Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 10148 - Vídeo mostra como foi a liberação de Rimsha Masih, vítima da lei da blasfêmia no Paquistão
Artigo visto 1847 vezes




Visto: 1847
Postado em: 20/09/12 às 06:48:39 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=10148
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

ROMA, 11 Set. 12 / 02:04 pm (ACI/EWTN Noticias).- Em um vídeo difundido através do Youtube se confirmou que a menina Rimsha Masih, presa em meados de agosto por um suposto delito de blasfêmia contra o Islã, foi liberada na sexta-feira 9 de setembro.

A agência Reuters informou após a sua liberação sob fiança, que um helicóptero do exército paquistanês buscou a menor e a levou para um lugar escondido para garantir sua segurança.

No vídeo se veem vários policiais fortemente armados ao redor de Rimsha, que cobre seu rosto com um cachecol verde enquanto caminha para o helicóptero.

Rimsha Masih, vizinha de um bairro humilde de Mehrabad, nos subúrbios de Islamabad, foi presa em meados do último mês de agosto depois de que alguns vizinhos muçulmanos a acusaram de ter queimado parte do livro Noorani Qaida, um manual infantil de introdução ao Islã que contém versículos do Corão.

O ímã que fez a acusação, Jalid Yadun, foi detido faz uns dias depois de que várias testemunhas, vizinhas da aldeia de Masih, asseguraram que tinham visto como ele introduzia "papéis queimados" do Corão na mochila da adolescente.

As leis contra a blasfêmia do Paquistão castigam duramente inclusive com a pena de morte, a quem fale mal sobre o Islã ou o profeta Maomé e a quem profane ou queime partes do Corão, o livro sagrado muçulmano.

A detenção de Masih desencadeou o êxodo de centenas de cristãos da aldeia da menina, sobre tudo depois de que os responsáveis por várias mesquitas informaram através de alto-falantes do que supostamente tinha feito a menor.

Os cristãos representam quatro por cento da população paquistanesa. Segundo os membros desta comunidade, as condenações por blasfêmia costumam apoiar-se unicamente em declarações de testemunhas e normalmente são feitas por vinganças pessoais.


Fonte: http://acidigital.com/noticia.php?id=24127





LEIA TAMBÉM
Extremistas muçulmanos matam a dois jovens cristãos no Paquistão
Mulher foi condenada por provocar-se um aborto faltando uma semana para dar à luz
ENCONTRO ENTRE PAPA E PATRIARCA DE MOSCOU PARECE MAIS PRÓXIMO
"OXALÁ OS HOMENS COMPREENDAM QUE SÃO TODOS IRMÃOS!" - Palavras de Bento XVI ao recitar o Angelus durante Viagem Apostólica ao Líbano
"A VOCAÇÃO DA IGREJA E DO CRISTÃO É SERVIR" - Homilia de Bento XVI durante missa no City Center Waterfront de Beirtut
"VOCÊS TÊM UM LUGAR PRIVILEGIADO NO MEU CORAÇÃO E EM TODA A IGREJA" - Discurso do Papa às jovens gerações do Líbano e do Oriente Médio
Filme Vídeo sobre profeta Maomé não pretende insultar os muçulmanos, diz pastor cristão
Ataque suicida contra vídeo de Maomé deixa nove estrangeiros mortos em Cabul
Cristo cura um homem surdo e mudo interiormente para que escute a voz de Deus, afirma o Papa



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.000.741
Visitas Únicas Hoje: 399
Usuários Online: 157