Espacojames


Página Inicial
Listar Destaque




Artigo N.º 1598 - Chuva deixa 21 municípios em situação de emergência no Pará
Artigo visto 2207 vezes




Visto: 2207
Postado em: 14/05/09 às 21:56:38 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=1598
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

O Pará já registra 21 municípios em situação de emergência por causa das fortes chuvas e cheias do rios, segundo o último boletim da Defesa Civil do estado. Situação de emergência é o reconhecimento legal pelo poder público de situação anormal, provocada por desastres, causando danos à comunidade afetada.



Na região do Baixo Amazonas são sete os municípios: Santarém; Porto de Moz; Monte Alegre; Prainha; Óbidos, Almerim e Alenquer.

Em Santarém, o nível do Rio Tapajós atingiu 8,06 metros, quando a cota de alerta é 6,26. Com a enxurrada, cinco famílias estão desabrigadas e 868, desalojadas. Em Monte Algre, uma enxurrada atingiu 546 famílias. O município de Oriximiná também deve decretar situação de emergência por causa de enchentes.

Na região sudeste do estado, são três os municípios em situação de emergência. Água Azul do Norte e Abel Figueiredo, além de Marabá, onde o nível do Rio Tocantins já alcançou 10,85 metros, 85 centímetros acima da cota de alerta. Com a enchente, 438 famílias estão desabrigadas e 262, desalojadas.

Mais famílias desabrigadas

Em Parauapebas a situação não é diferente. A enchente do Rio Parauapebas já atingiu 178 famílias, entre desalojadas e desabrigadas. O município deve decretar situação de emergência. Em Tucuruí, 89 famílias já foram remanejadas de forma definitiva e o município segue sob monitoramento da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

Na região sudoeste do Pará a situação é ainda pior. São dez municípios em situação de emergência. Em Itaituba, a enchente do Rio Tapajós, que atingiu 9,28 metros, já deixou 300 famílias desalojadas e 13 desabrigadas. Em Altamira, o nível do Rio Xingu já está em 7,90 metros. Mais de 250 famílias já foram atingidas pela enchente no município.

Anapu, Aveiro, Vitória do Xingu, Trairão, Senador José Porfírio, Jacareacanga e Rurópolis também sofrem as conseqüências das enchentes e enxurradas que atingem o Pará. Em Novo Progresso, 87 famílias estão desalojadas.

Desastre social

Na região nordeste, o município de Tailândia também decretou situação de emergência, em função de desastre social. O município perdeu muitos postos de trabalho após operações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para combater o comércio ilegal de madeira. A indústria madereira é a principal atividade econômica do município.

Jacundá também já decretou situação de emergência por causa de enxurrada e Aurora do Pará deve decretar devido enchentes.



Fonte:
http://portalamazonia.globo.com:80/noticias.php?idN=66641&idLingua=1





LEIA TAMBÉM
Gripe A pode resultar de erro humano
Enchente danifica estrutura da Orla e da Avenida Tapajós
Santarém - Rio Tapajós chega a 9.6 m acima do nível normal e não para de subir
Norte - Ribeirinhos enfrentam a pior cheia dos últimos anos
Mais Fotos de Santarém, as chuvas continuam...
2012, a nova data para o fim do mundo - Verdade ou Mentira?
Nível dos oceanos pode subir 25% a mais do que o esperado
Cerca de 700 quilômetros quadrados de gelo da Antártida já caíram no oceano
Gripe suína poderá causar 30.000 mortos na França



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.569.660
Visitas Únicas Hoje: 2.148
Usuários Online: 434