Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 11875 - Massacre contra cristãos deixou mil mortos em dois dias na República Centro-Africana
Artigo visto 2212




Visto: 2212
Postado em: 10/01/14 às 09:17:37 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=11875
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Onda de violência, perpetrada por grupo radical islâmico, ocorreu nos dias 5 e 6 de dezembro de 2013

A Anistia Internacional (AI) revelou nesta quinta-feira (19) a gravidade do massacre ocorrido na República Centro-Africana, nos dias 5 e 6 de dezembro, durante os embates entre um grupo cristão e outro muçulmano pelo controle do país. Segundo a Anistia, as represálias do ex-grupo rebelde islâmico Seleka contra a população, momentos após a ofensiva das milícias cristãs na capital Bangui, deixaram quase mil mortos.

A onda de violência se intensificou na manhã de 5 de dezembro, quando as milícias camponesas cristãs "antibalaka" (antimachetes), infiltradas em alguns bairros da capital, "em uma operação porta a porta mataram cerca de 60 muçulmanos", ressaltou a AI.

 o grupo islâmico Seleka massacrou quase mil cristãos em dois dias

Após massacre, tropas francesas entraram no país e desarticularam o grupo islâmico

 

Integrantes da extinta Seleka (grupo muçulmano) "adotaram represálias em larga escala contra os cristãos, matando quase mil em apenas dois dias, e praticando a pilhagem sistemática das casas de civis", acrescentou a Anistia.

Segundo a ONG, mulheres e crianças também foram assassinadas. No balanço mais recente da ONU, havia pouco mais de 600 mortos em todo o país, sendo pelo menos 450 em Bangui.

Veja os países mais violentos do mundo

"Nossas investigações no terreno nessas últimas duas semanas não deixam lugar para dúvidas. Ambas as partes em conflito cometeram crimes de guerra e contra a humanidade", declarou Christian Mukosa, da Anistia Internacional, depois da investigação realizada em campo por três especialistas da organização.

— Os mesmos incluem execuções extrajudiciais, mutilações, destruição de prédios religiosos, como algumas mesquitas, e o deslocamento forçado de várias pessoas.

A República Centro-Africana está em conflito desde que a coalizão rebelde Seleka, majoritariamente muçulmana, derrubou o presidente François Bozizé no mês de março.

O governo de transição perdeu o controle do país e grupos rivais, cristãos contra muçulmanos, iniciaram uma série de confrontos extremamente violentos.

Até a chegada ao poder da Seleka, em março de 2013, cristãos e muçulmanos viviam sem conflitos neste país de 4,5 milhões de habitantes, dos quais 80% são cristãos.


Fonte: http://noticias.r7.com/



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

LEIA TAMBÉM
Número de cristãos assassinados pela fé dobrou em 2013, diz relatório
Oxana Malaya: Uma história chocante de abandono infantil no meio de cães.
Como defender-se do Demônio?
Jesus é a pessoa mais famosa da história, segundo ‘programa de busca’ na internet.
O pecado é, acima de tudo, romper nosso relacionamento com Deus.
Número de cristãos assassinados pela fé dobrou em 2013, diz relatório.
2013... 2104! O que isso muda em nossa vida?
Cristãos norte-coreanos celebram o Natal escondidos por causa da perseguição comunista.
Desde sua eleição mais de 6,5 milhões de pessoas estiveram com o Papa Francisco no Vaticano.
Veja mais artigos relacionados
 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 8.275.225
Visitas Únicas Hoje: 1.275
Usuários Online: 242