Espacojames


Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 12477 - Significado de Ateu, Agnóstico e Teísmo (Mono, Poli e Henoteísmo)
Artigo visto 2799 vezes




Visto: 2799
Postado em: 15/07/14 às 10:09:09 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=12477
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais

Espacojames também é informação! O Cristianismo ensina que devemos adorar somente a um Deus (monoteísta), o Criador do céu e da terra. Então quem é Deus?

"Deus é espírito, intangível por natureza" (João 4:24). "Deus é Um, mas existe como três pessoas: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo" (Mateus 3:16-17). "Deus é infinito" (1 Timóteo 1:17), "incomparável" (2 Samuel 7:22) "e imutável" (Malaquias 3:6). "Deus existe em todos os lugares" (Salmos 139:7-12), "sabe tudo" (Mateus 11:21) "e tem todo o poder e autoridade" (Efésios 1; Apocalipse 19:6).

Rezemos pelos Ateus que ainda não conhecem a Deus:

 

--

 

 

O que é Ateu:

Ateu é quem não crê em Deus ou em qualquer ser superior. A palavra tem origem no Grego “atheos” que significa “sem Deus, que nega e abandona os deuses”. É formado pela partícula de negação “a” juntamente com o radical “theos” (deus).

O termo nasceu na Grécia Antiga para descrever aquelas pessoas que rejeitavam as divindades adoradas por grande parte da sociedade. Eram considerados ímpios por não acreditarem nos muitos deuses venerados.

Nas religiões teológicas (que envolvem a crença em um ser divino), um ateu é aquele que nega a existência de um ser supremo, onipotente (que pode tudo), onisciente (que sabe tudo) e onipresente (que está ao mesmo tempo em todos os lugares).

O ateísmo é a doutrina dos ateus. É uma postura filosófica que rejeita a ideia de existência de quaisquer deuses. É uma atitude de descrença perante a afirmação religiosa de que existem divindades e de que elas exercem influência no universo e na conduta humana.

Um ateu pode ter uma atitude ativa (quando defende de forma veemente a ausência de qualquer deus) ou uma atitude passiva (quando nega apenas por não haver provas que demonstrem a existência da divindade).

A atitude passiva é uma forma de agnosticismo, em que os ateus agnósticos não acreditam em Deus, mas ao mesmo tempo não descartam a possibilidade de existência.

--

 

O que é Agnóstico:

Agnóstico é aquele que considera os fenômenos sobrenaturais inacessíveis à compreensão humana. A palavra deriva do termo grego “agnostos” que significa “desconhecido", "não cognoscível”.

Os agnósticos são seguidores da doutrina denominada “agnosticismo” que considera inútil discutir temas metafísicos, pois são realidades não atingíveis através do conhecimento. Para os agnósticos, a razão humana não possui capacidade de fundamentar racionalmente a existência de Deus.

Um agnóstico pode ser teísta ou ateísta. Um agnóstico teísta admite que não tem conhecimento que comprove a existência de Deus, mas acredita que Deus existe ou admite a possibilidade de que pode existir. Por outro lado, o agnóstico ateísta também admite não possuir conhecimento que comprove a não existência de Deus, mas não acredita na possibilidade que Deus exista.

O termo “agnóstico” foi usado no século XIX pelo naturalista inglês Thomas Henry Huxley (1825-1895), quando descreveu sua dúvida a respeito de algumas crenças religiosas, do poder atribuído a Deus e do sentido da vida e do universo. Desde então, muitos estudiosos escreveram sobre o assunto.

Alguns dos agnósticos mais famosos são: Albert Camus, Bill Gates, Charlie Chaplin, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque, Brad Pitt, Charles Darwin e Albert Einstein.

O escritor argentino Jose Luis Borges afirmou sobre o agnosticismo: "Eu não sei se tem alguém do outro lado da linha, mas ser um agnóstico significa que todas as coisas são possíveis, mesmo Deus. Este mundo é tão estranho, tudo pode acontecer, ou não acontecer. Ser um agnóstico me permite viver em um mundo mais amplo, em um mundo mais futurístico. Isso me faz mais tolerante."

--

O que é Teísmo:

Teísmo (do grego Théos, "Deus") é uma crença na existência de deuses, seja um ou mais de um, no caso de mais de um, pode existir um supremo1 . Teísmo não é religião, pois não se trata de um sistema de costumes, rituais e não possui sacerdotes ou uma instituição. Teísmo é apenas o nome para classificar a opinião segundo a qual existe ou existem deuses. Algumas religiões ou posturas filosóficas são teístas, outras são deístas, panteístas, etc. Então, podemos dividir o Teísmo em:

Monoteísmo: crença em um só Deus.
Politeísmo: crença em vários deuses.
Henoteísmo: crença em vários deuses, mas com um supremo a todos.

 


Fonte: http://www.significados.com.br
http://pt.wikipedia.org/





LEIA TAMBÉM
O que são as indulgências? Como obtê-las?
Como identificar uma seita?
Preservativo: Porque a Igreja não aceita seu uso no combate a AIDS?
Sou separado e estou vivendo com minha namorada: Deus pune duas pessoas que se amam?
15 perguntas sobre a Semana Santa
Quem de fato foram os Nefilins: A existência de gigantes na Terra
A Igreja pode se negar a celebrar, em algumas condições, um casamento?
O que devo fazer para ser um cristão melhor?
Jesus teve irmãos?



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.007.037
Visitas Únicas Hoje: 153
Usuários Online: 169