Espacojames


Página Inicial
Listar Saiba Mais




Artigo N.º 5119 - Qual a diferença entre salmos, hinos e cânticos espirituais?
Artigo visto 3585 vezes




Visto: 3585
Postado em: 12/05/10 às 23:21:02 por: James
Categoria: Saiba Mais
Link: http://www.espacojames.com.br/?cat=19&id=5119
Marcado como: Artigo Simples
Ver todos os artigos desta Categoria: Saiba Mais

Dois textos no Novo Testamento usam estas três palavras juntas. Efésios 5:18-19 diz: “E não nos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais”.

Paulo, o autor de Efésios, escreveu instruções quase idênticas aos colossenses: “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração” (Colossenses 3:16).

Devemos resistir a tentação de forçar distinções artificiais entre palavras semelhantes, respeitando o contexto para observar melhor o sentido de cada termo. Ao mesmo tempo, enriquece o nosso entendimento e o nosso serviço observar diferenças básicas entre palavras.

A palavra traduzida “salmos” descreve cânticos do tipo encontrado no livro de Salmos no Antigo Testamento. Muitos dos Salmos escritos por Davi e outros são ricas mensagens de adoração. É provável que alguns cristãos primitivos tenham escrito outros salmos para expressar a glória de Deus.

Hinos são cânticos que oferecem louvor a Deus. A ênfase aqui está no fato de dirigir o louvor ao Senhor, diferente de outros cânticos que podem comunicar mensagens de edificação aos outros irmãos.

A palavra traduzida “cânticos” poderia descrever vários tipos de cânticos, mas Paulo acrescentou mais uma palavra para limitar o sentido a cânticos “espirituais”. A mensagem destes cânticos é espiritual, refletindo a atitude de corações voltados a Deus.

Quando adoramos a Deus e edificamos os nossos irmãos por meio de salmos, hinos e cânticos espirituais, devemos escolher cânticos que comunicam a reverência devida a Deus, e que transmitem mensagens espirituais que vêm dos princípios revelados pelo Senhor. Se um hino não demonstra o respeito e honra que Deus merece, não deve ser empregado no nosso louvor. Se a mensagem de um cântico não for espiritual e totalmente de acordo com a palavra de Deus, não devemos cantá-lo no nosso louvor.

É importante observar o destaque nestes versículos numa mensagem que vem de dentro para fora. Cantamos para agradar a Deus e para edificar os outros. Enquanto recebemos o benefício de crescimento espiritual (enchendo-nos do Espírito), o foco está no louvor e na edificação, não na diversão ou prazer próprio.

– por Dennis Allan


Fonte: http://www.estudosdabiblia.net/bd14_01.htm



LEIA TAMBÉM
Serão salvas as pessoas de religiões não cristãs?
Quantos ladrões zombaram de Jesus na cruz?
O que significa circuncisão? Para que servia?
A Via Sacra: O que é? como teve origem?
O que significa católico? Como surgiu o nome Igreja Católica?
Quem foi Jezabel? Qual foi o pecado de Jezabel?
História da Imagem de Jesus Misericordioso
Vale a pena perdoar?
A Basílica de São Pedro e o Túmulo de São Pedro



 

Saiba como contribuir com nosso site:

1) - O vídeo não abre? O arquivo não baixa? Existe algum erro neste artigo? Clique aqui!
2) - Receba os artigos do nosso site em seu e-mail. Cadastre-se Aqui é grátis!
3) - Ajude nossos irmãos a crescerem na fé, envie seu artigo, testemunho, foto ou curiosidade. Envie por Aqui!
4) - Ajude a manter este site no ar, para fazer doações Clique aqui!


Total Visitas Únicas: 7.253.726
Visitas Únicas Hoje: 2.895
Usuários Online: 348