Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 15551 - Estado Islâmico mata padre e seu pai em emboscada: é a volta do pesadelo jihadista?
Artigo visto 393 vezes




Visto: 393
Postado em: 13/11/19 às 19:51:46 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=15551
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Oficialmente derrotado, o sanguinário bando terrorista é hoje uma fração do que já foi, mas ainda mantém células ativas em algumas regiões do planeta

O jornal italiano Avvenire noticiou que, nesta última segunda-feira, 11 de novembro, um sacerdote católico de tradição armênia foi assassinado junto com seu pai na região norte da Síria, perto da fronteira com a Turquia.

O que já é trágico em si mesmo ganha matizes ainda mais sombrios quando se sabe que o covarde assassinato foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico, oficialmente derrotado.

Os fanáticos terroristas ainda mantêm células ativas em várias regiões do Oriente Médio, do Norte e Leste da África e da Ásia Central, apesar de terem perdido a quase totalidade dos territórios que haviam conquistado no Iraque e na Síria entre 2013 e 2015, período em que atingiram o seu auge expansionista. O sanguinário bando jihadista, que tinha começado a se formar ainda em 2003, foi sendo derrocado gradualmente a partir de 2016 pela ação de alianças militares internacionais, uma parte liderada pelos EUA e outra pela Rússia. Embora tenha sido oficialmente declarado derrotado neste ano, o Estado Islâmico reivindicou os brutais atentados contra igrejas católicas do Sri Lanka na última Páscoa. O covarde assassinato do pe. Hovsep Petoyan e do seu pai, Abraham, nesta semana, é uma nova evidência de que o grupo está insistindo em tentar reestruturar-se.

A emboscada que o sacerdote e seu pai sofreram foi perpetrada pelos terroristas numa estrada entre as cidades de Hasakeh e Deir ez-Zora, no distrito sírio de Busayra. Eles viajavam de carro, acompanhados pelo diácono Fati Sano, para inspecionar a restauração de uma igreja católica armênia em Deir ez-Zora. Abraham foi morto no local, quando os terroristas abriram fogo contra o veículo. O pe. Hoysep morreu depois, em decorrência dos ferimentos, enquanto o diácono Fati sobreviveu, apesar de também ter sido alvejado.

Em ataque paralelo, ao menos três civis foram atingidos pela explosão simultânea de três bombas num mercado da mesma região. Os três morreram.

É verdade que o Estado Islâmico foi reduzido a uma fração do que já chegou a ser, mas declará-lo totalmente derrotado é temerário. Seus atentados atualmente são pontuais e de muito menor escala, mas ainda requerem intensa vigilância para evitar que o grupo avance na tentativa de se recompor.


Fonte: www.aleteia.org





LEIA TAMBÉM
Perseguição religiosa no Chile, ondas de protestos atinge igreja local
Após 46 anos, vidente de Akita anuncia ter recebido nova revelação
Padre é morto em emboscada na Síria
Bispos do Canadá publicam declaração sobre atual perseguição religiosa
Deus quer e pode vencer o mal?
As melhores maneiras para evitar tentações
Os momentos finais da vida de Irmã Dulce, segundo seu orientador espiritual
A surpreendente conversão de Chopin no leito de morte
Devemos ter raiva dos mortos?



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.142.838
Visitas Únicas Hoje: 1.069
Usuários Online: 473