Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Salvai Almas




Artigo N.º 2070 - Morro do Baú
Artigo visto 3135




Visto: 3135
Postado em: 04/08/09 às 00:16:17 por: James
Categoria: Artigos Salvai Almas
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=28&id=2070
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Salvai Almas

Jesus: Morro do Baú - Por mais duas vezes testemunhareis tais desastres e o último arrasará o lugar!

Morro do Baú
A tragédia se repetirá?
Cemitério Nossa Senhora da Gloria

Visitantes: Otavio, Maria Onelia, Jaqueline, Geraldo, Darlete, Marilene, Felipe, Carine, Artur

“Paz!”

Muito Obrigada.

Mas não estais isentos de ver novos assaltos…

Por mais duas vezes testemunhareis tais desastres e o último arrasará o lugar!

Continuai rezando pelas almas: elas rezam por vós.

Ficai, no entanto, tranqüilos, pois Deus vos protegerá e a todos os que com Ele caminham!

Continuai caminhando e amando as almas: todas, no Céu, são vossas intercessoras especiais.

Muito Obrigada.

Maria Mãe do Universo

(Quando acontecerá?)

O Pai não marcou a hora, mas já o espaço é muito curto! Amém!

Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

“Jesus!”

Comentário

Presenciamos, neste local chamado Baú Baixo, os estragos causados pelas enchentes de Novembro próximo passado.

Apesar de já se verem algumas construções novas, a marca da tragédia aparece em todos os lados: arrosais aterrados, propriedades sem condições de recuperação, casas soterradas e os morros, por todos os lados cortados formando grandes barreiras que denunciam a olhos vistos, novos desastres a qualquer momento.

O Morro do Baú, antes tão visitado por causa de sua beleza, sua imponência, suas cachoeiras, agora apresenta-se aterrador, parecendo dizer: - Cuidem-se! Vou descer mais…

Mas, apesar de tantas mortes, tantas perdas, a vida humana continua: o homem não tem medo e desafia a natureza…

No Cemitério, os túmulos dos atingidos estão marcados com placas e fotos… Alguns deles foram encontrados há até 8 quilômetros longe dali, alguns dias depois da tragédia, completamente deformados…

No galpão da Paróquia o Padre e alguns moradores, faziam os caixões, em madeira bruta – caixas – afim de enterrar os mortos, pois não havia meios para se deslocar a outros lugares, durante vários dias.

O povo agora está mais triste… É difícil voltar ao que era. Amém!

Cláudio

Ilhota (SC), 21 de Junho de 2009


www.salvaialmas.com.br



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Por que Você nos escolheu?
Cláudio fala sobre a Gripe e Lenços de Nossa Senhora
Os Filhos de Deus e as Criaturas de Deus
Jesus: Tereis Bento XVI por pouco tempo
Movimento Salvai Almas - Parte 5 - Um Pouco de História
Movimento Salvai Almas - Parte 4 - Um Pouco de História
Movimento Salvai Almas - Parte 3 - Um Pouco de História
Movimento Salvai Almas - Parte 2 - Um Pouco de História
Movimento Salvai Almas - Parte 1 - Um Pouco de História
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.263.399
Visitas Únicas Hoje: 1.536
Usuários Online: 282