Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 7808 - JOÃO PAULO II CONTINUA EVANGELIZANDO
Artigo visto 2234 vezes




Visto: 2234
Postado em: 10/05/11 às 21:43:16 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=7808
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Análise da beatificação feita pelo porta-voz vaticano

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 9 de maio de 2011 (ZENIT.org) - A beatificação de João Paulo II, que atraiu um milhão e meio de fiéis e que foi acompanhada por canais de televisão do mundo inteiro, constituiu uma "poderosa volta" do Papa Karol Wojtyla, que deste modo continua sua obra de evangelização do céu, constata o porta-voz da Santa Sé.

Para explicar como foi possível este fenômeno, o Pe. Federico Lombardi SJ, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, cita as palavras do cardeal Stanislaw Dziwisz, secretário de Wojtyla durante 40 anos, quem, na vigília de 30 de abril, no Circo Máximo de Roma, disse: "Quando eu vi o caixão que continha o seu corpo tirado do túmulo aberto, pensei: ele está novamente entre nós!".

No editorial de "Octava Dies", o Pe. Lombardi explica como estas palavras do atual arcebispo de Cracóvia expressam "os sentimentos que invadiram o coração dos que estavam presentes nesse momento, e também daqueles que quiseram, mais umas vez, desfilar comovidos junto aos restos mortais do novo beato na Basílica, junto ao túmulo de Pedro, como aconteceu nos dias da sua morte".

"Certamente, para os crentes, João Paulo II continuou sempre vivo e presente, mas não se pode negar que os dias da beatificação constituíram uma poderosa volta em meio ao povo de Deus, em oração e festa", reconhece o porta-voz vaticano.

"Por isso foram dias de graça. E assim compreendemos os significados e a importância de cada beatificação, mas em particular dessa, na vida da Igreja Católica", esclarece.

O sacerdote continua, constando que, "entre a multidão que permanecia, desde a noite anterior, à espera de aproximar-se da Praça de São Pedro, havia muitas famílias jovens, com filhos nascidos nesta década, filhos que certamente não conheceram o Papa Karol Wojtyla, mas que são herdeiros das gerações dos ‘seus jovens".

"João Paulo II era consciente de que tinha a missão de introduzir a Igreja no terceiro milênio e, no final do Grande Jubileu, disse a todo povo de Deus: ‘Duc in altum!, rema mar adentro! A Igreja se adentra no mar profundo do terceiro milênio, mas sabe que pode contar com o apoio de um intercessor eficaz, que a convida a não ter medo", sublinha o Pe. Lombardi.

E conclui com a súplica a João Paulo II que Bento XVI improvisou ao terminar sua homilia na beatificação: "Continua sustentando, do céu, a fé do povo de Deus. Muitas vezes nos abençoaste. Hoje te rogamos: Santo Padre, abençoa-nos!".


Fonte: http://www.zenit.org/article-27913?l=portuguese





LEIA TAMBÉM
Jim Caviezel: Ser Jesus no filme A Paixão “arruinou minha carreira”, mas não me arrependo
STF-regulamenta união estável homossexual.
O grande milagre de João Paulo II: O fim do comunismo
JOÃO PAULO II JÁ REPOUSA NA CAPELA DE SÃO SEBASTIÃO
MORTE DE BIN LADEN: “CRISTÃOS TÊM DE SER PROTEGIDOS”
PÁSCOA VIOLENTA NA ÍNDIA
JOÃO PAULO II, HOMEM QUE "VIVIA DE DEUS"
BISPOS TEMEM REPRESÁLIAS PELA MORTE DE BIN LADEN
A BEATIFICAÇÃO MAIS LOTADA DA HISTÓRIA



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.146.069
Visitas Únicas Hoje: 477
Usuários Online: 356