Recorde de acesso em:
23/03/2016
é de 7.940
Total Visitas Únicas: 5.513.513 Visitas Únicas Hoje: 1.668
Usuários Online: 196
Sistema de Busca
Documento sem título

Qual a aparição de Nossa Senhora mais importante na História?

Medjugorje

Fátima














Newsletter Espacojames
Receba nossas atualizações diretamente no seu Email - Grátis!
 

Destaque




Salvar em PDF






Visto: 165 - Impresso: 4 - Enviado: 0 - Salvo em Word: 1
Postado em: 09/01/18 às 11:50:47 por: James
Categoria: Destaque
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=41&id=14845
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Destaque

Dois irmãos, entre 8 e 12 anos, teriam sido raptados na Argentina e decapitados em oferenda ao diabo no Rio Grande do Sul

Polícia Civil de Novo Hamburgo, no Estado brasileiro do Rio Grande do Sul, prendeu quatro pessoas de uma lista de sete suspeitos de participação em suposto ritual satânico no qual duas crianças teriam sido sacrificadas em oferenda ao diabo.

Entre os presos estão o homem apontado como líder do templo satânico e um dos dois sócios que teriam contratado o ritual humano por R$ 25 mil a fim de obterem prosperidade econômica em negócios imobiliários e na compra e venda de carros. O outro sócio está foragido. Também entre os foragidos há um argentino que, segundo o delegado Moacir Fermino, teria sido o responsável por raptar as crianças no seu próprio país, em troca de um caminhão roubado, e trazê-las ao Brasil.

As crianças assassinadas seriam um menino e uma menina, irmãos, com idades entre 8 e 12 anos. Partes de seus corpos, esquartejados, foram encontradas em setembro de 2017, quando tiveram início as investigações.

Os acusados, além de negarem envolvimento, afirmam não conhecer o homem apontado como autor do ritual satânico. A polícia, porém, afirma ter provas documentais e relatos de testemunhas que confirmam tanto a relação entre os acusados quanto a realização do ritual. O delegado também considera que deve haver outras vítimas de rituais satânicos praticados pelo mesmo líder.

O ritual
Sempre segundo o delegado Moacir Fermino, há indícios de que um dos sócios participantes no culto satânico tenha passado por um ritual prévio no qual “renunciou a Jesus” dentro de uma igreja, onde teria derramado sangue sobre uma Bíblia. “Temos várias Bíblias que serão analisadas“, informou.

Quanto às crianças sacrificadas, a perícia comprovou que, no corpo do menino, “há dosagem altíssima de álcool“. No caso da menina, foram identificadas marcas de perfuração de faca em um dos membros encontrados. Os crânios não foram achados até o momento.

Uma das testemunhas relatou à polícia que viu o menino amarrado a um pedestal e a menina deitada no chão, dentro de um recinto do templo em penumbra, iluminado apenas por velas. Os participantes do culto estavam ajoelhados ao redor. As testemunhas afirmam que não permaneceram no templo até o fim do ritual. A polícia considera que as crianças teriam sido decapitadas por meio de torniquetes.

O ritual teria ocorrido em uma noite de lua crescente e envolveria uma série de simbolismos relacionados com o número 7. O demônio cultuado seria Moloch, vinculado ao sacrifício infantil.

Durante o ritual, os participantes teriam consumido carne e bebido sangue das vítimas.

Um casal que mora perto do templo, no entanto, declarou à imprensa que já participou de vários rituais religiosos no local, mas nenhum que envolvesse sangue ou sacrifício de seres vivos de qualquer espécie.

Polêmica em torno à “revelação”
As investigações começaram sob a responsabilidade do delegado titular Rogério Baggio, mas, durante as suas férias, foram assumidas pelo delegado Moacir Fermino. Foi Fermino quem recebeu as primeiras informações sobre o envolvimento dos seguidores do templo satanista.

Fermino chegou a afirmar em diversas ocasiões que parte da investigação se baseou na “revelação” de dois “profetas”. De acordo com matéria do portal G1.com, ele teria declarado:

Uma dessas pessoas estava comigo no carro quando teve a revelação e a outra me ligou e me pediu para levar um caderno [onde seriam anotadas as revelações]”.

O delegado Rogério Baggio deverá agora reassumir o caso, mas a polícia nega que as crenças religiosas de Fermino possam ter prejudicado ou influenciado as investigações.

O diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Fábio Motta Lopes, afirmou que, “apesar de ter sido utilizado um termo, na minha visão, inapropriado, efetivamente as investigações seguiram o rumo adequado“. Ele afirma ainda que o delegado Fermino não foi afastado: “O que houve é o encerramento do período de férias do titular da Delegacia de Homícidios, que reassume a titularidade do órgão policial e, consequentemente, a investigação“. E acrescenta:

Há provas testemunhais que levam a um ritual macabro, satânico, em que duas crianças acabaram sendo sacrificadas com indícios suficientes de autoria. Se assim não fosse, o Poder Judiciário dificilmente decretaria a prisão”.

Provas em análise
Entre as provas que fazem parte do inquérito estão os corpos esquartejados das duas crianças, os relatos das testemunhas, inclusive oculares, e o material recolhido no templo, que, além de objetos e vestes rituais como capa e máscara, inclui documentos e vídeos. As análises periciais, segundo Fermino, ainda podem levar dois meses.



Fonte: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/sete-suspeitos-de-ritual-satanico-com-morte-de-criancas-no-rs-tem-prisao-preventiva-decretada.ghtml











Postado por: James - www.espacojames.com.br em: 09/01/18 às 11:50:47 h.


Saiba como contribuir com nosso site:

1) O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!   [ Leia + ]

2) - Receba diariamente os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui! é grátis!
 
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por aqui!

4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações clique no botão abaixo.




LEIA TAMBÉM











Copyright 2006 - 2015 - www.espacojames.com.br - Todos os Direitos Reservados - Santarém - Pará - Brasil
Desenvolvido por: ESPACOJAMES