Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 11939 - Vocês Não Vão Acreditar no Que Esses Homens Desenterraram. Um Resgate Mais do Que Emocionante
Artigo visto 3024 vezes




Visto: 3024
Postado em: 03/02/14 às 20:17:39 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=11939
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Depois que a cidade de Alleppo, na Síria, sofreu um ataque aéreo, vários homens desesperado buscavam sobreviventes do ataque. Eles ouviram um choro vindo dos escombros e começaram uma busca desesperada e contra o tempo. Usaram as próprias mãos para cavar.

Esse vídeo foi para o ar no dia 22 de janeiro de 2014, não foi divulgado informações de quando ele foi gravado.

É muito emocionante ver uma criança nascer novamente, outra coisa que marcou foi a partir do 1:10 de vídeo, quando eles conseguem encontrar a criança, ficam desesperado, e rapidamente retiram a cabeça dos escombros.

Um vídeo que merece ser compartilhado.

 

Fontehttp://www.compartilhavel.com/bebe-retirado-dos-escombros-na-siria/

 

--

Atualização:

 

A síria Mariam com a menina Mais, de 6 meses; após sobreviver a um bombardeio que matou todos os moradores de um prédio, o bebê ganhou um novo lar 

 

Único sobrevivente de ataque a prédio, bebê ganha família na Síria
 

Um bebê de 6 meses 'renasceu' em meio à guerra na Síria, que já registra 110 mil mortes. Em um dos muitos bombardeios que atingiram a cidade de Aleppo nos últimos dois anos e meio, um prédio de quatro andares desabou, atingido por um míssil. Parecia que todos os 50 moradores que estavam no local haviam morrido.

Mas, enquanto procurava corpos nos escombros, um grupo de resgate encontrou um bebê. Com apenas 6 meses de idade, ele era o único que havia sobrevivido ao míssil lançado contra o prédio.

A história foi relatada ao G1 pelo fotógrafo brasileiro Gabriel Chaim, que está em Aleppo acompanhando a guerra. Ele está alojado em uma ONG situada na parte da cidade controlada pelos opositores de Bashar al-Assad.

Chaim também gravou um vídeo no pequeno quarto onde mora a família. A procura por um lar

Cheia de feridas, hematomas e com manchas azuladas na pele que os moradores descrevem como decorrentes de fragmentos de bomba, a pequena Mais, como foi batizada, ficou 15 dias na UTI.

A síria Mariam com a menina Mais, de seis meses; após sobreviver a um bombardeio que matou todos os moradores de um prédio, o bebê de seis meses ganhou um novo lar (Foto: Gabriel Chaim)

 



A menina ficou 15 dias internada para se recuperar dos ferimentos, mas hoje passa bem

 

 

Quando saiu do hospital, os moradores começaram a procurar uma família que aceitasse cuidar dela. Ninguém sabia quem eram os pais, que provavelmente morreram no bombardeio.

Passando dificuldades desde que a escassez de empregos e a inflação dos preços de produtos se instalaram na cidade junto com a guerra, muitos casais não aceitaram ficar com a órfã.

Até que eles chegaram a Omar, de 38 anos, e a sua mulher Mariam, de 26 anos. Eles não quiseram revelar o sobrenome, e o pai não aceitou ser fotografado – mas a nova mãe posou para as imagens com a filha. Apesar de viverem em uma situação precária, os dois não podem ter filhos, e por isso aceitaram cuidar de Mais.

Achada nos escombros de edifício bombardeado, ela foi adotada por casal.


Fonte: g1





LEIA TAMBÉM
Aborto, NÃO! mil vezes não!
Igreja divulga foto de relíquia furtada com sangue de João Paulo II na Itália.
“O Papa não é o primeiro entre iguais; ele é o fundamento, a pedra da unidade da Igreja”, afirma Gerhard Müller
O Feminismo e sua “contribuição” no esvaziamento da saudável virilidade masculina.
Vaticano DESMENTE declarações atribuídas falsamente ao Papa Francisco que circulam na internet.
Papa Francisco convida toda a Igreja a promover um “testemunho cristão” no mundo digital para chegar às “periferias existenciais”.
Alegando gravar programa de humor que chamava os fiéis de “os idiotas”, 15 atores atrapalharam missa e pároco entra na Justiça.
Arcebispo Católico é preso por participar de manifestação pacífica contra a discriminação.
Ampola com sangue do papa João Paulo 2º é roubada na Itália.



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.141.395
Visitas Únicas Hoje: 1.539
Usuários Online: 459