Espacojames


Página Inicial
Listar Livro Aberto




Artigo N.º 7550 - Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 25
Artigo visto 2402 vezes




Visto: 2402
Postado em: 30/03/11 às 09:01:32 por: James
Categoria: Livro Aberto
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=180&id=7550
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Livro Aberto

Palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo à sua esposa escolhida e muito amada, Santa Brígida; sobre a proclamação de sua santíssima encarnação; a rejeição, profanação e abandono de nossa fé e batismo; e como Ele convida sua amada esposa e todo o povo cristão a amá-Lo.

Baixe o livro completo em nosso site no artigo N.º 4917

http://www.espacojames.com.br/?cat=99&id=4917

--

Livro 2 - Capítulo 5

Eu sou Deus, não sou feito de pedra ou madeira, nem criado por outro que não seja o Criador do universo, permanecendo sem começo ou fim. Sou aquele que entrou na Virgem e esteve com a Virgem sem perder minha divindade. Através de minha natureza humana estive na Virgem ainda retendo minha divina natureza, e Eu sou a mesma pessoa que, através de minha natureza divina, continuou a reinar sobre o Céu e a Terra junto com Pai e o Espírito Santo. Através de meu Espírito, Eu incendiei a Virgem, não no sentido de que o Espírito que a incendiou tivesse sido algo separado de mim, mas o Espírito que a incendiou foi o mesmo que estava no Pai e em mim, o Filho, assim como o Pai e o Filho estavam nele, os três sendo um só Deus, não três Deuses.

Eu sou como o Rei Davi que teve três filhos. Um deles se chamava Absalão, que queria a vida de seu pai. O segundo, Adonias, buscou o reino de seu pai. O terceiro filho, Salomão, obteve seu reino. O primeiro filho designa os judeus. São as pessoas que buscaram minha vida e morte e desprezaram meu conselho. Consequentemente, agora que seu castigo é conhecido, posso dizer o mesmo que Davi disse quando da morte de seu filho: “Meu filho, Absalão!” ou seja, Ó meus filhos judeus, onde está sua ânsia e expectativa agora? Ó meus filhos, qual será seu fim agora? Senti compaixão por vocês, pois ansiaram por minha chegada – por mim, aquele que vocês souberam por muitos sinais que chegaria – e porque vocês ansiaram pela glória que se esvai rapidamente, a qual já se esvaiu toda. Mas agora eu sinto uma compaixão maior por vocês, como Davi repetindo essas primeiras palavras várias vezes, porque eu vejo que terminarão em uma morte desprezível.

Assim, novamente como Davi, digo com todo o meu amor: “Meu filho, quem me deixará morrer em seu lugar?” Davi bem sabia que não podia trazer de volta seu filho morto através de sua própria morte, mas, a fim de demonstrar seu profundo afeto paterno e a saudade ansiosa de sua vontade, mesmo sabendo que era impossível, estava preparado para morrer no lugar de seu filho. Da mesma maneira, eu agora digo: Ó meus filhos judeus, embora tenham má-vontade comigo e tenham feito o que puderam contra mim, se isso fosse possível e se meu Pai permitisse, eu de boa vontade morreria mais uma vez por vocês, pois tenho pena da miséria que causaram a si mesmos como exigido pela justiça. Eu lhes disse o que tinha de ser feito por minhas palavras e lhes mostrei por meu exemplo. Coloquei-me a frente de vocês como uma galinha lhes protegendo com asas de amor, mas vocês rejeitaram isso tudo. Portanto, todas as coisas que vocês esperavam lhes escaparam. Seu fim é a miséria e todo o seu trabalho foi desperdiçado.

Maus cristãos são denotados pelo segundo filho de Davi que pecou contra seu pai em sua velhice. Ele raciocinou da seguinte forma: “Meu pai é um velho e com força enfraquecida. Se digo algo errado a ele, ele não responde. Se faço contra ele qualquer coisa, ele não se vinga. Se o ataco, ele suporta pacientemente. Portanto, farei o que eu quiser”. Com alguns criados de seu pai Davi, seguiu até um bosque com poucas árvores para brincar de ser rei. Porém, quando o conhecimento e intenção de seu pai ficaram evidentes, ele mudou seu plano e aqueles que estavam com ele caíram em descrédito.

Isto é o que os cristãos estão fazendo para mim agora. Eles pensam consigo mesmos: “Os sinais e decisões de Deus não são mais manifestos agora como foram antes. Podemos dizer o que desejamos, já que ele é misericordioso e não presta atenção. Deixe-nos fazer o que nos agrada, já que ele permite facilmente”. Eles não têm fé no meu poder, como se Eu fosse mais fraco agora em realizar minha vontade do que antes.

Eles imaginam que meu amor é menor, como se não estivesse mais desejando que haja misericórdia deles como foi com seus pais. Também pensam que meu julgamento é algo de que se possa rir e minha justiça sem sentido. Assim, eles também vão até um bosque com criados de Davi para brincar de ser reis com presunção. O que esse bosque com poucas árvores simboliza, se não a Santa Igreja que sobrevive através dos sete sacramentos como se fosse através de poucas árvores? Eles entram na Igreja com alguns dos criados de Davi, ou seja, com algumas boas obras, para ganhar o Reino de Deus com presunção.

Realizam um número modesto de boas obras, confiantes de que por meio delas, não importa em que estado de pecados estão ou que pecados tenham cometido, ainda podem ganhar o reino dos céus como pelo direito hereditário. O filho de Davi quis obter o reino contra a vontade de seu pai, mas foi banido em desgraça, na medida em que ambos, ele e sua ambição, eram injustos, e o reino foi dado a um homem melhor e mais sábio. Da mesma forma, essas pessoas também serão banidas de meu reino.

Ele será oferecido àqueles que fazem a vontade de Davi, já que apenas uma pessoa que tem caridade pode obter meu Reino. Somente uma pessoa que é pura e conduzida pelo meu coração pode aproximar-se de mim, que sou o mais puro de todos.

Salomão foi o terceiro filho de Davi. Ele representa os pagãos. Quando Batseba ouviu que alguém que não era Salomão - a quem Davi havia prometido ser rei depois dele - havia sido eleito por certas pessoas, ela dirigiu-se a Davi e disse: “Meu senhor, você jurou para mim que Salomão seria rei depois de ti. Agora, entretanto, outra pessoa foi eleita.

Se este é o caso e vai nessa direção, eu terminarei sentenciada ao fogo como uma adúltera e meu filho será considerado ilegítimo”. Quando Davi ouviu isso, levantou-se e disse: “Eu juro por Deus que Salomão sentará em meu trono e me sucederá como rei”. Ele então ordenou que seus criados pusessem Salomão no trono e que proclamassem rei o homem escolhido por Davi. Eles executaram as ordens de seu senhor e elevaram Salomão ao poder máximo, e todos aqueles que haviam dado voto a seu irmão foram dispersos e reduzidos à servidão. Batseba, que teria sido considerada uma adúltera se outro rei fosse eleito, representa nada mais que a fé dos pagãos.

Nenhum tipo de adultério é pior do que se vender à prostituição longe de Deus e da verdadeira fé, acreditando em um deus diferente do Criador do universo. Assim como Batseba fez , alguns pagãos vêm a mim com corações humildes e arrependidos, dizendo: “Senhor, tu prometeste que no futuro seríamos cristãos. Cumpra tua promessa! Se outro rei, se outra fé diferente da tua predominar sobre nós, se te afastares de nós, queimaremos em dor e morreremos como adúlteras que tomaram um adultero no lugar de um marido legal. Além disso, embora vivas para sempre, no entanto, morrerás para nós e nós para ti no sentido de que tu removerás tua graça de nossos corações e nós nos poremos contra ti devido à nossa falta de fé. Assim, cumpra tua promessa, fortaleça nossa fraqueza e ilumine nossa escuridão! Se tu demorares, se te afastares de nós, pereceremos”. Depois de ouvir isso, eu me levantarei como Davi através de minha graça e misericórdia.

Eu juro por minha natureza divina, que está junto à minha humanidade, e por minha natureza humana, que está no meu Espírito, e por meu Espírito, que está em minha natureza divina e humana, esses três sendo não três deuses mas um só Deus, que cumprirei minha promessa. Enviarei meus amigos para trazer meu filho Salomão, isto é, os pagãos, para dentro do bosque, isto é, para a Igreja, que subsiste através dos sete sacramentos, como através de sete árvores (nomeadas batismo, penitência, confirmação, sacramento do altar, do sacerdócio, matrimônio e extrema-unção). Eles terão seu repouso sobre meu trono, isto é, na verdadeira fé da Santa Igreja.

Além disso, os maus cristãos se tornarão seus criados. Os primeiros encontrarão sua alegria em uma herança eterna e no doce alimento que lhes prepararei. Os últimos, entretanto, gemerão na miséria que começará para eles no presente e durará para sempre. E assim, já que ainda é tempo de vigilância, que meus aliados não durmam, que não se cansem, pois uma recompensa gloriosa os espera por seus trabalhos!”


As palavras do Senhor na presença da esposa em relação a um rei que se encontra em um campo de batalha com amigos à sua direita e inimigos à sua esquerda; sobre como o rei representa Cristo, com os cristãos à direita e pagãos à esquerda, e sobre como os cristãos são rejeitados e ele envia seus pregadores aos pagãos.

Livro 2 - Capítulo 6

O Filho disse: “Sou como um rei que se encontra em um campo de batalha com amigos à direita e inimigos à esquerda. A voz de alguém gritando veio àqueles se encontravam à direita onde todos estavam bem armados. Seus capacetes estavam presos e seus rostos virados para o seu senhor. A voz gritou para eles: ‘Voltem-se para mim e confiem em mim! Eu tenho ouro para dar-lhes.’ Quando eles ouviram isso, voltaram-se em direção a ele. A voz falou uma segunda vez àqueles que se viraram: ‘Se quiserem ver o ouro, desprendam seus capacetes, e se quiserem pegá-los, eu os prenderei novamente como eu quero’. Quando eles consentiram, ele prendeu os capacetes de trás para frente. O resultado foi que a parte frontal dos capacetes com as aberturas para enxergar estavam na parte de trás de suas cabeças, enquanto a parte de trás cobriu seus olhos de forma que não podiam ver. Gritando, ele os conduziu como a homens cegos.

Quando isto aconteceu, alguns dos amigos do rei relataram a seu senhor que seus inimigos haviam enganado seus homens. Ele disse aos aliados: ‘Vá junto deles e grite: Desprendam seus capacetes e vejam como foram enganados! Voltem-se para mim e os receberei em paz!’ Eles não quiseram ouvir, e consideraram isto com zombaria. Os criados ouviram isso e relataram a seu senhor. Ele disse: ‘Bem, então, já que eles me desprezaram, aproximem-se rapidamente na direção dos que estão à esquerda e digam a eles essas três coisas: O caminho que lhes conduz à vida foi preparado para vocês. O portão está aberto. E o senhor mesmo quer vir encontrá-los. Acreditem, entretanto, firmemente que o caminho foi preparado! Tenham uma esperança decidida de que o portão está aberto e de que suas palavras são verdadeiras!’ Ide encontrar o senhor com amor, e ele lhes acolherá com amor e paz; e os conduzirá à paz duradoura. Quando eles ouviram as palavras do mensageiro, acreditaram nelas e foram recebidos em paz.

Eu sou este rei. Eu tive cristãos à minha direita, já que preparei uma recompensa eterna para eles. Seus capacetes estiveram presos e suas faces voltadas para mim enquanto eles todos tiveram a intenção de fazer a minha vontade, obedecer meus mandamentos e enquanto seus desejos miraram os céus. Aos poucos, a voz do demônio, isto é, o orgulho, soou no mundo e lhes mostrou as riquezas mundanas e o prazer carnal. Voltaram-se para isso, entregaram seus consentimentos e desejos ao orgulho. Por causa do orgulho, eles tiraram seus capacetes ao por em ação seus desejos e preferiram bens temporais aos espirituais. Agora que eles deixaram de lado os capacetes da vontade de Deus e as armas da virtude, o orgulho tomou posse deles e os amarrou de tal forma que eles só conseguem ser felizes quando pecam até o fim e ficariam contentes em viver para sempre, contanto que pudessem pecar para sempre.

O orgulho os cegou de tal forma que as aberturas dos capacetes através das quais pudessem enxergar estão na parte de trás da cabeça e na frente delas tem escuridão. O que essas aberturas nos capacetes representam se não a consideração do futuro e a circunspeção da realidade do presente? Através da primeira abertura, eles poderiam enxergar o deleite das recompensas futuras e os horrores das punições, assim como a terrível sentença de Deus. Através da segunda abertura, eles poderiam enxergar os mandamentos e proibições de Deus, e também o quanto transgrediram esses preceitos e como poderiam melhorar. Mas essas aberturas estão atrás da cabeça onde nada pode ser visto, o que significa que não foi feita a consideração das realidades celestes.

O amor deles por Deus tornou-se frio, enquanto o amor pelo mundo é considerado com deleite e abraçado de tal forma que os conduz para qualquer lugar que desejem, como uma roda bem lubrificada. Entretanto, ao me verem desonrado, almas caindo e o demônio assumindo o controle, meus amigos clamam diariamente por mim em suas orações por eles. Suas orações alcançaram o Céu e chegaram até meus ouvidos. Movido por suas orações, tenho enviado diariamente meus pregadores a essas pessoas, lhes mostrado sinais e aumentado minhas graças a eles. Porém, em seu desprezo a tudo isso, eles acumulam pecado sobre pecado.

Dessa forma, devo dizer agora a meus criados e devo colocar minhas palavras enfaticamente: “Meus criados, dirijam-se ao lado esquerdo, isto é, aos pagãos, e digam: ‘O Senhor dos Céus e Criador do universo tem o seguinte para vos dizer: O caminho dos Céus está aberto a vós. Tenham vontade de entrar nele com uma fé firme! O portão dos Céus está aberto a vós. Tenham firme esperança e entrarão nele! O Rei dos Céus e Senhor dos Anjos sairá pessoalmente para encontrar-vos e vos dar paz e bênção eternas. Saiam para encontrá-lo e recebam-no com a fé que ele revelou a vós e que preparou o caminho do Céu! Recebam-no com a esperança que tendes, pois ele mesmo tem a intenção de dar-vos o reino.

Amem-no com todo o vosso coração e ponham seu amor em pratica e entrareis pelos portões de Deus dos quais aqueles Cristãos foram afastados, pois não quiseram entrar, o que os fez não merecedores pelos seus próprios atos’. Pela minha verdade, declaro que colocarei minhas palavras em prática e não as esquecerei. Eu vos receberei como meus filhos e serei vosso Pai, Eu, a quem os cristãos desprezaram.

Vós então, meus amigos, que estais no mundo, saiam sem medo e gritem em voz alta, anunciem minha vontade a eles e ajudem-nos a realizá-la. Estarei em vossos corações e em vossas palavras. Serei vosso guia em vida e vosso salvador na morte. Não vos abandonarei. Saiam corajosamente – quanto maior o trabalho, maior será a glória!

Posso fazer todas as coisas em um único instante e com uma única palavra, mas quero que vossa recompensa venha de vosso próprio esforço e que minha glória venha de vossa coragem. Não vos surpreendais com o que digo. Se o homem mais sábio do mundo pudesse contar quantas almas vão para o inferno todos os dias, ele poderia numerar os grãos de areia no mar ou os seixos na praia. Esta é uma questão de justiça, porque essas almas se separaram de seu Senhor e Deus. Estou dizendo isto para que os números do demônio possam diminuir, o perigo se torne conhecido, e meu exército se complete. Se eles pudessem escutar e perceber!”


Jesus Cristo fala à esposa e compara sua natureza divina a uma coroa usando Pedro e Paulo para simbolizar o estado clerical e leigo, sobre as maneiras de lidar com os inimigos, e sobre as qualidades que os cavaleiros do mundo devem ter.

Continua...


Fonte: Extraído do Livro As Profecias e Revelações de Santa Brígida





LEIA TAMBÉM
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 24
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 23
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 22
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 21
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 20
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 19
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 18
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 17
Livro: As Profecias e Revelações de Santa Brígida - Parte 16



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.008.859
Visitas Únicas Hoje: 141
Usuários Online: 202