Espacojames


Página Inicial
Listar Artigos Medjugorje




Artigo N.º 620 - Encontro com Padre Ljubo
Artigo visto 1950 vezes




Visto: 1950
Postado em: 07/10/08 às 22:30:06 por: James
Categoria: Artigos Medjugorje
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=18&id=620
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos Medjugorje

Nossa Senhora está aqui como Mãe, é uma Mãe viva, que tem coração, e este coração não só ama, mas também sofre. Ela disse: “Queridos filhos ! O Meu Coração sente dor por todos aqueles que estão longe do Meu Coração”.
Sobretudo, vocês que são pais, quando os vossos filhos não os escutam, quando estão na estrada errada, também vocês sofrem demais por eles, porque os amam. Se não os amasse, não teriam sofrimento em vocês.

Muitos me perguntam como ajudar os próprios filhos, porque estão longe da Igreja, dos Sacramentos, da Fé e os pais sofrem tanto por isto, mas não existe uma receita “certa” para isto. É próprio aquilo o que Nossa Senhora faz aqui: indica, aconselha, chama, reza, sofre: cada sua mensagem é como uma oração voltada a mim e a ti. Nossa Senhora não só nos convida a rezar, mas Ela mesma como Mãe, reza e sofre quando estamos longe, quando eu estou fechado, quando eu estou no pecado, quando eu não quero escutar, quando não quero levar a sério aquilo que a Mãe me diz.

Na mensagem que Nos deu através da vidente Marija no natal deste ano (2006) Ela disse: “Também hoje vos trago em Meus Braços o Menino Jesus: Ele é o Rei do Céu e da Terra, Ele é a vossa Paz, só Ele pode dar-vos a Paz...”

Muitos que encontrei, experimentaram essa paz, esta alegria próprio aqui, neste lugar que eu digo consagrado as aparições, da presença de Nossa Senhora.

Me recordo de um rapaz (não era italiano) que entrou em uma seita da nova era: ele e os membros desta seita vinham aqui, a Medjugorje, porque, eles diziam, que aqui sentiam uma energia positiva.

Assim vinham a Medjugorje e rezavam o rosário na colina das aparições, mas não diziam: “rogai por nós pecadores”, tinham mudado esta frase e diziam: “rogai por nós que Tu amas”.

Este rapaz dizia que seus pais eram comunistas (que entre nós os comunistas eram proibidos de andarem na igreja proibidos de batizarem os seus filhos, celebrar o matrimônio na igreja, ...), assim a sua avó o havia levado na igreja para batiza-lo. Ele cresceu com os pais, mas se afastou da Igreja. Ele me disse: “A minha avó andava em Medjugorje em peregrinação, e comprou uma imagem de Nossa Senhora e eu a coloquei no meu quarto: para mim não havia nenhum significado, porém não me incomodava, assim a deixei no meu quarto”.

Este rapaz me disse: “Eu estou seguro que a minha avó rezou por mim”.

Quando este rapaz, sobre a colina, durante o rosário, viu ainda que chovendo, tantos peregrinos, de tantas línguas diversas, e disse a Deus: ”Pai, tu me encontrastes!”. Era como se estivesse acordado como se tivesse recobrado a visão, a sua vista espiritual e saiu daquela seita. Quando porém ele se converteu, a sua avó já estava morta.

Este episódio para mim é uma confirmação, uma segurança absoluta que quando nós rezamos, apesar de não vermos logo os frutos da nossa oração, a nossa oração não foi em vão; toda oração é escutada e ouvida por Deus e não tem necessidade que nós vejamos os frutos rápido. Os frutos veremos quando Deus decidir, quando for melhor também para nós. Tantas vezes é melhor que não se realize os nossos desejos, mas se realize os desejos de Deus sobre nós, porque nem sempre nós sabemos o que é o melhor para nós: só Deus o sabe, Ele que é o nosso criador, mas também o nosso Pai!

Por isto Nossa Senhora disse: “Venho a vocês como Mãe que quer mostrar o quanto Deus, vosso Pai vos ama”.

O Amor se pode perceber somente com o coração e por isto seja o nosso rezar só com o coração. Nós podemos rezar também com a boca, mas Deus não tem necessidade das nossas palavras, tem precisão do nosso coração. Por isto, a nossa oração deve brotar do nosso coração, de um coração que ama.

Nós, porém, podemos amar somente quando nos sentimos amados: Uma pessoa que não se sente amada, acolhida, segura neste amor, dificilmente poderá amar os outros. Uma pessoa que não ama a si mesma não pode amar também aos outros. São poucos aqueles que sabem amar a si mesmos, que aceitam a si mesmos.

Nossa Senhora veio aqui para nos ensinar a amar a nós mesmos e disse: “Queridos filhos! Todos vocês são importantes”. Não devemos nos achar mais importantes, mas devemos só sentirmos importantes para Deus. Somos preciosos para Deus: Cada um de nós, com a nossa oração, como disse Nossa Senhora:”Eu preciso das vossas orações, da vossa colaboração, do vosso pequeno SIM!”.

Através do “pequeno SIM” de Nossa Senhora, Deus salvou o mundo. Através da tua fé, que pode te parecer pequena e insignificante, através daquilo que tu fazes, também os mais pequenos gestos, Deus pode fazer grandes coisas. Vos direi que Nossa Senhora aqui não espera de nós que façamos grandes coisas, mas façamos aquilo que podemos: Deus fará aquilo que para nós parece impossível.

Na mensagem que Nossa Senhora nos deu no Natal (2006) através do vidente Jakov, Nossa Senhora se voltou a nós dizendo: “...Coloquem Meu Filho em primeiro lugar, queridos filhos”. Sem Jesus, não se pode nem se tornar santo, nem ter paz, nem gozar a vida, porque não nos salvam a nossa oração, não nos salvam as nossas boas obras, não nos salvam as nossas peregrinações a Medjugorje, nos salva somente Jesus, Jesus na oração, Jesus nas boas obras que fazemos, Jesus na peregrinação, porque nós temos necessidade do Salvador, temos necessidade de Jesus, nós não podemos salvar a nós mesmos, e Nossa Senhora nos leva ao Céu.



Retirado do Jornal Medjugorje Torino – número 136 – julho/agosto de 2007


www.medjugorjebrasil.com





LEIA TAMBÉM
Entrevista com Monsenhor László Bíró
Na vida não devemos perder nunca a esperança e a fé
SEJAMOS PAZ EM TEMPOS DE GUERRA !
Deus nos criou e com seu Amor Divino deseja realizar em nós um projeto de amor e paz
A história de Franjo
Entrevista com Vicka no Brasil
Livro sobre Nossa Senhora transforma um jovem de rua imerso em drogas e crime em um sacerdote.
Papa reza em frente de uma imagem da Rainha da Paz !
São Jpaquim e Santa Ana - pais de Nossa Senhora !



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.997.148
Visitas Únicas Hoje: 247
Usuários Online: 120