Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 9294 - 26 assassinatos atingiram a Igreja Católica em 2011. Números superam os de 2010!
Artigo visto 1680 vezes




Visto: 1680
Postado em: 02/01/12 às 08:32:32 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=9294
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

26 assassinatos atingiram a Igreja Católica em 2011. Números superam os do ano anterior, com destaque para as mortes no continente americano.

(30/12/2011) A agência Fides, do Vaticano, revelou que 26 agentes pastorais da Igreja Católica foram assassinados em 2010, com destaque para o continente americano, com 15 mortes.

O número é inferior ao de 2009 (37 mortes), que tinha sido o mais elevado na última década, mas ultrapassa o registo de 2010 (25), incluindo 18 padres, quatro religiosas e quatro leigos.

Pelo terceiro ano consecutivo, o maior número de mortes aconteceu na América, onde foram assassinados 13 padres e dois leigos, sobretudo na Colômbia (sete pessoas) e no México (cinco).

Dois padres, três religiosas e um leigo foram mortos em África, seguindo-se a Ásia, que assistiu à morte violenta de dois padres, uma religiosa e um leigo.

Segundo a Fides, um sacerdote católico foi morto na Europa.

O elenco refere-se não só aos missionários, mas a todo o pessoal eclesiástico que faleceu de forma violenta ou que sacrificou a sua vida consciente do risco que corria.

A agência explica que entre os membros desta lista “provisória”, vários “foram vítimas da própria violência que estavam a combater ou da disponibilidade para ir ao encontro dos outros, colocando em segundo plano a sua segurança pessoal”, enquanto outros foram assassinados em tentativas de assalto ou sequestro.

Segunda-feira, no Vaticano, o Papa tinha lembrado que “também hoje, a adesão sincera ao Evangelho pode exigir o sacrifício da vida e muitos cristãos, em várias partes do mundo, estão expostos a perseguições e, por vezes, ao martírio”.

A Fides destaca, entre os casos apresentados, a morte da irmã Angelina, de 37 anos, assassinada pelo Exército de Resistência do Senhor (LRA, baseado no Uganda) quando prestava assistência sanitária aos refugiados do Sudão do Sul.

Uma das situações mais mediáticas foi o assassinato de Elizabeth Macías Castro, jornalista católica de 39 anos, encontrada na rua, decapitada, após ter sido raptada por narcotraficantes.

Segundo os dados da agência do Vaticano para o mundo missionário, entre 1980 e 2011 morreram mil agentes pastorais da Igreja Católica, 281 dos quais na última década.


Fonet:
http://www.radiovaticana.org/por/Ar
ticolo.asp?c=550805



LEIA TAMBÉM
Um presente das crianças coreanas para Bento XVI
Kateri Tekakwitha, a primeira santa indígena norte-americana
Filho de padre briga na justiça por herança em Patos de Minas
Igreja uruguaia promete excomungar políticos que aprovarem a lei do aborto no país
Clérigos se envolvem em pancadaria na Igreja da Natividade na Cisjordânia
Bispo rechaça ensinar as crianças que existe um “terceiro sexo”
Padre cancela batizado ao descobrir que padrinho era “casado” com outro homem
O Papa convida a abandonar o "orgulho intelectual" para reconhecer o Deus feito menino no Natal
Nuvens em forma de tsunami são flagradas nos EUA



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.170.064
Visitas Únicas Hoje: 308
Usuários Online: 283