Espacojames


Página Inicial
Listar Reflexões e P. Point




Artigo N.º 10079 - Jesus, o carpinteiro!
Artigo visto 1826 vezes




Visto: 1826
Postado em: 27/08/12 às 22:36:00 por: James
Categoria: Reflexões e P. Point
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=6&id=10079
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Reflexões e P. Point

Certa vez, houve na carpintaria uma estranha assembléia. Foi uma reunião das ferramentas para acertar suas diferenças.

O martelo exerceu a presidência, mas os participantes lhe notificaram que teria que renunciar. A causa? Fazia demasiado barulho e, além do mais, passava todo o tempo golpeando. O martelo aceitou sua culpa, mas pediu que também fosse expulso o parafuso, dizendo que ele dava muitas voltas para conseguir algo. Diante do ataque, o parafuso concordou, mas por sua vez, pediu a expulsão da lixa. Dizia que ela era muito áspera no tratamento com os demais. A lixa acatou, com a condição que se expulsasse a trena, que sempre media os outros segundo a sua medida, como se fora a única perfeita.

Nesse momento entrou o carpinteiro, juntou o material e iniciou o seu trabalho. Utilizou o martelo, a lixa, a trena e o parafuso. Finalmente, a rústica madeira se converteu num lindo móvel. Quando a carpintaria ficou novamente só, a assembléia reativou a discussão. Foi então que o serrote tomou a palavra e disse:

- Senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o carpinteiro trabalha com nossas qualidades, com nossos pontos valiosos. Assim, não pensemos em nossos pontos fracos, e concentremo-nos em nossos pontos fortes.

A assembléia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para limar e afinar asperezas e a trena era precisa e exata. Sentiram alegria pela oportunidade de trabalhar juntos.”

(Autor desconhecido)

--

Moral da História 

Em qualquer grupo ou reunião de pessoas é comum observarmos situação similar à descrita acima. Sejam eles grupos seculares ou religiosos… Quando buscamos defeitos no outro o ambiente torna-se desagradável, a situação fica tensa e negativa. Contrário a isso, quando buscamos com sinceridade enxergar, no outro, as qualidades e atributos, o amor de Cristo acontece.

Jesus Cristo é o “carpinteiro”! Jesus em sua imensa misericórdia olha para nós e vê simplesmente perfeição. Sim! Perfeição, porque fomos feitos pelas mãos de Deus. “O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra” (Gn 2, 7). Sendo Deus perfeito, Ele nos criou sua imagem e semelhança. Mesmo envolvidos pela imperfeição do pecado, Jesus sempre olha para nossas qualidades. Jesus nos ama! Jesus é o próprio amor, e o amor é o primeiro dom. Ele contém os demais.

Irmão, analise como andam os seus relacionamentos. Você anda observando sempre as imperfeições e erros dos outros, ou procura imitar Cristo agindo com misericórdia com seu irmão? Antes da condenação, procure ouvir seu irmão. Ele pode estar precisando de sua ajuda.

Nosso papel aqui é nos prepararmos para o céu, e a única forma de obter isso é amando uns aos outros. Se você mantém o foco no amor, Deus muda tudo.



André Borges

Membro da fase do discipulado da Comunidade Obra de Maria


 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 6.742.633
Visitas Únicas Hoje: 1.014
Usuários Online: 307