Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 4918 - A confusão entre pedofilia e efebofilia
Artigo visto 2089 vezes




Visto: 2089
Postado em: 16/04/10 às 18:24:31 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=4918
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Conta o professor Tonino Cantelmi, psicoterapeuta e especialista em psiquiatria


Por Mirko Testa

ROMA, sexta-feira, 16 de abril de 2010 (ZENIT.org).- A origem da tempestade da mídia que caiu sobre o secretário do Estado do Papa, cardeal Tarcisio Bertone, é uma simplificação, muitas vezes alimentada pelos meios de comunicação, que fazem confusão entre pedofilia e efebofilia.

 

Disso está convicto o professor Tonino Cantelmi (foto acima), que é presidente da Associação Italiana de Psicólogos e Pisiquiatras Católicos (AIPPC), e ensina Psicopatologia na Pontíficia Universidade Gregoriana de Roma.

Em declarações a ZENIT, o psicoterapeuta aponta os agentes informativos como causadores, em parte, do equívoco: “A confusão feita ao comparar a pedofilia com a homossexualidade, creio eu, que parte disso diz respeito a vocês, jornalistas.”

“Muitas vezes lemos: sacerdote acusado de pedofilia por ter abusado de um menino de 13 anos. Mas isso não é pedofilia!”, afirmou.

“Certamente - acrescentou Cantelmi - o cardeal Bertone se referia à efebofilia, ou seja, à atração sexual por adolescentes, com idades entre 11 e 17 anos”.

“E os abusos cometidos por membros do clero têm a ver principalmente com as crianças pós-púberes, e têm como protagonistas pessoas homossexuais”, explicou.

“Por honestidade, devemos dizer que a pedofilia não tem nada a ver com a homossexualidade – continuou. A pedofilia é uma doença, uma perversão grave que não está ligada à orientação sexual”.

Além disso, continuou, “a causa da pedofilia não é o celibato. O que desencadeia a pedofilia é um transtorno da personalidade que na maioria das vezes é narcisista, maligno, ligado as pessoas muito manipuladoras, de perfil antissocial e sádico”.

O professor Tonino Cantelmi afirmou ainda que a comunidade científica internacional é unânime sobre esse ponto: “não há nenhuma prova que possa demonstrar que o celibato está na origem da pedofilia. O celibato não tem relação com isso”.

“Tanto é que, dos 10.000 pedófilos ativos na Itália, a maior parte está formada por heterossexuais e por pessoas que têm família”, concluiu.

 


Fonte: zenit.org





LEIA TAMBÉM
O imbecil coletivo no ataque à Santa Igreja Católica
Santo Sudário “remete ao amor infinito de Jesus”
O enigma da face de Jesus - véu de Verônica
Arcebispo Ravasi: Papa quer diálogo com os pensadores ateus
Ivan Lessa: Voz de prisão ao Papa
Abaixo assinado em apoio ao Papa Bento XVI
Criminosos incendeiam paróquia no México durante a Páscoa
Pedofilia não está ligada ao celibato… mas sim à homossexualidade, diz Cardeal Bertone
“Forças poderosas” atacam o Papa, diz biógrafo de João Paulo II



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.087.797
Visitas Únicas Hoje: 1.768
Usuários Online: 217