Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 6220 - Abusos sexuais: Igreja não vigiou suficientemente, reconhece Papa
Artigo visto 1825 vezes




Visto: 1825
Postado em: 16/09/10 às 19:37:35 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=6220
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

ABUSOS SEXUAIS: IGREJA NÃO VIGIOU SUFICIENTEMENTE, RECONHECE PAPA

Na coletiva de imprensa rumo à Escócia

EDIMBURGO, quinta-feira, 16 de setembro de 2010 (ZENIT.org) - A Igreja não vigiou suficientemente para prevenir e responder aos casos de abusos sexuais de clérigos, reconheceu Bento XVI hoje, no avião que o levava a Edimburgo para começar sua visita ao Reino Unido.

O Papa respondeu a uma das perguntas formuladas pelos jornalistas na costumeira coletiva de imprensa, na qual constatou a perda de confiança dos fiéis como consequência dos escândalos que vieram à tona nos últimos anos.

Um choque

Em primeiro lugar, confessou o Papa, "tenho de dizer que estas revelações foram um choque para mim, são uma grande tristeza".

"É difícil entender como foi possível esta perversão do ministério sacerdotal", reconheceu.

"O sacerdote, no momento da ordenação, preparado durante anos para este momento, diz ‘sim a Cristo para tornar-se sua voz, sua boa, suas mãos, e servi-lo com toda a sua existência, para que o Bom Pastor, que ama, que ajuda e que guia à verdade esteja presente no mundo."

"É difícil compreender como um homem que fez e disse tudo isso pode depois cair nesta perversão - acrescentou. É uma grande tristeza; uma tristeza também o fato de a autoridade da Igreja não ter sido suficientemente vigilante, veloz e decidida para tomar as medidas necessárias."

Por este motivo, o Sucessor de Pedro considera que "estamos em um momento de penitência, de humildade, de renovada sinceridade, como escrevi aos bispos irlandeses".

"Acho que agora devemos viver precisamente um tempo de penitência, um tempo de humildade, renovar e aprender novamente a sinceridade absoluta", considerou.

As vítimas, primeiro interesse

O Bispo de Roma falou depois sobre a maneira como a Igreja deve atender às vítimas desses abusos.

"Como podemos reparar? O que podemos fazer para ajudar essas pessoas a superar este trauma, a reencontrar a vida, a reencontrar também a confiança na mensagem de Cristo?", perguntou-se.

E respondeu: "Atenção, compromisso com as vítimas é a primeira prioridade, com ajudas materiais, psicológicas e espirituais".

Os culpados

Depois, apresentou-se o problema de como reagir diante das pessoas culpadas por estes delitos; o Pontífice propôs, antes de tudo, que lhes seja aplicada "a justa pena" e que sejam excluídas "de toda possibilidade de contato com os jovens".

"Sabemos que isso é uma doença - esclareceu -, que a vontade livre não funciona onde há uma doença e, portanto, devemos proteger estas pessoas de si mesmas e encontrar a maneira de ajudá-las e excluí-las de todo acesso aos jovens."

Por último, considerou que é necessário dar toda a importância necessária à "prevenção e educação na escolha dos candidatos ao sacerdócio", ou seja, é preciso "estar atentos para que, segundo as possibilidades humanas, sejam excluídos casos futuros".


Fonte: zenit.org





LEIA TAMBÉM
APELO DO PAPA PELA PAZ NA ÍNDIA, AFEGANISTÃO E PAQUISTÃO
Site votopelavida.com denuncia PT e promoção do aborto
Confessor da Madre Teresa: Era o lápis na mão de Deus
Bebê volta à vida com o abraço da mãe
Superbactéria sul-asiática faz a primeira vítima
Cientistas: superbactéria é "bomba relógio" e exige ação global
SEGREDO DO CRISTÃO: MISERICÓRDIA DE DEUS, AFIRMA BENTO XVI
CALIFÓRNIA NA BATALHA PELO “CASAMENTO” ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO
A Réplica do Templo de Salomão em São Paulo Ganha Pedra Fundamental



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.076.968
Visitas Únicas Hoje: 53
Usuários Online: 251