Espacojames



Página Inicial
Listar Artigos Site Aarão




Artigo N.º 1593 - ÓDIO E DOMÍNIO
Artigo visto 2876




Visto: 2876
Postado em: 13/05/09 às 19:12:50 por: James
Categoria: Artigos Site Aarão
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=50&id=1593
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Site Aarão


No texto anterior, nós mostramos aos amigos a forma obsessiva com que pesquisadores de satanás buscam controlar as mentes humanas. Muito se tem falado sobre a “marca da besta”, e se tem afirmado que ela é nada mais que um “microchip” instalado nas costas da mão direita, ou na testa das pessoas, que permitirá tanto o monitoramento delas, como também a sua manipulação artificial, fazendo-as autômatos obedientes, ou induzindo-as a comportamentos desejados pelo inferno. Naturalmente que, se provocados de forma artificial e enganosa, não levarão à perda eterna das pessoas. O Bom Deus nunca permitiria uma tal coisa. É preciso que elas queiram deliberadamente trabalhar para satanás para serem condenadas, como está no livro do Apocalipse.

Nas semanas que passaram, saiu a reportagem de uma jovem modelo indiana que aceitou colocar o microchip em sua testa (Ap 13, 16) e ela o usa como enfeite. Estas coisas são feitas para induzir comportamentos, permitindo que os artífices de satã façam cumprir as profecias apocalípticas. Na realidade, o microchip nas costas da mão já está sendo implantado e permite sim o monitoramento das pessoas, mas também – de forma escondida e asquerosa – prepara o homem a fim de controlar a humanidade, pela demolição da personalidade. Isso não é dito para as pessoas que os colocam no corpo.
 
     Neste artigo, vamos mostrar as técnicas de destruição da raça humana que estão sendo testadas ou em uso. Sabemos que é objetivo do futuro Governo Mundial reduzir drasticamente as populações da terra, até no máximo um bilhão de pessoas. Eles julgam que este um bilhão será suficiente como escravos, para extrair e produzir toda a riqueza da terra, sendo os outros cinco bilhões consideradas bocas inúteis. Mas não é fácil matar cinco bilhões de seres humanos, porque eles gritarão e se revoltarão. Sim, se tiverem técnicas para calar a boca deles, será fácil. E satanás induziu já mentes pervertidas, que preparam meios fáceis de matar 5/6 partes dos homens. Vejamos um monstro destes:
 
A TECNOLOGIA TESLA – A arma mais aterrorizante que a mente humana jamais imaginou... Nikola Tesla (1857-1943) nasceu em Smitjan (Lika), parte da antiga Iugoslávia.  Em  1884, ele veio para a América e naturalizou-se. Em 1899, Tesla montou um experimento no laboratório do Colorado Springs, onde desenvolveu um método de transmitir poder a longa distância sem fios e a qualquer velocidade, até a da luz. Como resultado destes experimentos, Tesla descobriu métodos de criar alterações massivas no clima pela eletricidade. Ele descobriu o princípio do campo magnético rotatório, aplicando-o na indução do motor elétrico. (Está nos mesmos sites do artigo anterior)
 
Em 1912, ele afirmou numa entrevista que seria possível partir o planeta ao meio, pela combinação de vibrações com a ressonância correta da própria Terra. Tesla sentenciou: "Dentro de algumas semanas, eu poderia colocar a crosta da Terra num estado de vibrações que levantaria e abaixaria centenas de metros, lançando rios fora de seus leitos, ruindo construções e praticamente destruindo a civilização. Esta tecnologia Tesla é usada para produzir terremotos”. (Isso já está sendo usado ) A invenção poderia ser usada com efeito destrutivo na guerra." Ondas gigantescas de magnitude total acumulada desconhecida poderiam ser formadas em questão de segundos! Em 18/maio/1977, os soviéticos assinaram um acordo com os EUA e outros 29 países, prometendo não atacar um ao outro por tempestades artificiais, por terremotos ou ondas gigantes.
 
     Mas quem vai acreditar na promessa de comunistas ateus? Evidências de 23/09/77 mostraram que os Soviéticos seguiram usando as técnicas científicas de Nikola Tesla em seus ataques climáticos contra a América.
 
A Rússia é o principal pesquisador mundial da tecnologia Tesla e desenvolveu uma arma de raios mortíferos por emissão de partículas pulso (ou onda contínua) pode ir a todo lugar onde há gravidade. Penetra tanques, refúgios subterrâneos e veículos blindados. Não há lugar para se esconder. Os cadáveres não se decompõem mesmo passados 30 dias. Os soviéticos empregaram esta arma no Afeganistão, aparentemente nos bicos de alguns dos seus helicópteros. Eles lançaram depois foguetes de gás nervoso, para camuflar os testes com seu raio mortífero. A morte do ser humano é peculiar  e vem instantânea e totalmente. Não há convulsão nem resposta. Todo o sistema nervoso é destruído instantaneamente. Toda célula viva no corpo é morta, incluindo todas as bactérias.
 
Em 1934, Tesla disse que “seu raio estava baseado num princípio inteiramente novo da física, e poderia destruir 10.000 aviões a uma distância de 375 km, poderia fundir qualquer motor, mesmo alimentado a diesel ou gasolina ou querosene, e que não havia defesa possível contra ele.”. O General George Keegan, aposentado da Chefia de Inteligência da Força Aérea, se dedicou a avisar ao povo americano sobre o imenso perigo da arma soviética de partículas, mas encontrou grande resistência da Fundação Rockefeller (uma das cabeças da besta negra – a Maçonaria) que controla o Pentágono. 
 
Na realidade, por mais de uma década, os russos têm manipulado o clima sobre os EUA e outras partes do mundo, utilizando esta tecnologia. A atividade de tempestades violentas de raios pode ser induzida e dirigida para formar grandes tornados. Bem como secas (El Niño 1982-83) e inundações severas também podem ser induzidas. Adicionada a choques biológicos, esta tecnologia pode ser usada para muitos outros fins, como: influenciar e controlar o clima, provocar explosões eletromagnéticas terrestres e marinhas, semelhantes a explosões nucleares mas sem o efeito da radiação, o que poderia exterminar populações inteiras, sem afetar a vegetação e os equipamentos, matar pessoas pela destruição do seu sistema nervoso e até das células (a pistola de raio mortífero), estragar extensas plantações por secas ou frios intensos ou oscilando entre ambos, criar ondas gigantescas e terremotos em áreas distantes por choque entre as placas tectônicas, ataques a navios e submarinos por correntes marinhas, colapsar redes elétricas de abastecimento – os atuais e tão freqüentes apagões!
 
Em 28/01/86 a Challenger explodiu. Um tempo frio anormal na Flórida com padrões especializados de nuvens gigantes radiais (...) foram observadas e fotografados vários dias antes do acidente. Na manhã do acidente, altas freqüências foram captadas. Os cérebros de pequenos pássaros são muito  sensíveis a estas altas freqüências, devido ao seu pequeno diâmetro. Os noticiários notaram que os pássaros estavam sobrevoando a área, algo que não havia acontecido antes. Na hora do acidente, um padrão de nuvem radial gigante estava na vizinhança, criando turbulência do ar e fenômenos eletromagnéticos ocorreram nos restaurantes vizinhos. Poucos dias depois, um grande número de pássaros de espécies diferentes sobrevoou a área e caiu morto do céu.
 
Entre outubro e novembro/1986, padrões significativos de nuvens gigantes radiais, associados à engenharia climática russa, foram novamente vistos e fotografados sobre a Califórnia (costa oeste). Uma tempestade anormal de inverno estava se formando, com ar frio soprando do Canadá. Ao mesmo tempo, os recordes de calor foram quebrados na Flórida (costa leste). O campo eletrogravitacional da Terra estava agitado e muito dinâmico (a atividade cai pela metade quando os russos induzem um terremoto!).
 
     OBS: Com estas tecnologias, os russos estão conseguindo produzir atos criminosos do maior quilate em muitos países, sem que os povos percebam a realidade e atribuam tais fatos ao clima adverso, ou falhas naturais. Mentira! A destruição do projeto espacial Challenger, me faz lembrar também a destruição inexplicável da base brasileira de Alcântara no Maranhão. Ela, sem dúvida, estava atrapalhando as bases russas e os projetos deles de colocação de satélites em órbita. E se você me perguntar porque os EUA, que sabem com certeza que foi a Rússia a responsável pela explosão de seu projeto, e lhes direi: os americanos – a besta negra que comanda a ambos por trás – quer isso mesmo.
 
     Imaginem, então, uma arma que mata as pessoas instantaneamente, e que desfaz todas as células do organismo, de tal forma que até as bactérias que nele vivem também morrem. E tais armas podem ser disparadas de longas distâncias, sem qualquer risco para o atacante, e sem possibilidade alguma de defesa por parte do atacado. Além, disso, seus raios desintegradores penetram até mais de 400 metros terra adentro, matando toda a vida que ali se encontra. Com isso, nas cavernas mais profundas, os homens estariam seguros. Esta a invenção de um monstro chamado Nikola Tesla.
 
     A técnica de Tesla se baseia em desintegrar as ondas de ressonância já existentes e  normais aos seres vivos - a chamada “Ressonância Schumann” - de modo a quebrar a mecânica da perfeição divina. Digamos, seria usar a força de Deus, infundida na Criação e nas criaturas, contra elas próprias. Significa quebrar a harmonia das vibrações poderosas, das forças descomunais que mantêm o Universo funcionando em harmonia. Imaginem uma cantora soprano: um agudo e os cristais se partem.... Ora, se isso pode ser feito pela voz humana, imaginem por uma máquina bilhões de vezes mais poderosa! Ela, sem dúvida, derrubaria edifícios e arrasaria cidades inteiras, colocaria ao chão as pontes, partiria represas, provocaria terremotos assustadores da maior magnitude e outras alterações gravíssimas, também em relação aos habitantes daquelas regiões. É isso que Tesla descobriu: como alterar o plano de Deus a respeito do Universo.
 
     Já em 1950, o professor Schumann descobriu que a terra é envolvida e ritmada por uma pulsação eletromagnética “ressonância de Schumann”, que determina o ritmo de toda a vida na terra. Todos os seres vivos, humanos, animais e plantas, somente podem viver sem problemas dentro do alcance destas pulsações, fora delas a vida é impossível. No artigo O Tempo Voa, já mostramos como isso pode aumentar ou diminuir o tempo do dia, de modo que Deus já fez encurtar o dia que há 50 anos atrás era de 24 horas, para um equivalente a apenas 16 horas. Isso já é provado pela Ciência, através do próprio “medidor de ressonância de Schumann”! Mas se alguém conseguir interferir nestas ondas normais, poderá também eliminar toda a vida do planeta. Vejamos este projeto diabólico:
 
PROJETO HAARP > Criado em 1995, pela CIA, NSA e ONR, sediado no Alaska em Gakoma, utiliza as freqüências UHF e VHF criando campos de ressonância eletromagnética de 1,1 GHz na atmosfera para alterar o DNA e o comportamento humano. Apesar do seu nome parecer indicar, que o seu objeto é o inofensivo estudo das auroras boreais, segundo informações prestadas pela marinha e força aérea dos EUA, o Projeto HAARP - HIGH FREQUENCY ACTIVE AURORAL RESEARCH PROGRAM foi inicialmente concebido para melhorar as comunicações com submarinos através dos sistemas ELF . Veja este artigo: 
 
http://www.revistafusion.com/2003/mayo/repor116.htm > PROGRAMA HAARP, o clima como arma de guerra. Autor: Marta Iglesias > O Parlamento Europeu, a Duma russa e científicos, médicos e defensores do meio ambiente de todo o mundo estão unidos na mesma preocupação: o Programa HAARP. Este projeto norte-americano oficialmente pesquisa a ionosfera, mas seus responsáveis diretos são as Forças Armadas dos EUA, o que faz crer que os objetivos são militares. Suas possíveis utilizações vão desde alterar o clima a interromper todas as comunicações.
 
A indústria bélica norte-americana está determinada a modernizar seu armamento e introduz elementos desconhecidos até o momento, como o disparo de radiação eletromagnética. Nos EUA, a Dra. Rosalie Bertell declarou que "a capacidade da combinação HAARP/Laboratório espacial/Foguete espacial, para produzir quantidades muito grandes de energia - comparável a uma bomba atômica - em qualquer parte da terra por meio de feixes de laser e partículas é aterrorizante”. O HAARP é um conjunto de antenas emissoras de ondas, e um transmissor de potência, que se encarrega de enviar ondas de alta e baixa freqüência à ionosfera.
 
Esta capa da atmosfera atua como um espelho, devolvendo-as à superfície terrestre, convertidas nas ondas mais baixas do espectro eletromagnético. Com este sistema pode-se emitir comunicações além do horizonte sem necessidade de recorrer aos satélites, melhorar as comunicações com os submarinos – pois as ondas de baixa freqüência são transmitidas facilmente na água – fazer prospecções petrolíferas ou de jazidas minerais, ou detectar aviões ou mísseis que voem baixo. É tudo verdade e corresponde à versão oficial norte-americana, mas as mentes científicas e políticas apontam outros possíveis usos por trás deste programa. Sem ir muito longe, todas estas capacidades utilizadas como arma de defesa poderiam aniquilar todas as comunicações, inimigas e próprias.
 
 Ofensivamente inclinariam a balança na hora de invadir um país, depois de saber que tem poços petrolíferos ou minerais ainda sem extrair. Mas, sem dúvida, a conclusão mais alarmante dos meios científicos é que este sistema pode alterar o clima, e se isto se pode fazer de maneira controlada, utilizá-lo como uma arma. Desta maneira, podem produzir tempestades, secas ou furacões para arruinar um país. O funcionamento dos aquecedores ionosféricos, que utiliza o HAARP, compara-se a um grande forno microondas:
 
Ao disparar a zonas baixas, produz-se um aquecimento da atmosfera baixa, seria um aquecimento local e faria com que a água contida em todos os seres vivos expostos, se aquecesse e se produziria a morte. Um aquecimento na atmosfera alta é imprevisível, porque estaria provocando desde uma alteração local do clima até alterar as propriedades de 'filtro' da atmosfera. Com isso, os raios cósmicos que vêm do espaço não seriam mais filtrados na ionosfera, e chegariam com sua radiação à superfície da terra. Para muitos cientistas, os testes do HAARP seriam responsáveis pela mudança climática do El Niño, os aerólitos ou inclusive a onda de calor que fez a temperatura em Melilla (cidade espanhola ao N da África) subir de 20 a 40 graus em 5 minutos.(...)
 
Alterações mentais > Uma emissão de ondas de baixa freqüência tem grande efeito no cérebro de todas as espécies do planeta. Um documento da Cruz Vermelha Internacional adverte sobre os efeitos negativos da energia irradiada e indica as bandas de freqüência que as produziria. Estas se correspondem àquelas que pode transmitir o HAARP. A propósito, os EUA afirmam que um dos usos do HAARP é localizar jazidas minerais sob a terra e, para isso, a freqüência necessária é a mesma que produz transtornos na mente humana, que vão desde a desorientação, ao despertar de capacidades pára-normais.
 
Para fazermos uma idéia da influência das ondas na mente humana devemos relembrar dos estudos que o professor Schumann fez nos anos 50, que constatavam que há um efeito de ressonância entre a terra, o ar e a ionosfera, cujas ondas vibram na mesma freqüência que as ondas cerebrais humanas e de todos os mamíferos. Estas chamadas Ondas Schumann são fundamentais para a vida e, quando faltam, produzem graves problemas de saúde, como ocorria com os astronautas antes da instalação dos geradores artificiais destas ondas nas naves.
 
Sem estas ondas produzem-se dores de cabeça, enxaquecas, devaneios e desajustam-se os batimentos cardíacos... A alteração das mesmas produz efeitos mais graves. Nos animais, um dos efeitos imediatos seria a alteração das rotas de migração de aves e peixes, ao influir sobre os campos de energia sobre os quais se guiam. O HAARP tem a capacidade de danificar a mente de populações inteiras, utilizando ondas de freqüência muito baixa, segundo a Duma russa.
 
Se forem certas todas estas informações, espera-nos um futuro negro. Uma única potência poderia dominar todos os sistemas de comunicação, alterar o clima e as mentes humanas, seria capaz de gerar uma guerra para fazer-se dona de recursos minerais ocultos e agiria sem escrúpulos na hora de enganar os cidadãos do mundo sobre suas verdadeiras intenções. Até onde o ser humano inescrupuloso pretende estender o seu domínio? O avanço científico não garante nem o progresso humano, pois isto depende da sociedade e da política, enfim dos princípios éticos das pessoas.
 
     Vamos agora explicar com termos práticos. HAARP é na realidade um pavoroso sistema de domínio, que se posto em prática permitiria aos detentores dele dominar facilmente a todas as nações, em questão de minutos. Eles descobriram que é possível concentrar energia e canalizá-la para a ionosfera. Esta camada de proteção da terra forma como que um espelho refletor. Então um feixe de radiações é enviado para o alto e retorna ampliado para a terra, na posição exata que eles querem atingir. Que acontece? Em 2 minutos, todas as pessoas que residem debaixo do foco daquele raio, começam a correr desnorteadas. Em menos de 5 minutos, o sangue lhes começa a ferver nas veias, e elas explodem, morrendo em massa, e isso sem derrubar um só prédio.
 
     A propósito, sabemos que os americanos estão construindo uma base militar no Paraguai. Que tal controlar dali todo o Cone Sul? Vejam, com esta máquina de raios e de vibrações eletromagnéticas de baixíssima freqüência, digamos que eles queiram controlar São Paulo ou Buenos Aires! Basta que direcionem o canhão para estas cidades – de lá mesmo do Paraguai – e em menos de 5 minutos a cidade inteira, com seus milhões de moradores, estará de joelhos. E podem controlar as mentes deles, sem que as pessoas consigam qualquer misericórdia e socorro, obrigando-os a cumprir seus sórdidos desejos, sendo controlados de forma inimaginável. Tanto podem apenas controlar, quanto matar. Países se obrigarão a render-se, e seus governantes e exércitos se tornarão impotentes!
 
     Eles podem, por exemplo, lançar um ultimato à nação brasileira, exigindo que ela se dobre a tudo o que os dominadores quiserem, sob pena daquele raio mortífero. Com isso podem nos roubar os recursos minerais, as florestas, a água, as plantações, até porque os tais raios conseguem provocar secas em locais desejados – veja a seca lá no coração da Amazônia, onde já se viu isto? – com também destruir todas as plantações, pois toda a vida animal e vegetal pode ser eliminada, dependendo da freqüência das emanações. Eles já podem estar usando isso. E ninguém desconfia dos autores. Como provar?
 
     Num dos artigos que li, foi noticiada a certeza de que eles não sabem o que fazem. Os artífices do mal vão testando devagar, vão sondando, vão aplicando sobre regiões, sobre colheitas e povos, depois fingidamente se apressam a ir a estas regiões como cientistas, para ver os estragos e danos causados pela arma. Mas um confidente americano, destes que tenho mostrado extratos no site, disse recentemente que grande parte dos estragos causados no clima da terra deve-se a este sistema diabólico, que mexe com as mais altas camadas da atmosfera. O próprio pólo magnético da terra está sendo desviado dos EUA para a Sibéria e isso desorienta toda a vida no planeta. As aves começam a nidificar antes do tempo, as plantas florescem fora de época, e tudo foge do controle natural.
 
    Naturalmente que os efeitos perniciosos destas armas são irreversíveis. Depois que o clima desanda por completo, eles não sabem – talvez nem queiram – desfazer os efeitos malignos que isso causa. E também com certeza, se tais máquinas afetam plantas, aves, insetos e animais, também afetam ao homem. E da mesma forma como vimos no texto anterior sobre o controle da mente, vemos que este sistema também afeta diretamente a mente humana, porque podem induzir povos à loucura. Os argentinos desconfiam que as chuvas torrenciais que caíram em algumas de suas regiões devem-se a fatores externos, pois veio uma missão do Pentágono “examinar” os resultados?! Desde quando o ele se envolve em missões humanitárias e se preocupa com vítimas de desastres naturais?
 
    Numa guerra contra qualquer país, eles poderiam simplesmente imobilizar ou fulminar todo o exército adversário, ou ainda fazer com que voltem as armas contra seus próprios companheiros. Aliás, isso está profetizado por Zacarias que diz: Naquele dia, semearei o pânico no meio deles, de sorte que se atacarão mutuamente, e levantarão as mãos, uns contra os outros (14, 13). E como são nações diferentes que detêm tais armas, é certo que o feitiço virá contra o feiticeiro, porque como disse o inventor desta malignidade “não existe proteção contra esta arma”. Eis aí então o motivo pelo qual sempre dizemos que é preciso, sim, que Deus intervenha a tempo, não permitindo que os malditos ponham a funcionar todos os 36 pontos estratégicos que estão construindo, o que mataria a todos.
 
     Temos aí então, um resumo das “armas sem ruído”, que seriam usadas pelos homens por volta do ano 2000, como disse em 1939 o vidente argentino Benjamim Parravicini. Em 1997 um general americano confidenciou que “já no primeiro trimestre do ano 2000, nós conseguiremos localizar e dar um tiro em qualquer coisa que se mova na terra”, o que nos leva ao homem, é a ele que se destinam os tiros. Enfim, eu não poderia deixar de mostrar ao leitor, uma última e demoníaca arma dos condutores da destruição, num projeto chamado ECHELON, que visa o controle de todas as comunicações da terra, seja por que meio eletrônico for - telefones fixo e móvil, facsimile, e-mail e internet. Trata-se de algo monstruoso, que não leva em conta o direito, nem a privacidade e que burla todas as leis e tratados internacionais, mas não pode ser detido.
 
     Este projeto, também americano, tem a sede numa localidade da Austrália chamada Pine Gap, onde foram construídas instalações poderosas, dotadas de antenas capazes de varrer – junto com os satélites – todas as comunicações da terra, algo superior a 200 bilhões de informações por dia. Seus monstruosos computadores armazenam e podem processar e examinar todos estes dados, a partir de qualquer palavra chave. Na realidade, existem dezenas de satélites, em baixa órbita da terra, que captam estas informações. Mas, antes mesmo que cheguem ao destino, as máquinas do Echelon as interceptam.
 
     Para terem uma idéia, o departamento americano, que controla tudo isso, tem mais de 20 mil funcionários, o inglês 15 mil, entre técnicos em todas as áreas, jornalistas, analistas de sistema, eletricistas, cientistas, pessoal de espionagem e inteligência, capaz de triar todos os dados conforme um padrão. Eu não duvidaria nada, por exemplo, que à medida que estou aqui escrevendo este artigo, cada vez que eu escrevo esta palavra – ECHELON – imediatamente eles estejam sabendo, antes mesmo de eu haver colocado o artigo no meu provedor na internet. De fato, se eles controlam já as TVs, pelo cabo neutro da energia, imaginem o que não farão tendo acesso ao próprio fluxo de energia.
 
     Alguns artigos que li sobre este assunto, falam que eles conseguem captar já o fluxo de informações, a partir dos próprios cabos, e mesmo cabos nos submarinos, que ficam a grande profundidade, podem ser lidos. Isso inclui toda a telefonia da terra, até mesmo o fax, também as ondas de TV, de rádio e de internet. Aliás, a internet é um baldaquim de satã, ali ele deita e rola. Tudo é aberto. Existem assuntos que se você for pesquisar, não será demais o Google, em frações de segundos, lhe colocar na tela um milhão de referências. Nem num ano inteiro de leitura, se conseguiria varrer todos os assuntos de um tópico destes. Eles controlam assim todos os sites da terra! Palavra por palavra!
 
     Com isso mostramos que se acabou a privacidade. Eu nem duvido mais que máquinas leiam as correspondências, sem abrir envelopes, nem que nossa conversa entre amigos esteja sendo gravada em algum lugar, mesmo que estejamos a quilômetros distantes de uma antena. E isso nos mostra que estamos já reféns de satanás, ele quem comanda a toda esta gente. Mas como digo, Deus é Maior e agirá no momento oportuno.
 
      De fato, estas armas deles serão usadas contra eles próprios. Destruir-se-ão por si só, sem que os bons precisem fazer outra coisa que contar as contas de seu Rosário. Basta isso, e não precisamos temer nada, porque sem a vontade de Deus, nenhum fio de cabelo de nossa cabeça será tocado, quanto mais nosso corpo, quanto mais nossa alma. E só ela importa! (Aarão)


recados.aarao.nom.br



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.693.191
Visitas Únicas Hoje: 397
Usuários Online: 156