que desejam segui-lo: o servidor não é maior que o mestre.

Cada vez que orais, orai no Espírito Santo que se junta a vosso espírito, essa parte de vós mesmos que o Criador preparou para vós, para que possais acolher o dom que ele vos faz: ficar em Sua intimidade e agir como Ele.

O acolhimento do Espírito Santo, em uma consciência renovada pela união em Cristo, vos assegura uma docilidade nova e vos ajuda a reencontrar vossa liberdade de movimento, que o Espírito suscita em vós, no interior da fé em Cristo.

Tudo aquilo que pode elevar vosso coração, pedi ao Espírito Santo para o realizar, na densidade de vossos dias, em meio aos desafios que se apóiam, às vezes pesadamente, sobre os vossos ombros. Não esquecei de recorrer Àquele que vos introduz em toda a verdade, essa do Filho único.

Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria
Jean, mensageiro da Luz.


POR QUE A VIOLÊNCIA? (15.03.2007)

Mesmo sem querer pensar nela, a mídia não cessa de vos lembrar a dura realidade da violência, que causa estragos no mundo. O que acontece na Palestina, no Iraque, na África e em várias outras regiões vos toca e vos perturba. A folia mortal de alguns gera o sofrimento de uma multidão de inocentes e isso provoca em vós a compaixão e também a revolta.

Por que isso é possível? Porque os homens são indiferentes a esse ponto à vida de um ser humano? A reposta é simples: o demônio desenvolve uma atividade intensa. Mesmo se o sofrimento ou radicalismo de uma ideologia exprime certas violências, a cegueira de um tal ódio vos é insuportável.

A violência não faz parte de Deus como tentam às vezes proclamar certos fanáticos religiosos! Voluntariamente eles se afastam de Deus, lhe recusam sua confiança, ou ainda melhor, o renegam por que eles O supõe responsável pelo mal que atormenta aqueles que eles consideram seus inimigos.

Eles não compreenderam que Deus ama o homem: mesmo aquele que não traz frutos, o Senhor decide guardá-lo ainda. É aí que deve estar enraizada a esperança da humanidade.

No coração da desordem das vossas revoltas, existe essa esperança de que Deus não vos esquece, que Ele está presente, sofrendo, alegrando-se convosco. Vós talvez conheceis mal a Deus, o ridicularizais freqüentemente por vossas mágoas, a vingança ou a indiferença. Jesus vos mostra um Deus diferente.

Desde sempre Deus procura estar próximo do homem, mostrando confiança a respeito por seu caminho de liberdade. Como por Moisés no meio da sarça ardente, Deus vos chama do meio de uma fornalha que é, às vezes, vosso mundo. Ele vos diz seu nome, um nome que não se fecha em uma definição, um dogma, mas é aberto sobre uma relação: Eu sou, Eu existo desde sempre, Eu existo para ti. É este o nome de Deus que vós não conseguireis traduzir corretamente.

Ele vos convida a descobrir esta filiação que Ele partilha convosco, para compreender que este Pai vos dá Sua confiança e vos chama a dar frutos.

Infelizmente, com freqüência, os homens traem essa filiação, traem Seu nome utilizando-o para justificar o que não é dele, o que não é Ele, utilizando seu nome para servir a suas próprias ambições, para sacralizar sua própria concepção do mundo do bem e do mal.

Deus vos conhece, a cada um pelo próprio nome, vos revelando que sois únicos, chamados a viver com Ele uma relação única. Ele vos convida a vos ver, uns aos outros, a ver vosso mundo, com Seus olhos de Pai.

As violências, das quais sois testemunhas, os sofrimentos que participais com as vítimas dessas violências, tudo isso pode fazer-vos duvidar da vossa filiação divina. Entretanto os homens se revoltam e recusam essa violência, saem às ruas para lhes dizer que isso já é um sinal de esperança, um sinal que deve vos impulsionar a crer também no homem e não somente em Deus.

Não deixai que a desesperança vos envolva, que nada pode impedir Deus de vos amar e, sobretudo, que Ele vos crê capazes de fazer o mesmo. Em nome de Deus, é aí que está vossa dignidade.

Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria
Jean, mensageiro da Luz.


COMO O CEGO RECOBRA A VISÃO

Quando o cego da Bíblia afirma “agora eu vejo” é uma exclamação de alegria que jorra do coração desse homem! Esse homem suspeito de estar no pecado desde seu nascimento nasce para uma vida nova. Jesus o curou de seu mal. Seu coração está tomado de reconhecimento!

Experimentai caminhar no escuro! Isso vos será difícil. Tateareis e tentareis evitar os obstáculos, tudo será confuso. Perdereis toda referência e arriscareis de vos machucar.

Nesse homem que anda no escuro, Jesus vem colocar uma luz. Uma luz que abre seus olhos. Essa luz lhe permite andar direito.

A luz é essencial a cada um de vós para sair dessa escuridão que habita em vosso mundo, essa escuridão pode envolver uma enfermidade, uma condenação, uma separação, uma guerra e mesmo uma dúvida.

Em cada homem há sempre uma ferida, que ele suporta com dificuldade. Porque o mundo acolhe tão mal um ser diferente por sua língua ou sua cultura ou sua limitação?

Jesus não só curou esse pobre cego, mas Ele quer também curar a humanidade. Deus quer sempre criar caminhos para que a vida dos homens reencontre luz e paz. Os caminhos Ele os inventa convosco. Não são caminhos fora de vossas vidas, mas bem concretos, lá onde ainda falta um lugar para alguém.

Jesus não hesitou nenhum só segundo, como Ele não hesita em parar e tomar tempo para curar o cego com o lodo, formado pela mistura de poeira e sua saliva. Dessa forma Jesus recriou esse homem, Jesus vai onde seu amor o conduz, em direção desse homem perdido na noite, como vós que neste momento procurais o bom caminho.

A quem ireis encontrar em vosso caminho? Tereis a coragem de parar? Qual é o gesto e qual seria a palavra que poderia nascer em vós ao passar por um homem que está na escuridão, vós o orientaríeis para mostrar a ele a direção certa?

Para vós a lâmpada não está extinta, não andais mais na escuridão. Vós vedes as marcas, vós vedes as pessoas, e vós vedes o espaço vazio.

Vosso olhar deve ser como o de Jesus. Vós parais para o outro, pois não sendo cegos, vedes sua angústia e seu sofrimento. Vós quereis para ele a vida e que ele possa ter um espaço para existir com a sua diferença! Vós vereis nele sua riqueza!

Por vosso apego a Cristo podeis hoje sarar. Deixai vossos hábitos para encontrar um caminho novo com o outro, mesmo que seja aquele ou aquela que pode vos machucar, vos desprezar vos declarar guerra. O amor por vosso próximo se transformará, através de uma proclamação pela paz! Ela criará um mundo novo.

A luz do Cristo vem sem cessar colocar-se lá onde ainda há noite. Vossa tarefa é sublime, ela é grande como a humanidade. Felizmente ela vem tomar lugar onde justamente falta lugar. Que ela brilhe em cada um de vós como ela brilhou no cego de nascença. Não sois vós todos mendigos da luz?


Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria
Jean, mensageiro da Luz.


Fonte: www.recadosaarao.com.br



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.697.574
Visitas Únicas Hoje: 543
Usuários Online: 181