Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 933 - Nos Domínios da Besta
Artigo visto 3730 vezes




Visto: 3730
Postado em: 11/01/09 às 14:36:15 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=933
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Depois que a imprensa escrita e falada anunciou abertamente sobre o implante de chip no corpo humano, através de matérias e artigos, muitas pessoas enviaram mensagens pedindo esclarecimentos e informações. Sendo que alguns irmãozinhos que há 3 anos atrás, quando este site anunciou que num futuro muito próximo isto tudo iria acontecer, e que não seria ficção ou coisas de loucos e fanáticos religiosos, estes irmãozinhos agora reconhecem que realmente tudo está acontecendo muito mais rapidamente que eles imaginavam.
Mas vamos adiante com este assunto sobre o implante de chip, primeiramente vamos ler abaixo algumas notícias que a imprensa noticiou, afim de esclarecer e informar melhor a realidade destes fatos.


Quinta, 28 de fevereiro de 2002

Chip cutâneo ou obra do Grande Irmão?

De 007 a Austin Powers, Hollywood já implantou chips com informações secretas na pele de quase todos os seus espiões. Mas o que era ficção está bem próximo de virar artigo de consumo. É que uma empresa de Palm Beach chamada Applied Digital Services só está esperando a aprovação da Food and Drug Administration, o departamento de agricultura do governo dos EUA, para começar a vender por US$ 200 a unidade um chip do tamanho de um grão de arroz. Seu nome é VeriChip. Funciona assim: o cliente interessado compra o chip e a Applied Digital grava a informação desejada, o histórico médico do paciente, por exemplo, no produto. Este é então inserido numa cápsula de 12 mm por 2,1 mm e implantado sob a pele e monitorado por algumas semanas para a certificação de que ele não se moveu nem causou infecção. Como o VeriChip não possui fonte interna de energia, para resgatar os dados nele armazenados é preciso deslizar um tipo especial de scanner sobre a pele exatamente acima do chip. Dotado de um filamento externo de 1 mm que funciona como antena, o VeriChip é ativado pelas ondas de radiofreqüência emitidas pelo scanner e captadas pela anteninha.
O uso de um dispositivo como este pode ser útil para gravar dados médicos, mas ele é mesmo necessário? Placas de identificação no pescoço com o tipo de sangue, fator RH, etc, existem há décadas e funcionam muito bem, obrigado. Por outro lado, um instrumento como o VeriChip suscita inúmeras implicações éticas. Num momento em que os políticos de Washington estão obcecados com a segurança após os atentados de 11 de setembro, quem pode garantir que algum legislador maluco não queira um dia tornar obrigatório o implante de chips em todos os terroristas do Al Qaeda e prisioneiros de Guerra do Afeganistão? O passo seguinte seria inserir o chip nos presos do sistema carcerário. A seguir, quem sabe, em todos ex-presidiários? E depois? A hipótese de um dia chegar a vez dos membros de uma minoria étnica, religiosa ou sexual não pode ser descartada. Parece coisa do Grande Irmão, o ditador onisciente da vida dos cidadãos cultuado no romance 1984, de George Orwell, e fonte de inspiração para os programas Casa dos Artistas, do SBT, e Big Brother Brasil, da rede Globo.

Fonte Isto È Digital


Quarta-feira, 20 de março de 2002

NO MUNDO DOS CHIPSONS


Depois de se tornar o primeiro cyborg brasileiro, empresário irá vender aqui o chip injetável anti-seqüestro que será testado até nos EUA

Arregace as mangas. Não vai doer nada. Em menos de dez segundos, um chip do tamanho de um grão de arroz será inoculado com uma seringa no seu ombro. Quase que imediatamente após a picada, seu nome completo, idade,
batimentos cardíacos, temperatura corporal, a taxa de açúcar no sangue e a sua exata localização no espaço serão transmitidos para a estratosfera, onde um satélite encaminhará as informações para uma central de atendimento na Terra. A monitoração será total. “É uma questão de segurança. Se o prefeito de Santo André (Celso Daniel) tivesse um desses, ele teria sido encontrado rapidamente”, diz Antônio de Cunha Lima, um administrador de empresas que quer inocular um chip em seu próprio ombro nas próximas três semanas. Lima é um dos proprietários da Central Brasileira de Negócios (CBN) e tem planos de iniciar a comercialização do chip humano em abril. Os prazos estão sujeitos a pequenas alterações porque a atual versão do chip ainda não traz embutido o dispositivo de localização por satélite – o que deve acontecer em breve. Mas Lima está decidido. Com ou sem o dispositivo de comunicação com o espaço, o produto estará disponível em uma dezena de quiosques de shopping centers, nos Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. A injeção será feita no próprio local e o custo total, incluindo o chip, será de aproximadamente R$ 700. “Queremos um produto de acesso fácil para a classe média”, diz Lima. “São eles os mais assustados com os seqüestros.”

Fonte Isto È Dinheiro


Sexta-feira, 5 de Abril de 2002 - 08h44

Chip de identificação pessoal já é realidade nos EUA


Em breve, os cidadãos americanos poderão ter chips de identificação pessoal inseridos em seu corpo. Tudo dependerá da aprovação da Food and Drug Administration, que monitora as indústrias alimentícia e farmacêutica na nação, que está prestes a dar o sinal verde para que a novidade seja comercializada naquele país.

A tecnologia chegará ao mercado pelas mãos da Applied Digital Solutions, criadora do VeriChip. Com o tamanho de um grão de arroz, o dispositivo tem capacidade para guardar informações que podem ser lidas através de scanners eletrônicos especiais.

A FDA, no entanto, adiantou que só aprovará o implante dos chips se os mesmos forem utilizados para armazenar dados de saúde, informou o jornal USA Today. Por enquanto, a Applied Digital está em discussões com o órgão para provar que a tecnologia trará benefícios inquestionáveis para hospitais e médicos, como conter informações sobre um paciente que chega desmaiado em uma emergência.

Até que a entidade libere o uso dos chips, a tecnologia só poderá ser utilizada para fins de identificação numérica - e não implantada em seres humanos. A empresa acredita que o VeriChip custará cerca de US$ 200. Já o scanner para a leitura dos dados, entre US$ 1 mil e US$ 3 mil. Segundo a criadora, o dispositivo é implantado em um consultório médico através de um equipamento semelhante a uma grande agulha.

Fonte PC News


Sexta-feira, 5 de Abril de 2002 15:45:45

EUA aprovam venda de chip subcutâneo para identificar pessoas

Os Estados Unidos aprovaram ontem a venda de chips subcutâneos para identificação. A única restrição são dados médicos, que não podem ser gravados nos chips.

Com a decisão da FDA (Federal Food and Drug Administration), órgão regulador norte-americano, o VeriChip, da Applied Digital Solutions, já pode ser implantado em pessoas que temem sequestros.

Do tamanho de um grão de arroz, o VeriChip funciona por ondas de rádio e, aqui na América do Sul, vem com uma unidade GPS para localização à distância. Ele custa cerca de US$ 200 e possui uma taxa de manutenção anual de US$ 40.

A idéia inicial do VeriChip passava bem longe de sequestros. O objetivo do circuito era guardar dados médicos de pacientes que, mesmo inconsciêntes ou impossibilitados de dizer seu estado ao médico, poderiam ser atendidos conforme seu histórico.

Em ambos os casos, o chip levantou sérias questões sobre privacidade. Tanto que a inserção de informações médicas foi proibida pela FDA. Mas o medo que cerca os Estados Unidos após os atentados e o abismo social da América do Sul que fez explodir o número de sequestros na regiãoé que levaram o governo norte-americano a aprovar o uso do chip.

Fonte Folha on line


Chip anti-seqüestro


Brasileiros e americanos serão
cobaias de implante que permite
localização por satélite

"O Brasil deve estrear em breve uma munição de altíssimo calibre tecnológico na guerra contra os seqüestradores. Feita de plástico, pouco maior que um grão de arroz e invisível aos bandidos, ela pode frustrar muitas das ações das quadrilhas de seqüestradores. A nova arma é um microchip abrigado numa pequena cápsula implantável. Um cirurgião insere o chip sob a pele da pessoa. A peça miniaturizada emite sinais ininterruptos que podem ser captados pela polícia e levá-la até onde está a vítima. O empresário Antônio de Cunha Lima, 46 anos, será o primeiro brasileiro a receber o implante. A convite dele, os americanos que criaram o aparelho desembarcam em São Paulo ainda neste mês para instalar a peça. Depois de um procedimento rápido – anestesia local, injeção e curativo –, Cunha Lima terá entrado para a história da tecnologia.

O equipamento chama-se VeriChip e foi projetado pela Applied Digital Solutions, a mesma empresa que criou um dispositivo batizado de Digital Angel, já à venda nos Estados Unidos. A principal diferença entre os dois é o formato. O último é instalado num relógio de pulso. O VeriChip, por sua vez, fica dentro do corpo, no ombro ou no antebraço. Equipado com um pequeno transmissor de sinal, o aparelho pode transmitir uma quantidade de informações suficiente para incluir uma ficha médica da pessoa. No caso do chip que se espera vender no Brasil, ele emitirá apenas um bip de localização por satélite, capaz de permitir a monitoração dos movimentos do usuário em tempo real. Esta será a versão trazida ao Brasil por Cunha Lima.

O empresário quer vender o aparelho como uma espécie de guarda-costas eletrônico. Um exemplo de seus benefícios: se dispusesse do chip, o publicitário Washington Olivetto poderia ter sido encontrado poucos minutos depois de capturado pelos bandidos. Os clientes potenciais não serão apenas empresários e políticos. O equipamento deve beneficiar até a classe média, também na mira dos seqüestradores. Cunha Lima acredita que poderá vender o chip por menos de 1.000 reais e ainda cobrar uma taxa mensal. "Tem tudo para ser um sucesso de vendas no Brasil", diz ele.

Nos Estados Unidos, onde seqüestro é um crime absolutamente incomum, o VeriChip vem sendo considerado um aparelho de auxílio aos médicos. Os testes aguardam uma autorização do FDA, órgão que regulamenta os alimentos e remédios vendidos no país. Com o sinal verde do governo, três americanos serão os pioneiros no uso do chip: o dentista Jeffrey Jacobs, sua mulher, Leslie, e o filho, Derek. Jeffrey teve câncer, e Derek é alérgico. Em caso de emergência, qualquer hospital poderá ter acesso instantâneo ao histórico médico estocado no chip usando equipamentos de leitura comuns nas equipes de paramédicos. A idéia de participar da experiência foi do garoto, um pequeno gênio da informática. Aos 12 anos, Derek tornou-se engenheiro de sistemas com certificado da Microsoft. Aos 13, abriu sua empresa. Agora, aos 14, quer virar um menino biônico. "Será uma revolução. Eu não poderia ficar de fora", diz, animado."

Fonte Revista Veja


10 de Maio de 2002

Chip armazena dados do paciente

The Independent  (ANDREW GUMBEL)

Los Angeles, EUA - Parece um pesadelo de ficção científica: humanos com um chip implantado, capaz de armazenar seus mais íntimos segredos. Entretanto, o objetivo confesso do chamado VeriChip é orientar médicos que atendem nas emergências, fornecendo-lhes dados sobre pacientes. Os testes serão feitos com voluntários, que terão o chip, do tamanho de um grão de arroz, implantado no alto das costas. Um deles é um homem de 83 anos com mal de Alzheimer na fase inicial e sem condições de contar aos médicos tudo que precisam saber sobre sua saúde.
Entre os voluntários há também uma família inteira da Flórida, os Jacobs. Jeff Jacobs faz terapia para câncer, mas sua mulher, Leslie, e o filho adolescente, Derek, participam só para aparecer na mídia. Os Jacobs permitiram que um popular programa de tevê transmita o implante ao vivo, para milhões de pessoas. A decisão deixou estarrecidos os defensores das liberdades civis, preocupados com a possibilidade de que o chip médico seja o primeiro passo numa perigosa estrada rumo ao controle institucionalizado ''Quem vai decidir quem terá um chip implantado?'', pergunta Marc Rotenberg, do Electronic Privacy Information Center. ''É uma maneira mais fácil de controlar alguém; é como pôr uma coleira em um animal''.

Fone: JB on line


Segunda-feira, 13 de maio de 2002 - 09h24

Humanos começam a receber chip com dados

Oito americanos receberam, na sexta-feira, o implante de chips de silício com informações médicas sobre eles. Essas pessoas, portadoras do mal de Alzheimer, são as primeiras no mundo a testar se o chip criado pela Applied Digital Solutions, o VeriChip, funcionará.

De acordo com o LATimes.com, o equipamento quase invisível também poderá ser usado por outros humanos com histórico médico complicado. O chip só é perceptível com o auxílio de scanners especiais, que ativam a leitura do mesmo por ondas de rádio. Mas, por enquanto, segundo a matéria, os pacientes ainda não terão dados específicos, como alergia a determinados medicamentos, por exemplo: apenas o endereço e a identificação de quem é aquela pessoa.

A Applied Digital diz que há pelo menos quatro mil pessoas na lista de espera por um implante igual – por motivos que vão de alergia a antibióticos a querer se sentir mais seguro em caso de acidentes ou seqüestro.

Mas, mesmo tendo sido liberado pela FDA (o organismo que regula o setor de alimentos e medicamentos nos EUA), o VeriChip ainda está cercado de muita polêmica: o diretor do Centro de Privacidade da Informação Eletrônica, Marc Rotenberg, por exemplo, acredita que o produto será usado para se controlar pessoas. "As pessoas podem decidir que seus filhos devem fazer o implante, ou ainda seus próprios pais, como uma maneira mais fácil de administrá-los. É como colocar uma coleira em um animal de estimação", declarou.

A Applied Digital afirmou ao LATimes já ter recebido diversos pedidos do México e do Brasil, não só de empresas interessadas em comercializar o VeriChip como também do governo - como uma forma de ajudar no resgate de pessoas seqüestradas. Nos Estados Unidos, cada chip sai por 200 dólares, mais uma taxa mensal de 10 dólares para o serviço de armazenamento de dados.

Renata Mesquita, do Plantão INFO


Seria Realmente a Marca da Besta ?

Estimados irmãozinhos, como vocês leram nas notícias acima, a humanidade já caminha para o implante do chip à nível mundial, será só uma questão de tempo para isto tornar-se obrigatório em todos os governos do mundo. 
Como eu já havia dito no início deste artigo, muitas pessoas diziam há alguns anos atrás, que tal coisa era totalmente impossível de acontecer, que era ficção, coisa de filme ou simplesmente coisas de pessoas loucas e fanáticas. 
Dizem que o pior cego é aquele que não quer enxergar, e neste caso, este ditado se faz presente. Se muitas pessoas ainda disserem que o implante de chip no corpo das pessoas é uma mera ficção ou que este fato irá demorar muito para acontecer, acho que devem rever seus conceitos sobre a humanidade, e também as suas certezas e convicções com relação as pessoas que verdadeiramente estão no governo do mundo, escondidos nos bastidores,  por de trás dos acontecimentos que atingem a nossa vida diariamente, pois comandam a humanidade secretamente, sem serem percebidas. Infelizmente a sociedade seguirá sem hesitar ao comando dos "agentes da Besta", pois a maioria dos homens não vai querer ficar em dificuldades financeiras e sociais, muito menos ser considerado uma pessoa contrária as normas da sociedade e do governo. Sendo assim, mais cedo ou mais tarde, se estiver vivendo na cidade, terá que se submeter ao implante do chip, pois não haverá muitas opções para sobrevivência diária na sociedade, quase tudo será controlado por computadores (alias, como já é), os cidadãos serão monitorados por satélites, que vão também controlar todos os seus movimentos, quem não quiser colaborar com a "nova ordem mundial", certamente será excluído da sociedade do futuro. 
E muitos vão perguntar: "Mas excluídos! Como?"
A resposta é muito simples: Se as empresas começarem a adotar os chips, como as pessoas que trabalham nas mesmas, irão conseguir continuar as suas funções se não concordam com a inovação da empresa, seja por segurança ou mesmo  por avanço tecnológico. Se está empresa optar pelo implante de chips nos seus funcionários, como você pretende continuar no seu emprego? O mesmo serve para os condomínios fechados, clubes sociais, Bancos e caixas 24 horas, viagens nacionais e principalmente internacionais, hospitais, escolas, consultas médicas e etc...
Sem falar, na camada mais alta da sociedade que já está pronta à pagar para ser implantada, afim de evitar seqüestros, e até para segurança de toda a sua família. Será como um grande jogo de dominós, onde cair uma pedra, vão caindo uma a uma. E vai começar por aqueles que mais tem condições financeiras, portanto serão os que mais aprovarão a idéia deste implante, pois vão se sentir seguros ante a ameaça diária da violência na sociedade, visto que terão todos os seus passos monitorados 24 h por satélites.
Além é claro, que se o governo um dia decretar lei obrigatória a identificação de todos os cidadão pelos chips implantados na pele, então para você não ser considerado um fora da lei, terá que infelizmente se isolar da sociedade, e ir para o campo, a procura daqueles que também não concordam em ser marionetes da Besta, escravos totalmente monitorados pelo governo único mundial, ou seja o gado da  "nova ordem mundial'. 
Hoje, tudo descrito acima ainda é uma realidade fictícia para você, mas depois de tudo que você leu nas notícias deste artigo, será que realmente está ficção não vai pouco a pouco se aproximando da realidade? Mas claro, se você for uma dessas pessoas que aprecia avanços tecnológicos, não importando se servirá para o bem ou para o mal da humanidade, que acha normal tudo que acontece no mundo, que só visa o seu bem estar social e suas aspirações de crescimento na sociedade, que não se importa com a aprovação do aborto, da eutanásia, das drogas e do sexo livre. E se também acha que todos os caminhos levam a Deus, a mistura de seitas e religiões, pois você considera-se uma pessoa de mente aberta e moderna, um defensor de uma religião única e universal. Que católicos, evangélicos, espíritas, budistas, muçulmanos, judeus, esotéricos e etc.., precisam todos se unirem numa só religião única universal, para o bem da humanidade, que todos devem procurar o seu Céu, Paraíso, Éden, Plano Espiritual, Eternidade e etc, não se importando com tudo aquilo que está descrito na Bíblia Sagrada. (pois para estes não passa de um livro de histórias)
Se você for uma destas pessoas que  realmente pensam desta maneira, pode até desconsiderar tudo que leu, pois certamente você já é um "agente da Besta", mas talvez nem saiba. Assim, deve estar neste momento achando que isto tudo é uma bobagem, coisas de fundamentalistas religiosos, e que o implante de chip será a solução definitiva para muitos problemas da sociedade como: segurança pessoal e empresarial, diagnósticos médicos, agilidade nas transações financeiras, fim da violência, comodidade de compras, simples identificação de todos os documentos e etc...
Porém irmãozinho, saiba que tudo neste mundo tem um preço, neste caso você já vai começar a pagar aqui mesmo na Terra, e depois por toda a eternidade.

Aqui mesmo na Terra: porque você vai notar cedo ou tarde que perdeu toda a sua privacidade, terá uma liberdade somente aparente, porque se hoje infelizmente já somos em parte escravos financeiramente da sociedade de consumo, pois temos que comprar tudo com o nosso dinheiro (alimentos, vestuário, planos de saúde, serviços básicos e etc), esforço do nosso trabalho, para poder sobreviver na sociedade. E somente para lembra-lo, que a maioria dos produtos de consumo já está toda marcada com a marca da Besta, que é o código de barras dos produtos, e agora chegou a nossa vez de também receber tal marcação. Então imagine seus passos serem monitorados 24h diariamente, será realmente o fim da liberdade humana, e o pior, com a permissão da maioria da sociedade. Claro, que os agentes da Besta atualmente não vão chamar a tua atenção para este detalhe de você ser acompanhado nas 24h do dia, mas eles no momento se esforçarão para mostrar somente o lado positivo do implante do chip, apelando para a área da saúde, e para a área  da segurança, pois está onda de violência desenfreada, que os governos já não estão conseguindo mais controlar, será uma grande desculpa para acelerar os implantes.

E depois por toda a eternidade: porque está bem claro na Sagrada Bíblia:
"Seguiu-os ainda um terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na fronte, ou na mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus, que se acha preparado sem mistura, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, nem aquele que recebe o sinal do seu nome" (Apocalipse 14:9-11).


E mais uma vez lembrando também da seguinte passagem Bíblica:
“Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos tivessem um sinal na mão direita e na fronte , e que ninguém pudesse comprar ou vender se não fosse marcado com o nome da fera ou com o número do seu nome “ (Apocalipse 13,16 e 17)


Claro, mais uma vez torno a dizer, que muitos estão comprometidos com as riquezas do mundo, e não darão a mínima para as passagens Bíblicas, pois para estes, o importante é acumular riquezas aqui mesmo na Terra e não no Céu.
E diz a Sagrada Bíblia:
"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas." (Mt 6, 24)

E então...
"Então, estando dois homens no campo, será levado um e deixado outro; estando duas mulheres a trabalhar no moinho, será levada uma e deixada a outra. (Mt 24, 40)

Estimados irmãozinhos, não pretendo com este breve artigo, e com os outros apresentados neste site, convencer ninguém da ameaça real que paira sobre a humanidade inteira, porém tenho que alertar sobre estes fatos, pois o Rei Jesus já dizia: "Digo-vos que, se estes se calarem, as pedras clamarão". (Lc 19, 40)

Sendo assim, alguns não vão ser pegos de surpresa pelo inimigo infernal, pois já vão estar preparados quando este se passar por benfeitor da humanidade, afim de escravizar as almas aqui mesmo na Terra, e depois na eternidade. Mas infelizmente a grande maioria  será pega de surpresa pela marca da Besta, pois estão alienados às coisas que o mundo lhes oferece, vão achar tudo muito normal, principalmente os jovens, que são os primeiros a aderirem as novidades do mundo. Quanto a mim, prefiro ser visto como louco e fanático religioso, e assim desagradar a maioria dos homens comprometidos com o mundo materialista, do que desagradar a Deus, porque...
"Quem pretende ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tgo 4, 4) 
E mesmo você não estando convencido, que este chip seja realmente a marca da besta, pois alguns até na própria internet alegaram que tal marca seria apenas espiritual, e não também física, então me explique nesta passagem Bíblica:
"
ninguém pudesse comprar ou vender se não fosse marcado com o nome da fera ou com o número do seu nome" (Apocalipse 13, 17)
Todos sabemos, conforme eu já disse antes, que enquanto vivermos na Terra, precisamos de alimentação, vestuário, atendimento médico e tantas outras coisas para sobrevivermos, uma necessidade básica de compra e venda, é ai que a marca da besta se encaixa como uma marca física, e não somente espiritual como muitos acham.
Esteja alerta irmãozinho, e que os Anjos do Senhor continuem a vos guardar !


www.portalanjo.com



LEIA TAMBÉM
MARCADOS PELA BESTA
Domínio da Nova Ordem Mundial
Brasileiros fazem fila para ter implantes de chips que se comunicam com satélite.
Século 21: Liberdade sob Controle
Bem Vindo a Sociedade do Século XXI - Marca da besta Parte 3
A NOVA ORDEM DIGITAL E O NÚMERO DA BESTA 666
A BESTA, SUA MARCA E REINO
A MARCA DA BESTA
A VERDADE SOBRE OS CÓDIGOS DE BARRAS E OS CHIP´S



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.330.423
Visitas Únicas Hoje: 318
Usuários Online: 230