Espacojames


Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 15544 - O que é a inveja
Artigo visto 253 vezes




Visto: 253
Postado em: 11/11/19 às 22:52:37 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=15544
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais

Um conjunto de definições ajuda a entender melhor o perigoso significado deste pecado capital

A palavra “inveja” vem do latim “videre”, ver, em composição com a preposição “in”, que evoca direcionamento. Significa, portanto, direcionar o olhar para outro, projetar os olhos sobre outro, fixar-se em outro, num sentido negativo, malicioso.

Em português, o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (1986) define a inveja como “desgosto ou pesar pelo bem ou pela felicidade de outrem; desejo violento de possuir o bem alheio“. O Dicionário Houaiss (2003) como “sentimento em que se misturam o ódio e o desgosto, e que é provocado pela felicidade ou a prosperidade de outrem. É o desejo irrefreável de possuir ou gozar, em caráter exclusivo, o que é possuído ou gozado por outrem“.

Para Tanquerey (1955, p. 531), a inveja é ao mesmo tempo “paixão e vício capital. Como paixão, é uma espécie de tristeza profunda que se experimenta na sensibilidade à vista do bem que se observa nos outros; esta impressão é acompanhada duma constrição do coração que lhe diminui a atividade e produz um sentimento de angústia“.

Como conceito filosófico, a inveja é descrita pela Enciclopédia Europeia-Americana (1930, p. 203) como “uma paixão que, ao mesmo tempo, é filha do orgulho e da malquerença. É um profundo pesar pelo bem de que outro desfruta, e se torna malquerença contra as pessoas que possuem o que por inveja se quisera para si“.

No decorrer da História, as definições dos diversos filósofos sobre a inveja concordam notavelmente entre si. Na tradição aristotélica, por exemplo, a inveja é entendida como uma dor causada pela boa fortuna de que gozam alguns dos nossos semelhantes. Santo Tomás de Aquino (Suma Teológica II-II, q. 36, a. 1.) a descreve como “tristeza pelo bem alheio, considerada ao mesmo tempo como um mal próprio, porque diminui a própria glória ou excelência“.

A inveja é um dos sete pecados capitais, o que quer dizer que ela é “cabeça” de outros pecados, causa de outros pecados. 


Fonte: www.aleteia.org





LEIA TAMBÉM
Rezar a Maria e aos santos ou é melhor diretamente a Deus?
Por que devemos nos confessar?
Por que um pedaço da hóstia consagrada é colocado no cálice?
Por que São Judas é o padroeiro das causas impossíveis?
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
Por que o Purgatório existe?
Por que não podemos abusar do nome de Deus
Por que o Papa Bento XVI ficou conhecido como o “Papa Verde”
Posso ler a Bíblia no celular?



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.767.155
Visitas Únicas Hoje: 3.378
Usuários Online: 815