Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 14370 - Nenhum cristão tem o direito de julgar e muito menos condenar o próximo. Julgar uma pessoa e julgar atos dessa pessoa são diferentes.
Artigo visto 1799 vezes




Visto: 1799
Postado em: 21/06/16 às 12:49:35 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=14370
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

O Papa Francisco tem sido claro em destacar a “obrigatoriedade” do amor fraterno para com todas as pessoas, caso se queira ser autêntico na fé cristã e não apenas cristão da boca para fora.

E o papa não está inventando absolutamente nada: foi ninguém menos que Jesus Cristo quem fez questão de declarar esta obrigatoriedade com toda a ênfase ao afirmar que até mesmo aos inimigos nós devemos amar e perdoar “setenta vezes sete” – expressão que quer dizer “sem limites”. Do contrário, pergunta o próprio Cristo, que mérito teremos?

Isto significa que nenhum cristão tem o direito de julgar e muito menos condenar o próximo.

Nenhum.

A ninguém.

A própria Igreja se declara incapaz de julgar o que há no coração e na consciência de quem quer que seja: e ela afirma esta impossibilidade claramente na célebre fórmula “De internis neque Ecclesia” (pronuncia-se “de intérnis nékue Eklésia”), ou seja: “Sobre as realidades internas, nem sequer a Igreja (pode julgar)”.

Somente Deus conhece o que há no interior de cada consciência e somente Ele pode (e vai) nos julgar.

Existe uma grande diferença, no entanto, entre julgar uma pessoa e julgar atos específicos praticados ou omitidos por uma pessoa. Embora seja humanamente impossível julgar as intenções, é perfeitamente possível julgar um ato ou omissão concretos e declará-los moralmente bons, maus ou neutros. Afinal, assim como é uma verdade básica da fé cristã que só Deus perscruta o íntimo dos corações e só Ele pode julgar as consciências, também é uma verdade básica da fé cristã que Deus é Bondade, Verdade, Beleza e Unidade Absoluta – e se Deus é a Referência do que é bom, verdadeiro, belo e uno, isto significa que existe, objetivamente, um parâmetro absoluto de bondade, verdade, beleza e unidade. Dito de outra forma, a verdade, a bondade, a beleza e a unidade não são relativas, como pretende a “elasticidade ética” da contemporaneidade laica, incoerente e ilógica na própria formulação de que o relativo possa ser parâmetro de alguma coisa. É o caráter absoluto da Verdade, da Bondade, da Beleza e da Unidade o que constitui a base da moral. Como dizer que algo é bom se não existe A Bondade?

Não se pode julgar uma pessoa porque não se sabe o que há em sua interioridade, mas pode-se julgar o que ela faz, diz ou deixa de fazer e dizer, já que o seu agir é patente. No cristianismo, esta lógica se traduz na máxima “Odiar o pecado, mas amar o pecador”. E é nesta lógica que muitos cristãos escorregam, confundindo pecador e pecado e julgando/condenando não atos ou omissões concretos, e sim pessoas, odiando-as em vez de amá-las.

Autor: Francisco Vêneto


Fonte: http://blog.comshalom.org/carmadelio





LEIA TAMBÉM
Como evangelizar jovens adultos e levá-los a um encontro com Jesus Cristo? Dicas imperdíveis!
Na miséria da Índia, ele encontrou esta bebê – e não ficou só olhando
Nova Igreja das catacumbas: aumentam conversões do islã ao cristianismo. Mas…
A conversão do iraniano Johannes: “Deixei o islã porque Cristo prega o amor”
Cristãos das Arábias
Para salvar milhões, seria ético matar Adolf Hitler… quando bebê?
Eles estão entre nós – e nós mal os conhecemos
7 erros sobre morte, inferno e demônio que não devemos cometer
O último dia de Pompeia em uma animação



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.070.526
Visitas Únicas Hoje: 681
Usuários Online: 218