O DIABO QUER DESTRUIR AS TRÊS VIRTUDES
Espacojames



Página Inicial
Listar Artigos




Artigo N.º 8596 - O DIABO QUER DESTRUIR AS TRÊS VIRTUDES
Artigo visto 5110




Visto: 5110
Postado em: 31/08/11 às 18:39:48 por: James
Categoria: Artigos
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=1&id=8596
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Artigos


Disse Jesus: “O ladrão vem só para roubar, matar e destruir” (Jo 10,10).
O diabo é o mais poderoso ladrão do mundo. Ele é homicida e pai de toda destruição (Jo 8,44).

Então o diabo o levou à Cidade Santa e o colocou sobre o pináculo do templo e disse-lhe: “Se és o Filho de Deus, atira-te para baixo, porque está escrito: Ele dará ordem a seus anjos a teu respeito, e eles te tomarão pelas mãos, para que não tropeces em nenhuma pedra”.

Respondeu-lhe Jesus: “Também está escrito: Não tentarás ao Senhor teu Deus” (Mt 4,5-7).

Durante a ceia, quando já o diabo colocara no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, o projeto de entregar Jesus às autoridades judaicas”.

Depois do pão, entrou nele Satanás. Tomando, então o pedaço de pão, Judas saiu imediatamente” (Jo 13,2; 13,27-30).

Ele, atirando as moedas no Templo, retirou-se e foi enforcar-se” (Mt 27,5).


AS TRÊS VIRTUDES

O diabo trabalha dia e noite para destruir as três principais virtudes dos cristãos: a fé, o amor e a santificação.

Sem essas três virtudes, jamais seremos seguidores de Nosso Senhor Jesus Cristo e tão pouco, teremos vida eterna ao lado do bom Deus.


Vejamos:

Fé:

Ora, sem fé é impossível ser-lhe agradável. Pois aquele que se aproxima de Deus deve crer que ele existe e que recompensa os que o procuram” (Hb 11,6).

"Sem a fé, somos derrotados em tudo" (1 Jo 5,4).

Disse Jesus: “Tende fé em Deus” (Mc 11,22).

O grande teólogo e Doutor da Igreja Santo Tomás de Aquino disse: “Não ponhas em dúvida se é ou não verdade, aceita com fé as palavras do Senhor, porque ele, que é a verdade, não mente”.

Amor:

Temos que acreditar com toda a nossa razão e coração em Deus, em Sua Palavra, que é totalmente verdade. Deus é o Pai da verdade. Nele podemos confiar radicalmente para sermos possuídos em seu colo de amor.

Deus é amor” (1 Jo 4,8).

Mas, se alguém ama a Deus, é conhecido por Deus” (1 Cor 8,3).

"Quem não ama a Deus, também não ama o seu semelhante" (1 Jo 4,20).

Quem não ama a Deus e seu próximo está: “Nas trevas, é homicida, é um ser morto, é um mentiroso, é um perdido” (1 Jo 2,10.11; 3.14.15; 4,20.21).

"Quem não ama é filho do diabo" (1 Jo 3,10-12).

"Só é vencedor e feliz quem ama; e o diabo é um eterno perdedor "(1 Jo 2,13.14).

"Os filhos de Deus são nascidos por amor e vivem em amor e não vivem pecando e nem tão pouco são destruídos pelo maligno" (1 Jo 5,18).

O pior pecado do mundo é não amar. Aqui está a poderosa arma destruidora do diabo.

Disse o Papa Bento XVI: “Cada um de nós é o fruto de um pensamento de Deus. Cada um de nós é querido, cada um de nós é amado, cada um é necessário” (1).

O grande ensinamento de Jesus de Nazaré está fundamentado no amor.
Disse o Mestre dos mestres: “Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15,12).

Realmente, quem ama é propriedade exclusiva do bom Deus.

Escreve São Pedro Apóstolo: “Acima de tudo, cultivai, com todo o ardor, o amor mútuo, porque o amor cobre uma multidão de pecados” (1 Pd 4,8; Pr 10,12).

O amor nos santifica. Na medida em que amamos ardentemente, mais santificados ficamos. É no amor que caminha a perfeição. Somos conhecidos por Deus pelo amor que o Senhor ver em nossos corações.
O renomado mestre da mística cristã, reformador carmelita e Doutor da Igreja São João da Cruz afirma com categoria: “Sem o amor nada são todas as obras reunidas”.

Vejamos a nossa terceira virtude: a santificação.

Procurai a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” (Hb 12,14).

Cristo nos ensina: “Portanto, deveis ser perfeito como o vosso Pai celeste é perfeito" (Mt 5,48).

"Ser perfeito é ser santo, justo, misericordioso e puro de coração" (Mt 5,7.8).

"A vontade de Deus é a nossa santificação" (1 Ts 4,3).

Deus nos convoca à uma vida toda santa. Escreve São Pedro: “Antes, como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos também vós santos em todo o vosso comportamento, porque está escrito: Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pd 1,15.16).

 

A santidade é uma fome, uma sede, um desejo abissal na alma do cristão. O "espírito imundo" faz de tudo para atrapalhar e detonar a estrada limpa em que caminha o coração dos filhos de Deus.

Não é fácil caminhar por essa estrada de ouro. O inimigo oferece de tudo: “Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares” (Mt 4,9). Ele oferece o tempo todo: poder destruidor, dinheiro ilícito, paixões sexuais, vingança, ódio, crimes, vícios, perturbações, violências etc.

No campo das ideologias o diabo é craque. Ele propõe todo tipo de relativismo, materialismo, racionalismo, capitalismo, hedonismo e narcisismo.

A banalidade é uma das ferramentas diabólica na sociedade pós-moderna. O liberalismo é o mar da lama, que Satanás fez jogar em cima da era pós-cristã.

A descrença pelo sobrenatural, pela Tradição Cristã e pela Santa Igreja de Deus, têm sido usado como uma bomba atômica pelo diabo contra os seres humanos.

Tudo isso tem obscurecido a inteligência das pessoas, para que elas não aceitem e nem compreendam a luz do evangelho da glória de Cristo (2 Co 4,4).

O diabo é muito astuto em suas ideologias mentirosas. Ele é o mestre na arte do engano (Gn 3,13; Ap 20,10). Não é a toa que multidões jaz em seu poder (1 Jo 5,19).

O famoso poeta francês e autor da obra: As Flores do Mal, Charles Pierre Baudelaire (1821-1867) escreveu: “A maior astúcia do diabo é convencer-nos de que ele não existe”. Afirmação semelhante é do erudito cardeal e arcebispo de Milão Dom Dionigi Tettamanzi: “Não te esqueças de que o diabo existe, porque ‘sua primeira impostura’ é fazer-nos crer que ele não existe”.

 

Os ideólogos do materialismo, do racionalismo, do relativismo e da doutrina da reencarnação, inspirados por Satanás, negam o diabo, o pecado, a condenação eterna e o inferno. Por que tal negação?

"Porque o diabo é o pai da mentira" (Jo 8,44) e vai contra o Senhor da verdade (Jo 14,6). "A verdade liberta o ser humano das suas garras" (Jo 8,32).

Esta verdade está na Sagrada Escritura na Tradição e no Magistério da Santa Igreja Católica.

Daí a guerra do império do mal contra as três virtudes ensinadas pela Santa Igreja de Deus.

A Igreja do Deus vivo é coluna e sustentáculo da verdade” (1 Tm 3,16).

Fora da Igreja não existe salvação” afirmam os Padres da Igreja.

 

VITÓRIA DAS TRÊS VIRTUDES

Todo poder satânico é lançado contra as três virtudes.

Perder a fé o amor e a santidade, é perder tudo na vida terrena e celestial.

Como podemos vencer as fortalezas do diabo?

Seguindo o exemplo de Jesus Cristo. Disse Jesus: “Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás e só a ele prestarás culto” (Mt 4,10).

 

Dos que vivem em Cristo se espera um testemunho muito crível de santidade e compromisso. Desejando e procurando essa santidade não vivemos menos, e sim melhor, porque, quando Deus pede mais, é porque está oferecendo muito mais: “Não tenham medo de Cristo! Ele não tira nada e dá tudo!” (DA 352). (2)

Santa Catarina de Sena dizia: “Nada mais desejo do que a sua santificação”.

Esse santo desejo pela perfeição e a humildade, são armas que fazem cair por terra às fortalezas do inimigo, diz Santa Catarina de Sena.

Todo o nosso ser será sempre ocupado pelas três virtudes; não dando lugar ao diabo (Ef 4,27).

Fortalecidos no poder do Senhor Jesus Cristo e revestidos de toda armadura de Deus, podemos suportar e vencer todo ataque do diabo (Ef 6,10-18).

Na graça de Cristo, na sujeição do poder de Deus, na moderação, na vigilância e na resistência da fé, o diabo fugirá de nós (Tg 4,7; 1 Pd 5, 6-9).

O diabo não suporta a luz de Cristo que reina em nossa vida. Nem tão pouco o nosso anjo da guarda (Sl 34,8; At 12,7-9).

Quando São Paulo Apóstolo escreve aos cristãos de Éfeso para fortalecer no Senhor e na força do seu poder e se revestir da armadura de Deus para derrotar os ataques do diabo, se pergunta: como podemos obter esse poder e essa armadura?

Na oração, no jejum, nos retiros espirituais, nos grupos de oração, no estudo do catecismo da Igreja Católica e da Sagrada Escritura.
Na participação constante da Santíssima Eucaristia e na prática das boas obras de caridade.

Por fim, sendo fiel aos mandamentos de Deus e da Santa Madre Igreja.
E em tudo, para glória de Deus, proclamemos o santíssimo nome de Jesus (Fl 2,8-11).

Dentro desse contexto, as nossas três virtudes estão protegidas e seguras para sempre.


CONCLUSÃO

 

" diabo é uma realidade perversa, é um ser da maldade, um advogado da injustiça, um juiz da iniqüidade e um poder destruidor" (cf. Jo 10,10; Atos 5,1-10; 13, 8-12; 26,18; 2 Ts 2,9;2 Cor 11,14; 2 Pd 5,8).


Tenhamos muito cuidado com os escândalos, corrupções, brigas, divisões, violências, roubos e pecados mortais em nossa comunidade eclesial, família e sociedade. Tudo isso acontece com o intuito de fazer-nos perder a nossa fé, esfriar-nos no amor e pararmos de caminhar na estrada da santificação.

A sociedade com seus complexos mega problemas pode facilmente nos insensibilizar”, diz o escritor e monge beneditino inglês Dom Laurence Freeman.

Toda arquitetura do mal e o mega projeto do diabo são para fazer do mundo um oceano de tragédias.

Ele faz a pessoa se desviar do propósito de Deus (1 Rs 13,11-24), causa miséria e loucura (Jó 2,7; Mc 5,1-5) aprisiona com espírito de enfermidade (Lc 13,11-17), escraviza e engana com espírito de adivinhação (At 16,16-18) e leva apostasia da doutrina cristã e degradação da moral e dos bons costumes (1 Tm 4,1-3; 5,15; 2 Tm 3,1-9).

No mundo, há um mal agressivo que Satanás guia e inspira. Vivemos dias tenebrosos e somos assaltados pelo mal”, afirmou o Papa João Paulo II. (3).

A insigne mística e Doutora da Igreja Santa Catarina de Sena dizia: “O demônio é fraco e nada pode além daquilo que lhe permita”.

O grande místico São João da Cruz afirmava: “O demônio teme a alma unida a Deus como ao próprio Deus”.

Edificados na fé e batalhando por ela e com ela como presente de Deus (Judas versículos 3 e 20), vivendo o amor de Deus derramado em nossos corações (Rm 5,5) e guiado pelo espírito de santificação (Rm 1, 4; 2 Ts 2,13) chegaremos na morada do Pai Celestial.

Bendito seja Deus!


Imagens: pesquisa www.espacojames.com.br
Fonte: http://www.pelafe.net/index.htm



Ajude a manter este site no ar. Para doar clique AQUI!

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!

Lenço Branco de N. Senhora
Saiba o que é, como fazer e as orações necessárias.
Óleo de São Rafael e Santa Filomena
Saiba mais sobre este santo remédio em tempos difícies
As 15 Orações de Santa Brígida
As promessas de Jesus para a alma que rezar estas orações.
Jesus eu Confio em vós
Nada negarei a alma que às 3 hs da tarde recitar minhas orações
Devoção às Gotas de Sangue de Cristo
Será livrado das penas do Purgatório.
Para os irmãos protestantes
Foi no colo de uma mulher que Deus colocou toda esperança do mundo



Total Visitas Únicas: 8.747.955
Visitas Únicas Hoje: 1.277
Usuários Online: 375