Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Medjugorje




Artigo N.º 6264 - Milagre no festival de jovens de 2010
Artigo visto 3802




Visto: 3802
Postado em: 25/09/10 às 22:52:40 por: James
Categoria: Artigos Medjugorje
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=18&id=6264
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Medjugorje

Acontecimento surpreendente próximo de Medjugorje !

Em 3 de Agosto de 2010, deu-se um acontecimento surpreendente. Antes de falar disso, eu quis fazer um inquérito sério aos familiares de Dominik. Portanto apresento os fatos (os artigos na internet veicularam erros). Um jovem eslovaco de 16 anos, Dominik Juros, de uma família católica da aldeia de Hran, veio este Verão ao Festival dos Jovens com amigos da sua idade. Nos meses anteriores, Dominik tinha atravessado um período de crise interior, sobretudo em relação à sua fé. Já não queria ajudar durante a missa e recusava rezar com seus pais. Mesmo tendo estes jovens vindo em peregrinação, deve confessar-se que não se interessavam nada pelo Festival, nem em geral por Deus.

Comportavam-se sobretudo como turistas em férias. A 3 de Agosto, o calor era extremo em Medjugorje. O grupo decidiu ir tomar banho nas Quedas de Kravica com Janko, o seu guia, em vez de seguir o programa do Festival. Dominik deslizou na água gelada e afundou-se a 3 ou 4 metros de profundidade, mas conseguiu emergir várias vezes. Ninguém reparou que ele estava prestes a afogar-se, as pessoas pensavam que era uma brincadeira. Dez minutos depois, Janko inquietou-se porque deixou de o ver emergir. Nadou para o local onde o tinha visto e, ajudado por algumas pessoas conseguiu tirar Dominik da água. Mas o coração tinha parado e foram precisos 15 a 20 minutos de reanimação para que batesse de novo. Na estrada de Mostar voltou a parar. Os pulmões não funcionavam. No hospital foi-lhe induzido sono artificial e ligaram-no a máquinas.

No dia seguinte, os pais chegaram a Mostar. Todos os jovens do Festival rezaram ardentemente por ele e formou-se uma bela cadeia de amor, de dia e de noite! Até os amigos do autocarro de Dominik, tomados de um repentino temor a Deus, começaram a rezar. Todos se foram confessar e participaram na missa com grande fervor. Desde 5 de Agosto, rodeado da família e de muita oração, Dominik começou a dar sinais de “presença”, inesperados. Embora inconsciente, apertava por vezes a mão de sua mãe ou deitava lágrimas. (A mãe tinha-o consagrado à Virgem desde a sua concepção).

Acordou a 7 de Agosto e os seus órgãos recomeçaram a funcionar. A sua primeira reacção foi chorar e suplicar o perdão dos pais. Apertava a mão da mãe e suplicava que rezasse com ele, que rezasse muito. Queria confessar os seus pecados (chamou-se um sacerdote). Depois foi transportado para a Eslováquia, para o hospital e aí recomeçou a andar e a falar. Quatro semanas mais tarde, voltava à escola. O seu médico eslovaco diz hoje que o restabelecimento é surpreendente.

Dominik partilhou certos aspectos interessantes da sua experiência. Por exemplo, quando foi tirado inconsciente da água, “viu” os pais na Eslováquia, sentados nesse momento em frente da televisão e sabia o que faziam e onde iam! A 8 de Agosto, segundo as pessoas presentes e segundo as suas próprias palavras, Dominik foi invadido por uma hipersensibilidade, acompanhada de combates interiores muito fortes. Tinha então percepções inabituais.


Quando estava entre a vida e a morte, diz que se sentia ameaçado por demônios, “silhuetas sombrias” presentes no hospital, algumas junto da sua porta e outras semeando perturbação no quarto, acusando-o. Estas silhuetas procuravam constantemente impedir as orações da mãe que estava à sua cabeceira. Mas a face de Dominik iluminou-se quando se apercebeu da presença duma pessoa cheia de luz, de paz e de alegria que ele pensa ser a Virgem Maria. Quando alguém entrou no quarto com água, ele soube que era água benta e pensou: “Oh, água benta, ela vai ajudar-me!”

Ele diz que podia captar as orações dos seus próximos e que as via como apaziguadoras, positivas, cheias de luz e que ajudavam muito.


Viu o Purgatório, e viu dois jovens (de uma cidade próxima da sua) que aí sofriam. Viu que tinham queimado um carro com gasolina e que tinham morrido num acidente. Viu  anjos, seres maravilhosos, todos de branco, com belos rostos. Diz que viu Jesus face a face, que Jesus tem olhos de uma extraordinária beleza. Quando a família rezava o terço da Divina Misericórdia à sua cabeceira, ele perguntou: “Sentem este maravilhoso perfume?” “Qual perfume?”perguntou a mãe. “O Sangue de Jesus! Ele tem um perfume maravilhoso!” respondeu Dominik. Tenho de saltar muitos detalhes…

Dominik repetia frequentemente que devemos amar-nos uns aos outros e perdoar-nos mutuamente, que o mais importante na vida é o amor. Insistentemente pedia aos membros da sua família que se tratassem uns aos outros com muito mais amor, mesmo nas coisas mínimas e que perdoassem sempre e não fossem inimigos de ninguém. Ao mesmo tempo, lamentava que a equipe médica lhe tivesse salvado a vida!

Não interroguei a equipa médica de Mostar. É verdade que, após alguns minutos debaixo de água, há lesões do cérebro por falta de oxigênio. No caso de Dominik, só Deus sabe se, no plano médico, se trata de um fato miraculoso ou não. Pouco importa!

O que me parece magnífico neste acontecimento, quando 40.000 jovens do Festival rezavam em Medjugorje, é que o Senhor se tenha servido deste adolescente em crise, para pôr de joelhos todos os seus amigos (e muitos outros amigos dos seus próximos), levá-los a confessar-se e a voltar-se para Deus. Além disso, para os que, de entre eles, punham as coisas da terra em primeiro lugar nas suas vidas e pensavam não precisar de Deus, a experiência de Dominik abriu-os a um outro mundo, a outros valores, e relembrou-lhes o mandamento maior de Jesus: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei!”

Dominik já não se lembra de tudo, mas sente-se na sua vida o efeito da graça; é um jovem que agora reza profundamente, que vive a sua fé com fervor, juntando-se de boa vontade à família. Mostra grande reverência à cruz de Jesus e à Virgem Maria. Todos os seus dão graças pelo que a Misericórdia de Deus fez por ele. Até mesmo o avô, expositor obstinado de Medjugorje, quer agora lá ir em peregrinação. Magnificat!
 
Boletim mensal Children of Medjugorje – 15 de setembro de 2010
 


www.medjugorjebrasil.com



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Imagem de Nossa Senhora gira e se move e vira durante aparição
Mirjana descreve seu encontro com o papa João Paulo II
Mirjana descreve como ela vê Nossa Senhora
Nossa Senhora quer uma revolução
Sou quase ateu, mas vi um milagre em Medjugorje
Recentes filmagens na colina das aparições / Medjugorje
Salvo com uma Ave-Maria
Linda foto sobrenatural tirada em Medjugorje
Milagre do sol em Medjugorje
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.426.059
Visitas Únicas Hoje: 735
Usuários Online: 249