Crônica tecnológica
Espacojames



Página Inicial
Listar Marisa Bueloni




Artigo N.º 11579 - Crônica tecnológica
Artigo visto 2231




Visto: 2231
Postado em: 14/10/13 às 19:06:24 por: James
Categoria: Marisa Bueloni
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=123&id=11579
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Marisa Bueloni


Marisa Bueloni

A crônica pede passagem. Concedo-lhe. Ah, a seqüência dos dias, a solidez das coisas feitas e findas! Estas coisas, muito mais que lindas, ficarão, disse o poeta.

Amar o perdido também deixa confundido o meu pobre coração. As coisas tangíveis, disse também o poeta, tornam-se insensíveis à palma da mão.

O livro do Eclesiastes, da Bíblia, vem em nosso socorro: “Tudo é vaidade e vento que passa”! Ó, a vaidade das mulheres bíblicas, Clarice Lispector já a notara, ornadas e belas.

E a vaidade do homem enredado na internet? Cheguei onde queria. O computador, os aipedes da vida e tudo o que nos conecta com o mundo todo, num piscar de olhos.

Houve um tempo em que abominei tudo isso e jurei, beijando os indicadores em cruz, que jamais sucumbiria ao frio apelo da moderna tecnologia.

Sempre achei que máquinas e eu somos de uma incompatibilidade mortal. Até para tirar dinheiro em caixa eletrônico eu me atrapalho toda e demoro tanto para digitar minha própria senha, que a operação é cancelada.

Maravilha era ter uma Olivetti Lettera 32 cor-de-rosa, a postos sobre a mesa, podendo prescindir de um cérebro eletrônico, julgando que um texto saído da máquina de escrever tinha mais alma.

Por um tempo, achei abominável a visão da tela acoplada a um teclado e pensava nos nossos avós, bisavós, nos nossos pais que não tiveram computadores em suas casas e viveram tão bem. Oras, conheço pessoas que ainda sobrevivem sem celular.

Enfim, as exigências da vida moderna me obrigaram a capitular e a sucumbir.  Cérebros eletrônicos constituem uma concepção destinada a quê? A melhorar a vida das pessoas, certamente. A comunicação de hoje é algo fantástico, embora se questione se esta tecnologia não teria eliminado algo importante em nossa vida: a emoção. Quem sabe, a emoção de receber uma carta pelo correio.

Mas um e-mail de amor, ou de amizade, vem recheado de beijos, corações e flores. Rendo toda a minha mais profunda admiração ao beijo virtual, à nova linguagem, às cifras e formas de expressão, às mensagens e sua arroba indefectível.

Sim, enterramos a máquina de escrever, a caneta-tinteiro, o bonde, o leiteiro das manhãs; o dinheiro virou um cartão de plástico, cuja senha é preciso decorar e o que mais temos na vida hoje é isso: senhas para decorar. Haja memória!

Compreendo os rumos da modernidade, vejo multidões digitando uma maquininha, as expressões absortas, perdidas, distantes. O mundo pode acabar e eles estarão ali, sérios ou rindo, mas concentrados, digitando sem parar. Passando com o dedo indicador sobre a tela, arrastando imagem após imagem, num gestual que tomou conta do mundo, dos mais pequeninos até os mais idosos. A humanidade se encantou com esse brinquedinho.

A crônica ainda se espreme. Passou por um processador de texto e chegou até aqui. Não parece exausta, tampouco perplexa. Apenas viu como flui rápido um texto no teclado ágil e necessário.

O que é necessário, meus caros? Que não se perca a emoção. Que ainda reste um pouco do romantismo e do lirismo de outros tempos, embora embalados na tecnologia do assombro.

 


-------------------
marisabueloni@ig.com.br



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.695.213
Visitas Únicas Hoje: 1.079
Usuários Online: 225